3 de setembro de 2014
Textual description of firstImageUrl

O que fazer em Cancun, México

 Post atualizado em 21 de junho de 2016
D&D Mundo Afora em Cancun México


O que fazer em Cancun, México

Por Daniela Almeida
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES POR E-MAIL


Embora nossa viagem estivesse marcada para 13 de janeiro de 2014, começamos a “viajar” ainda no mês de setembro, quando decidimos o nosso destino: Cancun, no México.

Primeiro passo: providenciar o passaporte, uma vez que para ir à Cancun é exigido passaporte com validade mínima de seis meses. Ah, não é preciso emitir o visto!!!! Ele foi abolido no primeiro semestre de 2013.

Para o passaporte, fizemos o pedido pela internet no site da Policia Federal, pagamos a taxa, e agendamos a data para comparecer ao posto (para saber todos os detalhes de como emitir seu passaporte, basta acessar esse post com tudo explicadinho). 


passaporte


No dia combinado, em outubro, lá fomos nós (eu, "mamis" e Danubia) para Belo Horizonte, até o posto do UAI, na Praça Sete. O atendimento foi tranquilo e não demorou muito. A retirada do documento pronto também não demorou. Foram apenas 11 dias úteis (isso em 2013, né).

No mesmo dia, também fomos ao posto de atendimento ao viajante para pegar o Certificado Internacional de Vacina. Também muito rápido. É só levar a carteira de vacina com os documentos. Se ainda não tiver sido imunizado contra a febre amarela, você pode fazer isso no mesmo dia. Mas é preciso que seja feito em até 10 dias antes da viagem. (Calma, para ir até Cancun não é exigida a vacina contra a febre amarela, mas em todo caso, quisemos deixar tudo pronto para eventuais futuras viagens internacionais! Rs.

Passagens e hotel
A compra das passagens e reservas de hotéis aconteceram mesmo antes dos passaportes terem chegado. Entrei no site da Decolar e, durante vários dias, fiquei observando os preços das passagens, que variavam até mesmo no mesmo dia. Também pesquisei muuuiiiittoooo as opiniões sobre os hotéis.

Quando consegui bom preço nas passagens, fechei o pacote. Também pesquisei muito os sites e blogs de viagens para coletar dicas de passeios, clima, etc. 

Ah, como comprei as passagens, mas ainda não tinha os números dos passaportes, quando estes chegaram, liguei para Decolar e pedi para fazer a alteração, trocando o número do RG para o passaporte. E foi tudo muito tranquilo.

O hotel também foi reservado pelo site da Decolar. Basta entrar na opção pacotes (desse jeito fica mais barato, pois vários hotéis dão descontos) e selecionar a opção de escolha de datas e não por mês (nos meses, eles te oferecem pacotes fechados, com datas, voos e hotéis estabelecidos). Na opção por data, você escolhe o dia, horários, etc. E o preço cai muito desse jeito.  

Uma das dicas que mais li na internet foi que em Cancun não se deve ficar em resorts all inclusive. Por quê? O local tem inúmeras opções de passeios e você fica fora do hotel o dia todo. Diferente de Punta Cana, por exemplo, que não tem passeios externos (nunca fui para lá, mas li isso várias vezes nos blogs de viagens). 

Como nossa intenção era fazer os passeios, mas também aproveitar as maravilhas desses resorts, resolvemos dividir. 

Ficamos seis dias em um hotel com a diária mais baixa que encontramos (Hotel Soberanis, na avenida Cobá, no centro de Cancun. O hotel oferece apenas café da manhã – que era melhor dizer que não tinha, pois a gente tinha duas opções a escolher: café com suco e dois pães pequenininhos doces ou leite com cereal e os danados dos pães). 

Nos outros cinco dias, ficamos no esperado e sonhado resort com tudo incluído: Grand Park Royal Cancun


⇒ Onde ficar em Cancun - 20 opções de hotéis


Hotel em Cancun México
Quartos do Soberanis e do Grand Park Royal Cancun

Com esta divisão, 11 dias em Cancun ficaram mais baratos do que viajar para várias cidades do Brasil. Mesmo que tenha sido no mês de janeiro (inverno em Cancun), considerado alta temporada na cidade.

Pronto! De passaportes nas mãos, passagens e reservas feitas, bastava aguardar a chegada do grande dia. Minha segunda viagem internacional com minha irmã (a nossa primeira viagem foi para o Peru: Cusco e Machu Picchu, em 2012, com alguns amigos) e a primeira, inclusive de avião, de mamis.

⇒ Ah!!!!! E não se esqueça de fazer o seguro viagem para ir a Cancun!!!! Ele é indispensável para entrar em vários países e você fica tranquilo para aproveitar o seu passeio!!

A partida
O grande dia chegou. Saímos às 6 horas da manhã de minha cidade rumo ao Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte. O voo (todos da LAN em parceria com a TAM nos trechos nacionais) saiu por volta das 11:30 para São Paulo, em Guarulhos. Lá, ficamos até às 20:30, aguardando o voo para o Peru (de novo, rs). 

Já no Peru, tivemos que aguardar por mais nove horas  para embarcar rumo à Cancun: foram 5 horas de SP ao Peru e 5 horas e meia do Peru para Cancun. Tivemos que dormir no aeroporto de Lima. Durante toda a noite, a gente dormia, acordava, andava um pouco, dormia de novo, acordava ..... Ficamos assim até chegar a hora de embarcar. Em Cancun eram quatro horas a menos do que no Brasil por conta do horário de verão (no horário normal, são três horas).

Aeroporto de Lima Peru

Chegamos a Cancun às 14 horas no horário local. Assim que desembarcamos no aeroporto, ficamos de olho nos representantes dos resorts que poderiam nos oferecer pacotes de passeios. (Li na internet que várias pessoas te abordam na saída dos voos, oferecendo descontos, almoços grátis, etc). E foi o que aconteceu. Ao lado esquerdo de quem está saindo, fomos abordadas por uma representante do resort Moon Palace e fechamos um pacote com eles. 

Um pacote com três passeios nos custou 110 dólares por pessoa (pelas minhas pesquisas iniciais, a gente iria pagar este valor por apenas um passeio. Ou seja, valeu muito a pena). 

Fechamos com eles, inicialmente: Xcaret (com almoço, que custaria mais de 140 dólares por pessoa), Chichén Itzá e Tulum. Tudo por 110 dólares. Também fechamos Xel Há all inclusive por 75 dólares (preço normal 107 dólares). Tudo isso apenas para que fossemos conhecer o resort no dia seguinte e ouvir a proposta para se tornar sócio de um pacote de viagens. E com café ou almoço grátis e o táxi de ida e volta até nosso hotel. Amamos, é claro, pois ainda iríamos economizar no almoço do dia seguinte (kk)!!!!!

Nossa chegada
Chegamos ao hotel Soberanis por volta das 4 horas da tarde. Em Cancun, às 6 horas já está escuro e ainda estava chovendo. Resultado: com fome, chuva, escuro, sem conhecer nada do local e sem entender muito bem a língua, saímos (sem sobrinha, rs) para procurar um lugar para comer. Mais precisamente, um Mc’Donalds, uma vez que temos muito receio de comer o que não conhecemos. 

Hotel Soberanis Cancun México

Perguntamos para muita gente e ninguém nos dizia onde era. Paramos no Burguer King, mas não aceitava dólar (e nós não trocamos o dólar por peso. Por isso, uma dica: troquem os dólares assim que chegar, pois mesmo pagando em dólar, o troco é em peso e, desse jeito, saímos no prejuízo). 

Paramos no Subway e as condições locais não nos agradaram. Paramos, então, em um restaurante e fomos jantar. Eu e minha irmã gostamos muito. Minha mãe, não. Ela pediu um pão (lá, a palavra pão serve apenas para pão doce. Demoramos para entender que o pão de sal – ou o que mais se parece com ele – é o "Bolijo". Não sei como se escreve, mas a sonoridade que conseguimos entender foi essa kkk). 


Cancun México
Nossa primeira refeição em terras mexicanas. À esquerda, três sabores da "Água Fresca", bebida tradicional


Pronto. De volta ao hotel, por volta das 8 horas da noite, fomos descansar para iniciar, realmente, nosso mergulho na cidade dos Maias.

1º dia 
Em nosso primeiro dia em terras mexicanas, acordamos cedinho e fomos tomar café. Como falei acima, é melhor dizer que não tem café (kk). De toda forma, o hotel é muito limpo, agradável e muito barato (seis dias e cinco noites nos custaram apenas 480 reais). 

O ponto de ônibus fica exatamente em frente ao hotel. Pegamos o R2 com destino ao famoso Mercado 28, com centenas de pequenas lojas com diversos produtos típicos. O paraíso das lembrancinhas. Só que o ônibus não nos deixou perto do Mercado 28. Ainda tivemos que andar um pouco (era melhor ter ido a pé, pois o ônibus circulou por cerca de alguns metros e ainda nos cobrou 1 dólar por pessoa). Enquanto íamos até o Mercado 28, paramos em algumas lojinhas. Mas os preços estavam bem mais caros.

No Mercado 28, nós compramos muita coisa. E pechinchamos muito também. Um porta-retrato que custava, inicialmente, 10 dólares, ficou por 4. Compramos 11 (kk). Compramos velas com calendários maias, tequileiros e bolsas. Só não compramos mais, pois precisávamos ir até o Moon Palace.

Cancun México


Quando eram 11 horas, pegamos um táxi (pago pelo Moon Palace) e fomos conhecer o resort e o tal plano.

Moon Palace
Antes de entrar no hall do resort, já fomos surpreendidas. Porque o local é simplesmente M A R A V I L H O S O. Um luxo. 


Hotel Moon Palace Cancun México

Fomos recepcionadas por um rapaz, de Porto Alegre, que estava trabalhando no resort há apenas um mês. Ele nos levou para almoçar e, em seguida, nos apresentou o hotel e o tal pacote: 55 mil dólares para fazer não sei quantas viagens, durante 25 anos. No final, após muita insistência e contas de todos os tipos, esse valor caiu para quatro mil dólares, mas, mesmo assim, não quisemos fechar.

Hotel Moon Palace Cancun México

Depois de conhecer o pacote de viagens do Moon Palace, retornamos para o centro de Cancun por volta das 17 horas. Paramos no Shopping Plaza Las Américas. E de lá, com um táxi que nos custou 4 dólares (por alguns metros), chegamos ao Soberanis.

Hotel Moon Palace Cancun México
Conhecendo um dos "quartinhos" do resort

Roteiro 
Ainda no resort, fomos comprar, oficialmente, os passeios contratados no aeroporto. Na hora, fizemos uma alteração: tiramos Tulum, pois nossa intenção era fazer este passeio junto com Cobá (e nós compramos este combo no Mercado 28 por 50 dólares – na internet estava por 69 dólares). 

Então, por 110 dólares, optamos por Xcaret, Chichen Itza e um dia inteiro all inclusive no Resort Moon Palace (depois faremos um review completo sobre ele), pois, além de desfrutar daquele paraíso, ainda teríamos a oportunidade de nadar com golfinhos pelo preço de 30 dólares (isso mesmo!). Muito barato. 

Pacotes fechados, nosso roteiro ficou organizado desta maneira: um Day Pass all inclusive no Moon Palace com golfinho + Chichen Itza e Valladolid + Xel Há all inclusive + Xcaret Plus (com almoço) + Tulum e Cobá. Nessa ordem. E tudo isso ficou por 265 dólares por pessoa (minha mãe não fez nado com golfinho). 

Pela nossa primeira avaliação, ainda no Brasil, faríamos apenas quatro passeios, sem golfinho, por quase 400 dólares. Ou seja, vale a pena ser abordado no aeroporto e pechinchar muito.
2ª dia
Mais uma vez, acordamos por volta das 6 horas e nem tomamos café. Pegamos um táxi até o Moon Palace para iniciar o nosso Day Pass

Ficamos lá até às 18 horas e aproveitamos, praticamente, tudo. Tomamos café digno de rainhas, nadamos com golfinhos (veja onde nadar com Golfinhos em Cancun), compramos fotos, álbuns e tudo que a gente tinha direito. (Curiosidade sobre os golfinhos: os golfinhos trocam de pele a cada 2 horas, por isso possuem aquela pele lisinha, tipo emborrachada. Legal, né? Foi o instrutor quem nos contou isso, durante a atividade). 

Tiramos centenas de fotos (para variar); "surfei” (ou melhor fui jogada, rsrs) na piscina de surf....e ainda tivemos a oportunidade de usufruir, por 30 minutos, de um dos quartos para tomar banho e trocar de roupa. Almoçamos, jantamos, comemos de novo. Uma maravilha. Um paraíso todo feito de mármore e tudo que há do bom e do melhor. 

Hotel Moon Palace Cancun México


Nos próximos posts vamos contar como foi cada um dos nossos passeios por Chichen Itza, Xel-Há, Xcaret, Tulum e Cobá e também os cinco dias de total descanso no resort all inclusive. Tudo que nós merecemos, né!


Cancun México

Leia mais sobre nosso passeio no México:
- Onde nadar com os golfinhos em Cancun



_________________________________________________________________________________
Buscando hotéis em Cancun, no México? Hotéis em CANCUN. Faça sua reserva aqui. No Booking, você sempre encontra os melhores hotéis com os melhores preços.



_________________________________________________________________________________
Aproveite para adquirir seus Pesos mexicano ou Dólares na COTAÇÃO
Leitores do D&D Mundo Afora têm DESCONTO EXCLUSIVO de 1,5% na troca da moeda.
Na COTAÇÃO você compra a moeda on line e recebe o dinheiro em casa ou em uma das lojas espalhadas pelo país.

Cotação-Câmbio


_________________________________________________________________________________
Vai viajar? Não importa se você vai ficar no Brasil ou vai para o exterior. O SEGURO VIAGEM  é um item importante e até indispensável, durante a viagem. 
Faça sua cotação e escolha a seguradora que melhor se adéqua ao seu perfil!
Ah, na Seguros Promo, você ganha 5% de desconto na contratação do seguro: basta adicionar o código DEDMUNDOAFORA5. 

728x90

Seguro viagem geral 728x90
2 comentários:
  1. Oi Daniela.

    Cancun parece ser um lugas espetacular. Muito bonito mesmo. Adorei as fotos e o roteiro dos passeios com os preços. Muito legal!

    Beijos mil! :-)

    http://brincandocomarte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Nós ficamos encantadas com este paraíso!!!!!

      Excluir

Topo da página

Receba nossas novidades em primeira mão

BAIXE GRÁTIS TAG's DE MALA PERSONALIZADAS