3 de agosto de 2016
Textual description of firstImageUrl

Mariana (MG) - Mina da Passagem

Mina da Passagem - Mariana - Minas Gerais
Mariana (MG) - Mina da Passagem

Mariana (MG) - Mina da Passagem - um mergulho na história

Por Daniela Almeida

Imagine descer por 120 metros de profundidade em um trolley de 200 anos (um carrinho de ferro puxado por um cabo de aço) e chegar à uma mina de extração de ouro de verdade.

Em Passagem, distrito da cidade de Mariana, em Minas Gerais, isso é possível, já que é lá que fica a famosa Mina da Passagem, a maior mina de ouro aberta à visitação do mundo.


Mina da Passagem - Mariana - Minas Gerais
Mariana (MG) - Mina da Passagem


Eu já estive na Mina em 1997, durante uma excursão da escola, ainda quando morava em São Paulo. Mas, retornei agora em junho deste ano, com Danubia e "mamis", e é claro que ela não desceu kkkkk. O mais próximo da Mina que ela chegou foi nesta foto:

Mina da Passagem - Mariana - Minas Gerais
Mariana (MG) - Mina da Passagem


A Mina da Passagem está localizada entre Mariana e Ouro Preto e é um passeio muito bacana, que dura em torno de 30 minutos. 

Como disse, o acesso à Mina se dá através de um trolley, o mesmo usado pelos trabalhadores há centenas de anos. O trolley é puxado por um cabo de aço, preso a um motor a vapor de 1883.

Mina da Passagem - Mariana - Minas Gerais

Mina da Passagem - Mariana - Minas Gerais


A princípio, dá um certo medo de descer até às galerias subterrâneas, afinal, são 315 metros de extensão e 120, de profundidade, o equivalente a um prédio de 40 andares!!! Mas, todo o percurso é feito devagar (dura uns três minutos) e com acompanhamento de um guia, que vai explicando histórias e curiosidades sobre o local.

Mina da Passagem - Mariana - Minas Gerais
Entrando na Mina da Passagem - Mariana


Lá dentro, sob os "olhares" de uma imagem de Santa Bárbara, a padroeira dos mineiros, a temperatura é agradável, entre 17 e 20 graus. De acordo com as informações da guia, a mina foi fundada no século XVIII e explorada por quase 200 anos. Até ser desativada em 1985, foram extraídas cerca de 35 toneladas de ouro.

Mina da Passagem - Mariana - Minas Gerais
Mariana (MG) - Mina da Passagem

Atualmente, a caverna ainda guarda um pouquinho de ouro (hummmm!!!), mas são somente quatro gramas por tonelada de pedra, fazendo com que a exploração não compense mais. Quando você olha as paredes douradas dos labirintos até pode pensar que ali está cheio de ouro, mas, na verdade, é tudo pirita, o famoso "ouro de tolo".

Mina da Passagem - Mariana - Minas Gerais
Procurando ouro na Mina da Passagem - Mariana


Além dos labirintos rochosos, outra atração da Mina da Passagem é o lago natural formado por perfurações no lençol freático, que eram realizadas para não causar inundações. Como a atividade foi paralisada, as águas inundaram algumas galerias mais profundas. As águas são cristalinas, mas recheadas de metal pesado, como o arsênio, o que as torna impróprias para banho.

Mina da Passagem - Mariana - Minas Gerais
Mariana (MG) - Mina da Passagem


Para os mais corajosos, essas galerias aquáticas, com cerca de 240 metros de profundidade, podem ser exploradas através do mergulho. Porém, somente mergulhadores profissionais, com experiência em mergulho dentro de cavernas, podem fazer a atividade acompanhados de um guia autorizado. Dizem que a visibilidade é completa até 50 metros de profundidade e que lá dentro existem diversos equipamentos e objetos utilizados na época da extração do ouro.

Mina da Passagem - Mariana - Minas Gerais


Museu - ciclo do ouro
Além da Mina, o espaço ainda tem uma lojinha e um museu que reconta um pouco da história do ciclo do ouro. É bem pequeno, mas é interessante. Tem até um trolley antigo e uma liteira do século XVIII.

Mina da Passagem - Mariana - Minas Gerais
Mariana (MG) - Mina da Passagem

Lendas e curiosidades 
E como não poderia deixar de ser, em uma mina por onde passaram tantos escravos e trabalhadores e onde muitos deles morreram durante os trabalhos, é comum ouvir histórias de fantasmas, lendas e curiosidades, durante o passeio.

Nossa guia contou, por exemplo, que os mineiros levavam um passarinho para dentro da mina, pois, caso este viesse a morrer, era sinal de que ali dentro já não tinha mais ar e era a hora de saírem.

Outra história é a de um certo capitão Jack que morreu em uma explosão e nunca mais foi encontrado. Nas lendas, Jack vive vagando dentro das minas a procura de seu ouro (ui, que medo).


Mina da Passagem de Mariana

Funciona: Segundas e terças - das 9 às 17 horas / de quarta a domingo - das 9 às 17:30 horas
Endereço: Rua Eugênio Eduardo Rapallo, 192 - km 4 
Valor: R$ 60 (R$ 30 - estudantes e idosos)
OBS.: valores em junho de 2016
Telefone: +55 31 3557-5000


ParceiroAs entradas das integrantes do D&D Mundo Afora na Mina foram cortesias oferecidas pela Mina da Passagem, durante nossa visita à Mariana em junho de 2016. Apesar disso, as informações, opiniões e avaliações aqui relatadas são inteiramente pessoais e refletem as reais experiências vivenciadas pelas integrantes do blog, sejam elas positivas ou negativas.


Nenhum comentário:
Postar um comentário

Topo da página