12 de fevereiro de 2016
Textual description of firstImageUrl

Rio Grande do Sul - Diário de Bordo de Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Bento Gonçalves, Carlos Barbosa e Garibaldi

Post atualizado em 22 de agosto de 2016
Rio Grande do Sul - Diário de Bordo de Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Bento Gonçalves, Carlos Barbosa e Garibaldi


Rio Grande do Sul - Diário de Bordo de Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Bento Gonçalves, Carlos Barbosa e Garibaldi

Por Daniela Almeida e Danubia Almeida

Atenção leitores do blog de viagem e turismo D&D Mundo Afora, próxima parada: Rio Grande do Sul

Ebaaaaa!!!!! Gente, hoje nós vamos contar para vocês como foi incrível a nossa viagem até o Rio Grande do Sul. Conhecemos cidades maravilhosas como Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Carlos Barbosa, Garibaldi e Bento Gonçalves.

E já vamos adiantando: tem muita, mas muita coisa para contar. De hoje em diante, toda semana vamos publicar um post sobre cada lugar que visitamos: museus, parques, hotel, restaurantes e muito mais! Quase não demos conta de conhecer tudo que programamos para os nove dias de viagem.


Atenção
Ah, sabe o que é melhor? Se quiser adquirir ingressos para passeios ou tours em Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Vale do Vinhedo e região, além de transfer, basta acessar este link. Nós fechamos uma parceria com a Bela Viagem, que disponibiliza dezenas de opções na Serra Gaúcha, para facilitar sua vida. É só clicar, escolher e comprar. Fácil, Fácil!!!

Então, aperte o cinto e embarque nesta viagem com a gente!!!

Antes de mais nada, temos que dizer que o Rio Grande sul é lindo. Gramado, que foi onde ficamos durante a maior parte do tempo, é belíssima. Todas as ruas são floridas (com hortênsias azuis, cravos laranjas e amarelos e tantas outras flores) e limpinhas. A cidade está, realmente, preparada para receber o turista, com boa infraestrutura. Tudo é muito organizado. Sem contar as pessoas, que são muito simpáticas. Parabéns!!!!!!

Gramado RS


1º dia - chegada
Nossa viagem teve início no dia 22 de janeiro. Saímos de casa por volta das 5 da manhã com destino ao aeroporto de Confins, em Belo Horizonte. Da capital mineira, embarcamos rumo à São Paulo (parada para conexão). De lá, voamos até o Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

E como nada é tão fácil, foram mais duas horas do aeroporto até Gramado, nosso destino final. Quem nos levou foi a Brocker Turismo, que, aliás, foi a responsável por vários passeios que fizemos pela serra gaúcha.

Chegamos à Gramado somente às 16 horas e ainda bem que, desta vez, nossas malas chegaram intactas. Além de uma capa protetora personalizada com a estampa do blog (uma cortesia da Skinbag), nós colocamos o lacre da Seal Bag (confira a avaliação que fizemos dos lacres da Seal bag), dificultando a violação das bagagens.

Quem acompanha o blog, sabe que nossas malas já foram danificadas em várias viagens. Então, foi um alívio ver que tudo chegou sem problemas!

Malas D&D Mundo Afora - RS Sealbag


Em Gramado, ficamos hospedadas no hotel Sky (faça uma cotação de hospedagem no Sky). Ele é uma graça e nós fizemos um review completo para te ajudar a se decidir. O Hotel foi construído em estilo enxaimel, trazido pelos alemães na época da colonização. Por parecer um castelo, se tornou um verdadeiro cartão-postal da cidade.


hotel Sky - Gramado RS


Assim que nos instalamos, começamos a explorar a cidade. Nosso único passeio do dia foi uma visita ao Bela Vista Café Colonial, o primeiro café colonial do Brasil. Olha só como foi essa experiência neste post sobre o Bela Vista. O lugar é maravilhoso. Nós não tínhamos ideia do que era esse "tal" café colonial tradicional. Não estávamos preparadas (kkk)!!!

Gente, é muita coisa em uma única mesa: bolos, pães, tortas, sorvetes, frios, chocolate quente, geleias, café, chá, suco, vinho, salgados, entre outras opções. São 80 itens disponíveis e eles te dão um pedaço de cada para você provar de tudo! Como estávamos em três, vieram três pedaços de cada item...

Café Colonial Bela Vista - Gramado


Ah, o Café Colonial Bela Vista conta com o serviço de transporte gratuito, buscando e levando os clientes até os hotéis. E foi assim que fomos e voltamos dele!


2º dia - centro de Gramado - Rio Grande do Sul
O segundo dia em Gramado começou bem cedo. Depois do café (e que café!!!!!!) no Hotel Sky, seguimos a pé pelas ruas do centro da cidade, visitando alguns pontos turísticos. No roteiro deste dia, conhecemos:

Lago Joaquina Rita Bier | Rótula das Bandeiras com a estátua do Kikito | Mini Mundo | Casa do Colono | Praça das Etnias | Rua Coberta | Palácio dos Festivais | Igreja de São Pedro com a fonte do amor | Igreja do Relógio | Lago Negro | Prédio da Prefeitura | Aldeia do Papai Noel

Gramado - Rio Grande do Sul


Todas as atrações (com exceção do Mini Mundo e da Aldeia do Papai Noel) são gratuitas e necessitam apenas de uma paradinha para fotos.

O Mini Mundo e a Aldeia do Papai Noel requerem um tempinho maior: umas 2 horas cada, pois tem muita coisa bacana para se ver. No primeiro, são centenas de miniaturas de igrejas, castelos, cenas do dia a dia, meios de transporte como navios e trens e muitos outros. É incrível e merece atenção aos detalhes que são, cuidadosamente, mostrados pelo guia!

Já na Aldeia do Papai Noel, entramos no mundo mágico do natal. O lugar recria a casa do bom velhinho, a fábrica de brinquedos e é possível ver até renas de verdade!

Mini Mundo - Gramado - RS
Réplica do Museu do Ipiranga, de São Paulo - Mini Mundo de Gramado
Casa do Papai Noel - Gramado - RS
Casa do Papai Noel - Gramado

Nosso almoço do dia foi no restaurante Varanda, dentro da Rua Coberta. E, em seguida, passeamos pelas principais ruas de Gramado a bordo do Fumacinha, um ônibus turístico que circula por diversos pontos, tendo uma parada de 20 minutos no Lago Negro, que é muito lindo. Pena o tempo no Lago ter sido tão pouco.

O Lago Negro é lindo, tem pista para caminhada, pedalinhos em forma de cisne e caravela, restaurantes e lojinhas de artesanato.

Fumacinha Turismo gramado RS
Fumacinha Turismo de Gramado

Lago Negro - Gramado - RS
Lago Negro de Gramado


Nosso roteiro de hoje:


À noite, fomos jantar na pizzaria temática Cara de Mau, na Praça das Etnias. É um lugar bem pitoresco em sua decoração estilo "Piratas do Caribe". A pizza é servida por garçons-piratas e é excelente.

Pizzaria Cara de Mau - Gramado - RS


Assim como a maioria dos restaurantes e de algumas atrações, a pizzaria também oferece o serviço de transporte gratuito.

_________________________________________________________________________________
Buscando hotéis em Gramado, no Rio de Grande do Sul? Hotéis em GRAMADO. Faça sua reserva aqui. No Booking, você sempre encontra os melhores hotéis com os melhores preços.


3º dia - Canela - Rio Grande do Sul
No terceiro dia de nossa viagem ao Rio Grande do Sul, fomos conhecer Canela, distante 9 quilômetros de Gramado. As duas cidades quase que se completam e, por isso, Canela não pode ficar de fora do roteiro.

Em Canela, nosso primeiro passeio foi no Parque Terra Mágica Florybal (que disponibiliza transporte gratuito). Mas, antes (enquanto a van do parque não chegava), eu e Danubia fomos até o pórtico de entrada da cidade, que fica a cinco minutos a pé do hotel Sky, para fazer tradicional a foto.

Pórtico Gramado - RS


Do hotel até o Florybal, são apenas alguns minutos. O lugar é muito bacana e tem várias atividades. Mas o que mais gostamos foi o simulador de montanha russa. É demais. Parece, realmente, que estamos em movimento! O parque expõe ainda dinossauros gigantes que se mexem e emitem sons, gorilas e homens da caverna. O lugar conta com restaurante, cinema 7D e loja de chocolate.

Parque Florybal - Canela - RS


Nós ficamos no parque por cerca de 2 horas e nem deu tempo de ver tudo. Não fomos, por exemplo, ao cinema 7D que tem várias sessões sendo exibidas durante o dia - a entrada, porém, é paga separadamente.

Parque Terra Mágica Florybal tem muitas opções que agradam crianças e adultos e, aliás, é a melhor atração da cidade na nossa opinião.

Do Floryal, seguimos a pé até o Vale dos Dinossauros, onde também estão expostas algumas réplicas dessa espécie pré-histórica. A distância entre os dois parques é bem pequena - menos de cinco minutos de caminhada pela rodovia. O único problema foi que estava muito quente e a gente já tinha andado, durante umas duas horas dentro do Florybal. Então, cansou um pouco.

Assim que nos aproximamos do Vale, já da estrada, era possível avistar um Tiranossauro Rex com cerca de 10 metros de altura atrás de uma grade elétrica falsa, imitando cenas do filme Jurassic Park - O Parque dos Dinossauros, de Steven Spielberg, de 1993. É de arrepiar!

Vale dos Dinossauros - Canela - RS


Lá dentro, vários outros dinossauros fazem a festa dos visitantes, já que eles se mexem e gritam como se estivessem vivos. Apesar de bonito, o Vale dos Dinossauros é pequeno, então dá para combinar, tranquilamente, a visita com outro passeio.

Vale dos Dinossauros - Canela - RS


Nossa próxima parada do dia foi o Bondinho Parques da Serra, de onde era possível visualizar a Cascata do Caracol, um dos cartões-postais de Canela.

Bondinho Parques da Serra - Cascata do Caracol - Canela


Apenas eu e Danubia subimos no bondinho, pois mamis, como sempre, estava com medo (rs). Além de ver a Cascata, o local conta com lanchonete e lojas. Também tem um fotógrafo que fica registrando os visitantes com a cascata ao fundo. Cada foto custa R$ 15 e nós, para variar, compramos a nossa. Apesar disso, a foto oficial é dispensável, pois pode-se registrar imagens lindas de forma amadora.

Ao todo, o bondinho faz três paradas. Confira todo os detalhes sobre o Parque.

Bondinho Parques da Serra - Cascata do Caracol - Canela
Essa não foi a foto oficial - fomos nós que tiramos!!!!!

O parque tem ainda esportes radicais como a tirolesa com a cachoeira ao fundo. A atividade é paga à parte do valor da entrada, e eu nem preciso falar que Danubia não perdeu a oportunidade!

Bondinho parque da serra - tirolesa Canela RS


Além do Bondinho, outro lugar onde é possível chegar próximo da Cascata é o Parque Caracol. Nós não tivemos a oportunidade de conhecer, pois não deu tempo. Uma pena!!

Parque do Caracol - canela - RS


Para chegar até o Bondinho (vindo do Vale dos Dinossauros), utilizamos um táxi, embora tivéssemos um ticket do Bus Tur (vamos falar mais sobre ele depois), que nos permite subir e descer em vários pontos de Gramado e Canela, durante todo o dia. Não usamos o ônibus turístico, pois ele tem um itinerário fixo que, neste dia, era contrário ao roteiro que havíamos organizado. Por isso, nossa opção para este trecho foi o táxi que nos custou R$ 30.

Aliás, o táxi é a pior opção para se locomover dentro de Gramado e Canela. É muito caro. Por isso, vale a pena montar o roteiro de acordo com o itinerário do ônibus para economizar tempo e dinheiro.

No Bondinho, conseguimos uma carona básica (kkk) até o Mundo Gelado, uma casa com diversos objetos feitos de gelo, como cama, sofá, cavalo e até vaso sanitário. Lá dentro fazia 16 graus negativos e, por isso, não conseguimos ficar nem por cinco minutos na atração. Como podem ver na foto abaixo, os pés ficam descobertos, caso a pessoa não vá preparada para suportar o frio! Mas é bem legal. Eu queria voltar de novo!

Mundo Gelado - Canela - RS


Bem ao lado do Mundo Gelado, tem a Casa do Capitão Jack, um museu dedicado à navegação, com vários barcos, ferramentas náuticas, aviões militares, entre outros objetos em miniaturas. É fácil se perder pelos corredores com tanta história!

Casa do Capitão Jack - Canela - RS


De novo a bordo de um táxi (mais R$ 30), seguimos rumo ao centro de Canela, onde fomos conhecer a Catedral de Pedra. Gente, ela é linda. Dizem que à noite, fica toda iluminada. Foi uma pena não termos tido a oportunidade de ver este show de luzes noturno.

Catedral de Canela


Como tínhamos muitos atrativos ainda para visitar, ficamos por pouco tempo no centro de Canela. Desta vez, para nos deslocarmos, utilizamos o Bus Tur, que circulou pelas ruas da cidade. Passamos, inclusive, em frente ao Alpen Park, que possui várias atividades, como montanha russa, trenó, tirolesa, arvorismo, entre outros.

Alpen Park - Canela - RS

Alpen Park - Canela - RS


Nossa próxima parada foi no Dreamland e no Harley Motor Show. O Dreamland é um museu de cera com bonecos de vários artistas brasileiros, astros do cinema, jogadores de futebol e outras celebridades. No acervo, o jogador Neymar, os presidentes Barack Obama e Dilma, o personagem Harry Potter, os cantores Elton Jonh e Elvis Presley, a modelo Gisele Bunchen e por aí vai!!!

Museu de Cera Dreamland - Gramado - RS


Já o museu da Harley, que fica em um bar temático (no mesmo prédio, porém, abaixo do Dreamland), conta com vários exemplares desta que é uma das paixões dos motoqueiros. Tem Harley no chão, pendurada e até em cima das mesas do bar.

Harley Motor Show - Gramado - RS


Para fechar o dia, que foi bem corrido, ainda tivemos tempo de conhecer o Reino do Chocolate, da loja Caracol, uma das principais de Gramado. Além da loja, o local tem um museu que conta a história desta iguaria tão amada em todo o mundo. E quem quiser, ainda pode fazer seu próprio chocolate. Nós fizemos o nosso e ficou bem gostoso.

O Reino do Chocolate - Caracol - Gramado - RS


Ah, lá também tem uma lanchonete muito charmosa, onde nós fizemos um lanche bem light - lanche natural.

O Reino do Chocolate - Caracol - Gramado - RS


Nosso retorno até o hotel - finalizando mais um dia de passeio - aconteceu de forma diferente. Como eram mais de 8 horas da noite e o Bus Tur já não estava mais funcionando, fomos até um restaurante próximo que oferece o serviço de transporte gratuito e pedimos para nos levar. Simples assim!!!!

Gente, uma coisa que achamos muito legal é que o sol demora a se pôr em Gramado. Eram 9 horas da noite e o céu ainda estava bem claro. Dava vontade de ficar na rua até tarde - e olha que a gente não é de fazer atividades à noite!!!!

4º dia - Atrações da avenida das Hortênsias
Este dia foi de muuuita caminhada. Nós andamos o dia inteiro, sendo 90% a pé, pois as atrações da avenida das Hortênsias - a principal e que faz a ligação Gramado/Canela - ficam próximas umas das outras. O único problema é que estava um calor escaldante - 34 graus - e isso dificultou um pouco.

Nossa saga, como sempre, começou cedo, por volta das 9 horas. Pegamos o primeiro Bus Tur que passou em frente ao Hotel Sky e seguimos em direção ao Mundo a Vapor, em Canela.

Assim que chegamos, ficamos impressionadas com o trem, saindo de dentro do prédio.

Mundo a Vapor - Canela - RS


O local reúne diversas réplicas de máquinas a vapor, compressores, barcos, entre outras peças. Tem até um trenzinho para criança, do lado de fora, e, apesar de ser "um mico", nós três tivemos que dar uma voltinha nele (rs). Também tem um espaço para tirar fotos de época.

Aliás, vários lugares ofereciam esta possibilidade de tirar fotos caracterizadas em cenários personalizados. E a gente, para variar, fez todas! Haja foto, dinheiro e espaço para colocar tanto porta-retrato.

Do Mundo a Vapor, seguimos a pé até o ponto do Bus Tur do Vinho Don Collise, sentido Gramado (deram uns 5 minutinhos a pé - bem rápido). De lá, seguimos no ônibus até o Super Carros (menos de 5 minutos).

Vinhos Don Collise - Gramado - RS


Super Carros reúne algumas supermáquinas de marcas importantes, como Ferrari, Porshe, Lamborghine, entre outros. Quem quiser, ainda é possível pilotar algum dos carros, desembolsando alguns reais a mais. Nós ficamos só na observação mesmo!!!!

Super Carros - Gramado - RS


Logo abaixo do Super Carros, no mesmo prédio, funciona o parque temático Algum Lugar, dos mesmos donos dos outros cinco museus da rede Dreamland (Dreamland, Super Carro, Harley Motor Show, Vale dos Dinossauros e Hollywood Dream Cars).

O Algum Lugar é muito interessante, um dos melhores que visitamos. Tem réplicas de importantes monumentos do mundo, como a Pirâmide de Chichen Itza, que nós já visitamos no México; o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro (que também conhecemos); as pirâmides do Egito, que faz parte da minha Wish List; as Muralhas da China; Torre Eiffel; entre outas.

Isso sem contar os cenários para tirar fotos caracterizadas. Nós também pagamos para tirar as fotos e tê-las em CD. Foi muito divertido.

Parque Algum Lugar - Gramado - RS


Ainda caminhando, seguimos a pé por quase 10 minutos (porque o Bus Tur já tinha passado), sob um sol de 34 graus (você nem imagina como foi esta saga), rumo ao Hollywood Dream Cars, um museu com automóveis originais, das décadas de 20, 30, 40, 50 e 60.

Os exemplares são muito bem conservados e nostálgicos. Para quem é fã de carros antigos, o museu é de encher os olhos. Tinham, por exemplo, um Cadillac, 1955; um Lincoln, 1946 e um Ford, 1956.

Hollywood Dream Cars - Gramado RS


Logo em frente ao Hollywood, estão outros dois locais bem visitados da cidade: o Artesanato Noel, com enfeites, roupas, canecas, papais noéis, entre outras lembrancinhas. E a Fábrica de Chocolates Prawer, com visitação gratuita. Apesar de ter entrado no local, nós só fizemos a visita na quinta-feira, durante o Passeio em Nova Petrópolis e compras, com a Brocker Turismo.

Artesanato Noel - Gramado RS

Chocolates Prawer - Gramado RS


E quem pensa que nós terminamos o passeio por aqui, está bem enganado. Tínhamos planejado pegar o Bus Tour no ponto em frente ao Hollywood para descer no Mundo Encantado, a 1 quilômetro à frente (uns 15 minutos a pé), mas o ônibus não para nesta atração (apenas quando está em direção à Canela). A próxima parada fica em frente à Brocker, mas somente lá no centro.

Quando decidimos pegar o circular, após andar um tempinho, o motorista, quase não acreditando, nos disse que era bobagem, pois o Mundo Encantado ficava a apenas 100 metros (embora esses tenham sido os cem metros mais demorados que já andamos).

Então, mesmo esgotadas e derretendo (rs), fomos a pé e chegamos ao Mundo Encantado, onde estão expostas miniaturas de vários monumentos do mundo e também alguns de Gramado e Canela, como a Cascata do Caracol, o Palácio dos Festivais, igrejas, estações de trem, aldeias, entre outros.

Mundo Encantado Gramado RS


Depois de conhecer o Mundo Encantado, enfim, pegamos um táxi até à Rua Coberta, a 1,2 quilômetro de distância (como sempre, o táxi foi bem caro - R$ 14).


Nosso roteiro de hoje:



Chegando ao centro de Gramado, resolvemos lanchar, por volta das 15 horas, no Mc Donald's. Depois, andamos um pouco pelas ruas, fizemos umas comprinhas, compramos um lanche no Armazém da Loló, uma combinação de mercadinho com padaria e lanchonete (avenida São Pedro, 284 - bem atrás da Catedral) e, para fechar, pegamos o bus tour para voltar ao hotel Sky.

MC Donald's - Gramado - RS


Detalhe: enquanto esperávamos o ônibus, caiu a maior chuva, mas que durou poucos minutos. Quando descemos, menos de cinco minutos depois, já tinha parado e isso foi a nossa sorte!!!

Gramado - RS


5º dia - Snowland
O dia mais esperado por nós, sem sombra de dúvidas, era o de conhecer o Snowland, o primeiro parque indoor de neve da América Latina. Gente, é muito bom. 

Nós chegamos lá bem cedinho, achando que o parque abriria às 9 horas, mas o horário havia sido alterado naquela semana para às 10 horas. Já tinha muita gente na fila, esperando para entrar, mesmo sendo dia de semana. É uma atração bastante concorrida. 

Para chegar, utilizamos, novamente, o Bus Tur, no primeiro horário, às 8:32 (pode parecer besteira colocar um horário quebrado assim, mas o ônibus é pontualíssimo). Nós fomos os primeiros a entrar e passamos o dia todo lá dentro: descemos de boia na montanha de neve, brincamos no carrinho bate e bate, Danubia esquiou (ela disse que não sairia antes de conseguir descer a montanha sem cair - e conseguiu!!!!), patinamos no gelo, olhamos lojas, fizemos comprinhas, comemos....... tudo lá dentro.

Snowland - Gramado RS


A área de lanche fica no terceiro andar e são servidos sanduíches, chocolate quente, café, entre outras opções. Nós comemos um hambúrguer premium enorrrrme, acompanhado de batatas fritas e refrigerante. Estava gostoso, porém o meio da carne estava crua. Lá na lojinha de roupas, compramos moletons e camisetas de malhas lindas e com preços bons. Não resistimos!!!

Na hora de ir embora, novamente, aquela chuva! Mas parece que São Pedro (que, coincidentemente, é padroeiro de Gramado) colaborou com a gente, pois, mais uma vez, a chuva parou antes de descermos no centro.

Antes de irmos para o hotel, ainda andamos pelas ruas da cidade para comprar um cartão de memória, já que o nosso já estava cheio (será que tiramos tanta foto assim???).

6º dia - Tour Vale dos Vinhedos + Maria Fumaça
Gente, esse dia foi mais tranquilo e cultural. Saímos bem cedo, às 6:40, quando uma equipe de Brocker foi nos buscar no hotel. Nós viajamos por duas horas até chegar à Bento Gonçalves (distante 120 quilômetros), que é considerada a terra do vinho. Ainda na van, recebemos uma taça de acrílico para que pudéssemos degustar esta bebida apreciada no mundo todo, além de sucos de uva servidos pelo caminho.

Em Bento, embarcamos em um passeio que é, simplesmente, maravilhoso: passeio de Maria Fumaça. Assim que chegamos à estação ferroviária, já teve início à degustação. Eu provei um vinho seco que, para mim que não bebo, foi difícil de engolir kk. Mas o doce estava divino, segundo Danubia.

A viagem de trem também dura quase 2 horas. São 23 quilômetros entre Bento Gonçalves e Carlos Barbosa, com parada de alguns minutos em Garibaldi, a terra dos espumantes.. E que espumante! Durante o passeio, grupos de teatro, folclore, sanfoneiros e dançarinos circulam pelos vagões, alegrando os passageiros.


Tour Vale dos Vinhedos - Bento Gonçalves, Carlos Barbosa, Garibaldi - RS


Foi muito divertido. Danubia e mamis dançaram com os atores, nós cantamos tarantela e demos muitas risadas com as piadas contadas. Isso sem contar a paisagem do lado de fora que é relaxante.

O passeio de Maria Fumaça é um dos mais concorridos da região e vale a pena ser reservado com antecedência.

Em Carlos Barbosa, tivemos a oportunidade de conhecer a loja da Tramontina, já que a fábrica está instalada na cidade. Mas não achamos que valeu a pena, já que os preços são, praticamente, os mesmos comercializados na internet ou em lojas.  


Tramontina - Carlos Barbosa - RS


Em frente à Tramontina, fica uma loja muito típica da cidade: queijaria Fetina de Formaio. Do lado de fora, um casal de senhores caracterizados com sanfona, galinha, sobrinha e outros apetrechos ficam esperando os visitantes para uma foto diferente: as mulheres colocam chapéu de palha e seguram um galo; os homens erguem um garrafão e, em frente às partes íntimas, seguram um frango depenado. Então, a senhora começa a beliscar o visitante e a falar "bobagens", enquanto os amigos e parentes filmam e tiram fotos engraçadas. É bem divertido!!!!

Carlos Barbosa - RS


Já dentro da queijaria, são vendidos queijos (claro, né), salames, vinhos, temperos, geleias, entre outros produtos regionais saborosíssimos. Nós experimentamos iguarias que não pensávamos nunca provar, como o salame de Javali.

Carlos Barbosa - RS


Depois de comprar queijos temperados e até o salaminho italiano de javali (dizem que é um dos melhores e que não tem colesterol), fomos almoçar em uma cantina italiana: a Casa Borsoi. O almoço estava incluso no pacote e merece o título de divino!

Na cantina, foram servidos pratos em forma de rodízio: nhoque de batata doce, queijo assado, trouxinha de queijo, risoto e outras iguarias. Estava tudo uma perdição!

Casa Borsoi  - Carlos Barbosa - RS


Outra atração visitada neste dia foi a Vinícola Miolo, onde participamos de um minicurso de degustação de vinhos - com direito à degustação, lógico - e conhecemos uma parte da Vinícola.

Na saída, do valor cobrado pelo curso (R$ 20), R$ 5 eram convertidos em bônus para comprar produtos na loja. Nós compramos vinho e suco de uva.

Vinícola Miolo - Carlos Barbosa - RS


Vinícola Miolo - Carlos Barbosa - RS


Para fechar o tour, uma paradinha rápida no Aspen Shopping, em Nova Petrópolis, que é pertinho de Gramado (35 quilômetros de distância) onde, para variar, fizemos umas comprinhas.

Aspen Shopping - Nova Petrópolis - RS


À noite, no hotel, resolvemos experimentar o fondue servido no restaurante Chateau Allemand (review em breve). Eu pedi de carnes e Danubia, de chocolate. Mamis quis comer sanduíche. Eu comi quase 20 pedaços de carnes sozinha e, por conta disso, minha noite não foi nada agradável, se é que você me entende. Até Danubia passou mal. Acho que foi muito pesado comer e deitar logo em seguida kk.

Chateaud Allemand - hotel Sky - Gramado - Rs


7º dia - Tour passeio Nova Petrópolis + compras
O dia de hoje foi dedicado às compras, embora a gente não tenha se divertido muito, pois ainda estávamos nos sentindo um pouco mal por conta do fondue da noite anterior. Passamos o dia todo com moleza e dor no corpo. Mas, não perdemos o passeio!!!!!


Saímos do hotel por volta das 7:30 e seguimos até a Fábrica de Chocolates Prawer, onde tivemos a oportunidade de acompanhar as etapas da fabricação de um chocolate. Nada muito detalhado e até bem superficial, mas deu para conhecer. Para quem quisesse, também era possível comprar vários tipos, sabores e formatos de chocolates na loja.

Chocolates Prawer - Gramado - RS


Depois, tivemos um tempinho para ver as lembrancinhas do Artesanatos Noel, mas como a gente já tinha conhecido antes, não entramos novamente. Fomos ainda à uma loja de produtos em couro (Banny Pel), pertinho do Mundo a Vapor, à loja Calçados do Vale e ao Vinhos Don Collise (a todos a gente já tinha ido antes).

Loja de couro - Gramado - RS


Nossa próxima parada foi em Nova Petrópolis, no Parque Pedras do Silêncio, que reúne esculturas em arenito, contando a história da imigração germânica na cidade. A entrada no parque é cobrada à parte do valor do tour.

Parque Pedras do Silêncio - Nova Petrópolis - RS


O Armazém da Rosa Mosqueta foi a segunda atração visitada na cidade, na chamada Linha Imperial. No local, são produzidos cosméticos, chás, geleias e outros produtos feitos com a flor Rosa Mosqueta, cultivada em Nova Petrópolis. Dizem que a Rosa tem propriedades medicinais, como reduzir cicatrizes, apagar manchas, regenerar tecidos, atenuar rugas, melhorar acnes, entre outras. Não sei se é verdade, mas.....

Lá no Armazém, o visitante ainda tem a oportunidade de provar os chás e as geleias. Mamis provou e disse que a geleia é boa, mas o chá é ruim kk!

E, enquanto eu e minha mãe visitávamos o Armazém, Danubia ficou no ônibus, dormindo. Acabada por conta do mal-estar!


Rosa Mosqueta - Nova Petrópolis - RS

Rosa Mosqueta - Nova Petrópolis - RS


Conhecemos também a Galeria Imigrante, em Nova Petrópolis, onde está localizado o restaurante Platano Grill (que foi o local reservado para o almoço). Eu não comi devido ao estado da noite anterior. Uma pena, porque o restaurante tinha muita variedade de pratos e sobremesas. A galeria também conta com várias lojas. Nossa perdição (kk), pois, para variar, fizemos mais comprinhas!

Galeria Imigrante - Nova Petrópolis - RS

Restaurante Platano Griil - Nova Petrópolis - RS


Alguns turistas ainda andaram pela cidade e visitaram o Parque Aldeia do Imigrante (entrada no valor de R$ 5, em janeiro de 2016). O espaço conta com lojas, jardins, lago, tudo reproduzindo a cultura germânica. Nós não entramos porque as compras falaram mais alto e tomaram todo nosso tempo!

Parque Aldeia do Imigrante - Nova Petrópolis - RS


O último passeio na cidade foi na Praça das Flores (Praça da República, no centro) e no Labirinto Verde. Gente, o lugar é lindo, com centenas de flores rosas, vermelhas, brancas... É maravilhoso. Segundo o guia da Brocker Turismo, de tempos em tempos, a Prefeitura de Nova Petrópolis replanta as flores para que a praça fique sempre vistosa e florida. Se deixasse, a gente teria tirado umas mil fotos só ali.

Praça das Flores - Nova Petrópolis - RS


Na praça também fica o Labirinto Verde. Dizem que o local abrigava um campo de futebol, que foi reformulado por um morador alemão. Eu e minha mãe tentamos chegar até o meio do labirinto, mas não conseguimos. Não é tão difícil, mas ficamos com medo de demorar e atrasar o tour.

Labirinto Verde - Nova Petrópolis - RS


A última atração visitada no dia foi a Cristais de Gramado, onde tivemos a oportunidade de presenciar a fabricação de um jarro de cristal belíssimo, em menos de sete minutos. A loja é magnifica e tem centenas de peças como copos, lustres, joias, enfeites, jarras, tudo em cristal  e fabricado artesanalmente. Só os precinhos não eram tão belos (rsrs): tinha um lustre de quase 27 mil reais. Para quem pode pagar, vale a pena... Eu prefiro gastar este valor em viagens...kkkk.

O Cristais Gramado conta com transporte gratuito para levar os visitantes aos hotéis da cidade e de Canela, mas, como estávamos com o tour, não foi necessário.

Cristais de Gramado - RS

Cristais de Gramado - RS


Nosso dia terminou com uma sopinha de feijão bem leve, na Casa das Sopas, no hotel mesmo, pois eu e Danubia passamos o dia todo sem comer. A sopa estava maravilhosa e não perdeu em nada para os cardápios mais requintados e fartos!

Casa da Sopa - Hotel Sky - Gramado - RS


8º dia - Tour Linha Bela
A nossa estadia no Rio Grande do Sul terminou com chave de ouro. Fizemos o tour Linha Bela com a Brocker Turismo e foi uma verdadeira viagem no tempo. Nós conhecemos um pouco do interior de Gramado e as histórias da imigração italiana.

Neste roteiro, visitamos a Vinícola Masotti, onde degustamos alguns vinhos e sucos de uva; o Velho Casarão Visenzo Marcon, com a história de um dos primeiros imigrantes italianos; o Moinho Cavichion, onde conhecemos um pouco da história local e da evolução de alguns itens como papel higiênico, forma de bolo, ferro de passar roupas e outros itens que, graças a Deus, evoluíram com o tempo (kk); e a Ervateria Marcon, um local onde a erva é cultivada e é preparado o famoso chimarrão.

Tour Linha Bela - Gramado - RS


O almoço, que estava incluído no pacote, aconteceu na Cantina Linha Bela, onde fomos recebidos com cantores, tocando sanfona e cantando clássicos das músicas italiana, gaúcha e sertaneja. Além, é claro, de uma boa comida italiana, como a lasanha e a polenta, que estavam deliciosas. 

Cantina Linha Bela - Gramado - RS

Cantina Linha Bela - Gramado - RS


Como o passeio terminou cedo, voltamos para o hotel para tomar um banho e retornar ao centro de Gramado. Tomamos um lanche, assistimos à uma missa na Igreja Matriz de São Pedro (muito linda) e, à noite, fomos a pé até o restaurante Hoppner, do hotel Rita Hoppner, para um delicioso jantar.

Restaurante Hoppner - Gramado - RS


9º dia - partida
Como tudo que é bom dura pouco, nossa viagem ao Rio Grande do Sul também chegou ao fim. Por volta das 8:40 da manhã, seguimos na van da Brocker, junto com outras pessoas, rumo ao aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, para embarcarmos para São Paulo. O voo estava marcado para às 13:33. De São Paulo, seguimos para Belo Horizonte às 18 horas. Uma viagem de um dia inteiro, já que só chegamos em casa quase 11 horas da noite.

Avião - D&D Mundo Afora


O diário de bordo desta viagem maravilhosa ao Rio Grande do Sul terminou. Cansou?? Não? Que bom!!! Porque, a partir de agora, toda semana você irá acompanhar os detalhes de cada atração que nós visitamos. É muita coisa. Prepare-se!


Parceiro
A viagem das integrantes do D&D Mundo Afora até o Rio Grande do Sul contou com parcerias de várias empresas, que nos concederam cortesias nas entradas das atrações, transfer, tickets do Bus Tour, café colonial e jantar, hospedagem e ingressos para cities tours. Apesar disso, as informações, opiniões e avaliações relatadas em todos os posts sobre a viagem são inteiramente pessoais e refletem as reais experiências vivenciadas pelas integrantes do blog, sejam elas positivas ou negativas.

NOSSOS PARCEIROS NO RS


10 comentários:
  1. Bem legal o blog de vocês, parabéns!

    Fui a Gramado / Canela na metade do ano passado e fiquei encantada, é uma delícia de lugar para curtir o friozinho, cheio de comidas gostosas e muitas atrações turísticas, além de tudo muito organizado...

    Fiz vários desses passeios que você citou, mas alguns ficaram para a próxima viagem... O Mini Mundo, a vinícola da Miolo e o Parque Caracol foram alguns dos meus passeios favoritos!

    Ficamos hospedadas no Grande Hotel Canela e gostamos bastante também!

    Aliás, em breve devo fazer um post no meu blog também sobre Granado / Canela...


    Beijos,

    Clá | http://www.umagarotacarioca.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá Clarissa. Realmente, Gramado é linda!!!!! Nós queremos voltar mais vezes. O que mais gostei por lá foi do Parque de neve Snowland. Maravilhoso. E a cidade florida, também é um espetáculo.

      Fomos no calor e foi muito bom!!!!!

      Excluir
  2. Oi! Estou conhecendo o blog de vocês agora e pelo que vi, vocês já passaram por vários destinos legais. Fico muito feliz que tenham gostado da viagem para o Rio Grande do Sul, que é onde moro. Já visitei Gramado/Canela umas três vezes e a mais recente foi nesse dezembro, quando vi o Natal Luz. É realmente lindo! Amo o Café Colonial Bela Vista, sempre dou uma passada no Lago Negro e a Cascata do Caracol é linda, mas como em todas as vezes fui passar um dia ou um final de semana, não pude conhecer todos os lugares. Queria ir no Museu de Cera e Snowland. Nova Petrópolis não conheço não, mas já sei que é linda <3

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Victória. Tudo bem? Então, o ideal é ter bastante tempo para dar conta de conhecer tantas opções na cidade mesmo. O Snowland, para nós, foi o melhor passeio de todos.!!!!!

      Excluir
  3. Amo Rio Grande do Sul e toda a culrura gaúcha! Vendo essas fotos, então... Cada lugar incrivel, preciso conhecer todos <3
    Beijos
    Isa Nonemacher

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa, é lindo mesmo. Ameamos tudo. Vale a pena conhecer!!!!

      Excluir
  4. Curti muito seu roteiro! Futuramente quero conhecer Gramado e o Snowland porque minha filha está louca pra conhecer a neve... (mesmo que seja fabricada, né? rs...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isabel.. a neve lá do Snowland é de verdade....kkk é "fabricada", mas de verdade, pois eles usam o mesmo processo do que acontece na natureza: temperatura, pressão, etc.. é muito legal. Quem nunca tinha visto a neve, como a gente, é o máximo.... e muito congelante também kkk

      Excluir
  5. Gostei muito do roteiro. Gostaria de saber se vcs ficaram só no hotel Sky. Dá pra ficar só em um hotel e visitar as cidades do entorno?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia.Nós ficamos apenas no hotel Sky e deu para aproveitar toda a cidade, Canela, além do Vale dos Vinhedos. É bem tranquilo. Quando fomos para o Vale dos Vinhedos, contratamos um tour e deu para aproveitar o dia e retornar para Gramado a tardinha.
      Vale bem a pena. O hotel é ótimo.

      abraços e boa viagem....

      Excluir

Topo da página

Receba nossas novidades em primeira mão

BAIXE GRÁTIS TAG's DE MALA PERSONALIZADAS