16 de março de 2015
Textual description of firstImageUrl

O que fazer em Porto de Galinhas - Pernambuco

Post atualizado em 04 de julho de 2016
O que fazer em Porto de Galinhas - Pernambuco


O que fazer em Porto de Galinhas - Pernambuco

Por Daniela Almeida
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES POR E-MAIL


Hoje o D&D Mundo Afora vai iniciar uma série de posts sobre nossa viagem à Pernambuco e Alagoas. Foram 8 dias de muitas histórias e paisagens maravilhosas... Acompanhe cada passeio que fizemos e cada cidade que conhecemos...Todos os posts da serie estão listados ao final deste texto.

Porto de Galinhas 

Um dos destinos mais procurados pelos brasileiros (e estrangeiros também, pois vimos muitos deles por lá) e que ainda não tínhamos conhecido é Porto de Galinhas, em Pernambuco. Na verdade, Porto (para os íntimos, rs) é um distrito (ou bairro) de Ipojuca e quem nasce em Porto de Galinhas é Ipojucano (descobri isso, no chute, durante o passeio que fizemos até Caruaru - mas isso eu conto depois!!!).

Porto de Galinhas fica a cerca de 60 quilômetros de Recife. E nossa viagem foi realizada de 20 a 28 de janeiro de 2015. 

E de onde vem esse nome? Inicialmente, a região era chamada de Porto Rico, já que de lá saíam grandes carregamentos de pau-brasil para Europa, no século XVI e XVII.

Porto de Galinhas - Pernambuco

Também era o lugar para onde os escravos africanos eram trazidos para trabalhar nas lavouras de cana-de-açúcar. Apesar do fim da escravatura, esses negros continuavam sendo trazidos de forma clandestina. Para não chegar à Recife, onde a fiscalização acontecia, os navios paravam em localidades próximas, entre elas, Porto de Galinhas. Na época, os negros vinham escondidos nos porões encobertos por engradados de galinhas d'angola.

Quando chegavam os navios, os contrabandistas anunciavam que tinha "galinha nova no porto" se referindo aos escravos negros. Daí, o lugar passou a ser chamar Porto das Galinhas ou Porto de Galinhas.

Hoje, a praia de Porto de Galinhas é uma das mais bonitas e procuradas do Brasil.

O que fazer em Porto de Galinhas - Pernambuco
Praia de Porto de Galinhas

Pacote 

Como sempre, fizemos muitas pesquisas antes de comprar o pacote para Porto de Galinhas (aliás, inicialmente, iríamos para Cartagena das índias, na Colômbia, mas mamis não quis. Mas, quem quiser saber um pouco mais sobre Cartagena, pode ler as dicas que a Tatiane do blog Desempilhados escreveu aqui no D&D).

Os pacotes pela CVC estavam até mais baratos, mas os horários de voos estavam muito ruins, pois a gente chegaria lá à noite. No pacote com chegada no domingo à noite e saída no domingo de manhã, ficaríamos, na verdade, apenas 6 dias inteiros. 

Então, optamos, novamente, pela Decolar (que é nossa parceira), pois montei voos e hotéis de acordo com nossas vontades. Assim, chegamos à Recife no dia 20, ao meio-dia, e viemos embora no dia 28, às 14 horas: 7 dias inteiros e 2 dias pela metade. O hotel escolhido foi o Village Porto de Galinhas, apenas com café da manhã.


Pronto (como dizem os pernambucanos), pacote comprado, hora de "pôr o pé na estrada", ou melhor, "no céu"!!!!

                               

Chegada

Como disse, chegamos à Recife às 12:30 e, mais uma vez, tivemos problema com nossa bagagem (voamos pela Gol). Quebraram o suporte das rodinhas de uma das malas e até iriam no emprestar outra, mas ela estava tão suja e feia, que resolvemos ficar com a nossa, quebrada mesmo, até enviá-la para eles consertarem no nosso retorno. Detalhe: até hoje, dia 16 de março, a empresa ainda não nos devolveu a mala consertada. Eles consertaram a mala e nos enviaram pelo correio!!!!!

É revoltante ver como o pessoal das companhias aéreas tratam nossas bagagens. Eles as jogam como se fossem sacos umas por cima das outras!!!!! (desabafo!!).

Mas, desabafo à parte. Chegando lá, o taxista da empresa de transfer já estava nos esperando. Aqui uma ressalva: pagamos o valor de R$ 240 (ida e volta do aeroporto, em Recife, até Porto de Galinhas - o melhor preço encontrado), mas o taxista disse que teríamos que pagar o valor do pedágio (R$ 6) para ir pela estrada com a distância mais curta. Achei um absurdo (não pelo valor)! Se já estávamos pagando o que foi estipulado, a quantia deveria incluir qualquer despesa relacionada ao trajeto. Nós pagamos sem reclamar para não começar a viagem "com o pé esquerdo", mas, na volta, como era o mesmo motorista, nós nos adiantamos e dissemos a ele que só tínhamos cartão para não passar pela estrada com pedágio. Durante o trajeto, ele ainda falou ao telefone que ia demorar porque não tinha dinheiro para pagar o pedágio... É cada uma!!!!!!

Ainda há a opção de ir de ônibus da Viação Cruzeiro que passa por dentro do aeroporto. Me parece que passa de meia em meia hora, mas não olhamos mais detalhes.

Hotel 

Chegamos ao hotel Village Porto de Galinhas (localizado na Praia do Cupe, cerca de 5 quilômetros da Vila de Porto) às 14 horas - depois, leia o review que fizemos sobre o Hotel Village Porto de Galinhas. É ótimo!!!

Village Porto de Galinhas - Pernambuco

O que fazer em Porto de Galinhas - Pernambuco
O hotel em que nos hospedamos fica na Praia do Cupe

De início, ficamos hospedadas no terceiro andar, mas lá não tem elevador. Então, solicitamos para trocar, uma vez que mamis não está tão jovenzinha assim, né!!!!! E, no dia seguinte, prontamente, eles nos colocaram no primeiro andar e isso facilitou muito.

O hotel, aliás, é maravilhoso. Tem três piscinas, sendo uma infantil (mas que qualquer adulto pode aproveitar tranquilamente, como eu que não sei nadar rsrs), e duas jacuzzis maravilhosas. Café da manhã com tapioca quentinha feita na hora, misto-quente, lanches, sucos, frutas e tudo mais que você possa imaginar.

Village Porto de Galinhas - Pernambuco - Hotel


Para jantar era cobrado o valor de R$ 50 por pessoa (valor de janeiro de 2015), sem bebida (se você não comprar o pacote de meia-pensão). Achei um pouco caro. Imagina: três pessoas (apenas para jantar), R$ 150 por dia. R$ 150 x 8: R$ 1200 só com a janta. É muito, né!

Village Porto de Galinhas - Pernambuco - Hotel
Cardápio do jantar nordestino - cada dia era abordado um tema. Teve também italiano. 


Isso sem contar o valor cobrado pela garrafa de água de 300 ml: R$ 3,00. A saída foi ir até o supermercado da Vila e comprar um garrafão de água de 5 litros (R$ 6,90), pão de forma, peito de peru, uma caixinha de suco e uma garrafa de coca-cola para comer e beber à noite, já que também não temos o hábito de jantar.

Apesar disso, nós comemos uma pizza, em uma das noites, que estava maravilhosa e não custou caro (R$ 20,00). A jarra de suco pequena (que dava para encher 7 copos) custava R$ 19,50 e foi bem aproveitada também.

Village Porto de Galinhas - Pernambuco - Hotel
Café da Manhã com tapioca quentinha. Pizza. E nosso lanche improvisado no quarto

Os lanches ou refeições servidos nos restaurantes, à beira da piscina ou na praia são excelentes. Pagamos R$ 14,50 por um hambúrguer com batata frita; R$ 17 por uma sanduíche de filé mignon e R$ 50 por uma tábua quente com linguiça toscana de porco, picanha, peite de frango grelhado, farofa, vinagrete e batata frita. A porção de arroz e feijão custou R$ 5 cada uma.


Village Porto de Galinhas - Pernambuco - Hotel


O que fazer em Porto de Galinhas

No dia 21 de janeiro acordamos bem cedo, como sempre acontece nas viagens. Às 5 horas da manhã (6 horas no horário de Brasília, já que lá não tem horário de verão), eu já estava acordada, pronta para começar o dia. Pronta para conhecer o famoso café da manhã pernambucano.

O café no hotel começava às 7 horas e ia até as 10. Mas teve dia em que às 10:30 ainda tinha comida disponível. Tanto que eu ainda peguei misto-quente e tapioca nesse horário para comer à beira da piscina.

Aliás, o café da manhã lá do Village, até hoje (janeiro de 2017) foi o mais gostoso de todos os cafés de hotéis que já tomamos: 1º lugar disparado!!!

Village Porto de Galinhas - Pernambuco - Hotel


Buggy ponta a ponta

O primeiro passeios que contratamos no receptivo do hotel foi o de Buggy ponta a ponta. O valor cobrado era de R$ 170, inicialmente, mas o bugueiro nos cobrou R$ 150. O passeio consiste em ficar por 3 a 4 horas, percorrendo as praias de Muro Alto, Pontal de Maracaípe, Maracaípe e Porto de Galinhas.

O que fazer em porto de galinhas - Buggy


Posso dizer que nós detestamos o passeio e não recomendo para ninguém. Primeiro porque é muito rápido. Não demoramos nem 3 horas. Muito dinheiro para pouca coisa. Segundo, porque o bugueiro passa por lugares muito feios. A maioria do tempo estamos percorrendo ruas e vielas. Pensávamos que ele ia percorrer pelas praias ou por caminhos que dessem para ver o mar, pelo menos.

Ainda, para não atolar nas areias e estradas de barro, o bugueiro corre demais.......demais mesmo!!! A gente que fica sentado no alto do buggy quase coloca o coração pela boca. A sensação é que você vai ser jogada para fora a cada solavanco.

Compensa mais alugar um carro ou pagar um táxi para levar até a praia desejada e ficar lá pelo tempo que tiver vontade.

Paramos primeiro na praia de Muro Alto. O lugar é muito lindo. Tem uma piscina natural maravilhosa, formada pela barreira de arrecife. As águas são calmas e limpinhas.  Este é um lugar ideal para ficar, pelo menos, o dia todo, caso você não esteja hospedado nos arredores.

O que fazer em porto de galinhas - Praia de Muro Alto

O que fazer em porto de galinhas - Praia de Muro Alto
Passeio da caiaque custava R$ 10, mas nós só subimos para tirar foto rs

Ficamos na praia por cerca de 1 hora com o buggueiro nos esperando. De lá, partimos para Pontal do Maracaípe. Lá é possível andar de jangada para ver os cavalos-marinhos em seu habitat natural. Isso através do projeto Hippocampus. Não fizemos esse passeio, mas dizem que é muito bonito e custa R$ 20 por pessoa. Nós apenas descemos do buggy, compramos água e camisetas típicas (R$ 15 de adulto e R$ 10 de criança). A água custou R$ 2.

O que fazer em porto de galinhas - Pontal do Maracaípe


De lá, fomos até Maracaípe, mas o buggueiro reduziu o valor de R$170 para R$150 apenas para passar por esta praia. É um lugar bonito. Com mar agitado e ondas de até dois metros de altura, é o espaço preferido dos surfistas. O local sedia, inclusive, importantes campeonatos de surf.

O que fazer em porto de galinhas - Maracaípe


Após passarmos rapidamente - apenas dentro do buggy - por Maracaípe, o buggueiro nos deixou no centro de Porto de Galinhas.

Nossa intenção era chegar, no máximo, por volta das 11 horas, já que este era o horário da maré baixa neste dia, o que ia nos proporcionar o passeio até as piscinas naturais. O ideal é organizar as atividades de acordo com a tábua das marés. No dia que fomos, ela estava marcando 0.1 às 11:25. Dizem que dá para aproveitar mesmo com maré de até 0.6, mas, quanto menor, melhor. E nós olhamos isso com muita antecedência para dividir todos os passeios desejados dentre todos os dias de viagem.

Quando a maré sobe, a água do mar chega a encostar nos paredões que separam a praia do calçadão. Isso quer dizer que ela sobe mais de 2 metros de altura.

Piscinas naturais de Porto de Galinhas 

Depois de encerrarmos nosso passeio de buggy, fomos aproveitar a tarde na praia de Porto de Galinhas e na Vilinha.

O que fazer em porto de galinhas

O que fazer em porto de galinhas


Logo que chegamos, vimos uma fila enorme para ir de jangada até às piscinas. Da areia até as piscinas são cerca de 200 metros, percorridos em aproximadamente 5 minutos de jangada. 

O que fazer em porto de galinhas
Fila para pegar a jangada e ir até os arrecifes e às piscinas naturais


Uma dica, que a gente só fica sabendo depois: é possível ir até os arrecifes a pé, sem pagar nada (recomenda-se usar chinelo ou sandália para não machucar os pés nos corais). Mas é preciso pegar uma senha e, quando chegamos, a Prefeitura já as tinha distribuído bem cedinho. A entrega das senhas serve para proteger e diminuir o impacto causado aos arrecifes. Somente 800 vistantes por dia podem ir a pé até os arrecifes. De jangada, são 1400 pessoas, diariamente. Então: chegue cedo para pegar a senha e economizar os R$ 20 da jangada!!!!

O que fazer em porto de galinhas


Como o número de 800 visitantes já havia sido atingido, resolvemos contratar a jangada e pagar R$ 20 por pessoa, incluindo óculos para mergulho e ração para os peixes. O lugar é bonito e, gostando ou não, é um passeio obrigatório. Mas, confesso que não gostei muito, não. Esperava mais. É preciso caminhar sobre os arrecifes, onde são formadas pequenas piscinas com centenas de peixes. Tem até uma que "parece" o mapa do Brasil.

O que fazer em porto de galinhas - piscinas naturais

De lá, na mesma jangada, você segue até as piscinas naturais, onde poderá nadar e mergulhar com os peixinhos. Essa parte, sim, é linda. Lá, o jangadeiro empresta a máscara para você poder mergulhar e ver os peixes. Até esse momento ainda não tínhamos comprado a capinha à prova d'água para o tablet e, por isso, não tiramos fotos subaquáticas. Então, uma dica: compre e tenha a liberdade de fazer quantas fotos quiser.

O que fazer em porto de galinhas - piscinas naturais


No dia que fomos, o jangadeiro disse que estava ventando e que não iríamos ver tantos peixes. A água não estava tão cristalina como pensei que estivesse. Mesmo assim, deu para ver muitos peixinhos coloridos. É muito bonito!!

O que fazer em porto de galinhas - piscinas naturais


Logo que chegamos, alguns jangadeiros - acredito que não-oficiais - nos ofereceram o passeio de jangada até as piscinas por R$ 35 (o oficial era R$ 20), incluindo um CD com fotos. Porém, eles não vão até os arrecifes. Para ser bem sincera: antes tivesse pagado os R$ 35, e ter as fotos, do que ter andado pelos arrecifes por apenas 5 minutos, o que, para nós, foi muito sem graça. Mas, no geral, valeu a experiência. 

Depois das piscinas naturais, ficamos por algumas horas sentadas nas cadeiras na praia. Fique de olho: os vendedores, aos milhares, ficam te oferecendo cadeira e guarda-sol. Pela cadeira são cobrados de R$ 5 a R$ 10 e, pelo guarda sol, entre R$ 10 e R$ 30. Mas, se você consumir qualquer porção, não paga para ficar nas cadeiras. Ficamos em um que não gostei. Os preços são bem salgados. Uma porção de peixe e um refrigerante em lata, por exemplo, custaram R$ 84.

O que fazer em porto de galinhas - piscinas naturais

O que fazer em porto de galinhas

O que fazer em porto de galinhas - piscinas naturais
A praia de Porto é lotada e você é disputado quase "a tapa" pelo vendedores e barraqueiros


No fim da tarde, fomos conhecer o centro da Vila e as lojinhas. São dezenas delas, mas, na maioria, os produtos são os mesmos. Até os preços são bem parecidos, quando não são iguais. Danubia até ouviu uma mulher falando: nossa, toda loja que a gente entra vende tudo a mesma coisa. rsrsr

O que fazer em porto de galinhas


Isso sem contar as esculturas de galinha espalhadas por todo o centro. Elas são o destaque e o charme do local. Estão também estampadas nas roupas, nas peças decorativas, nas lembrancinhas e em tudo mais que você imaginar. Não dá para voltar para casa sem, pelo menos, um chaveiro de galinha.

Compramos porta-retratos de galinhas (R$12), cangas (R$ 10), lápis com uma galinha na ponta (R$ 2), caminho de mesa, as nossas canecas "de lei" e outras lembranças. O lugar tem muito artesanato, acessórios, tapetes, pedras preciosas, artigos de decoração e peças de renda.

O que fazer em porto de galinhas


Ainda na Vila, nós fizemos um lanche delicioso e muito barato. Um combo composto por um misto-quente ou lanche natural, um copo grande de suco e uma salada de frutas por R$ 12,00. A lanchonete, não anotei o nome, fica dentro de uma galeria (quase ao lado do mercadinho principal), bem ao fundo. Além disso, o atendimento lá é excelente. Aliás, amamos a simpatia dos pernambucanos.  

Foi também na Vila que fechamos dois dos nossos passeios. A princípio tínhamos pesquisado na internet os preços. Olhei com duas empresas, fazendo apenas uma cotação inicial, que ficou assim:

Buggy ponta a ponta - R$ 170,00 (até quatro pessoas);
Recife/Olinda: R$ 75 por pessoa ou R$ 300 (carro para até 6 pessoas, o que, no nosso caso, com 3 pessoas, daria R$ 100 para cada uma);
Maragogi: R$ 75 por pessoa ou R$ 300 (carro para até 6 pessoas, o que, no nosso caso, com 3 pessoas, daria R$ 100 para cada uma);
Caruaru/Nova Jerusalém: R$ 150 por pessoa ou R$ 500 a diária (carro para até 6 pessoas, o que, no nosso caso, com 3 pessoas, daria R$ 166 para cada uma);
Carneiros: R$ 90 por pessoa. Como não tínhamos pensado em fazer este passeio, só olhei inicialmente em um lugar, lá mesmo em Recife.

Quando chegamos à Porto de Galinhas, fechamos com o receptivo do Hotel Village o passeio de Buggy (R$ 150 - foi dado desconto de R$20) e Maragogi (R$ 180) para nós três. Com a Luck Receptivo contratamos os passeios para Caruaru/Nova Jerusalém (R$ 150 por pessoa) e Recife/Olinda (R$ 75 por pessoa).

Porém, quando chegamos à Vila de Porto, fomos abordadas por um agente da AM Turismo que nos cobrou R$ 45 por pessoa para Recife e Olinda e R$ 45 por pessoa para Carneiros. A AM fica dentro do Shopping de Porto de Galinhas, bem no centrinho, e a Luck, dentro do aeroporto, em Recife. (Ah, nenhuma dessas empresas está nos patrocinando, viu). 

Tudo decido e pacotes contratados, nosso roteiro ficou assim (vamos detalhar cada um deles em vários posts):
Buggy ponta a ponta - R$ 150,00 (três pessoas) - receptivo do Hotel Village (dia 21);
Piscina Natural de Porto: R$ 20 por pessoa - ingresso comprado no quiosque da Vila (dia 21);
Caruaru Nova JerusalémR$ 150 por pessoa - R$ 450 para as três - Luck Receptivo (dia 22);
Maragogi: R$ 180 (três pessoas) - receptivo do Hotel Village (dia 23);
Recife / Olinda: R$ 45 por pessoa - R$ 135 para as três - AM Turismo (dia 24);
CarneirosR$ 45 por pessoa - R$ 135 para as três - AM Turismo (dia 25).

Nos dias 26, 27 e 28 (pela manhã) ficamos apenas no hotel, desfrutando das piscinas e praia (hotel é pé na areia).

Village porto de galinhas Hotel





_________________________________________________________________________________
Buscando hotéis em Porto de Galinhas, em Pernambuco? Hotéis em PORTO DE GALINHAS. Faça sua reserva aqui. No Booking, você sempre encontra os melhores hotéis com os melhores preços.

14 comentários:
  1. Gente que lugar maravilhoso! Agora to com vontade de conhecer <3
    http://sagitarianadestemida.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é um lugar maravilhoso. Vale à pena conhecer!!!!

      Excluir
  2. Li o relato e está muito bem detalhado. Porto de Galinhas é bonito dentro e fora da água e embaixo... =)

    Porto de Galinhas: dicas de viagem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá Dan. Realmente, Porto de Galinhas é linda. Amei nadar com os peixinho e ficar descansando na praia.
      Abraços

      Excluir
  3. Adorei seus posts, estou indo pra Porto em setembro e gostei do seu roteiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI. Obrigada... Porto de Galinhas é um máximo. Nós amamos. E tem muita coisa para fazer, além de descansar nas praias. AS cidades vizinhas valem uma atenção especial também.

      Excluir
  4. Muito bom as dicas, estamos indo em novembro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Marcos. Você amar a cidade. É maravilhosa. Boa viagem!!!!! depois volte para nos contar como foi e nos dar mais dicas....

      Excluir
  5. Qual a empresas que fez o transfer de Recife-Porto/Porto-Recife?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite. Foi a Luck Receptivo.Muito bacana o serviço deles!!!

      Excluir
  6. Olá, Daniela tudo bem?
    Suas informações me deixaram mais encantada com a viagem que farei em Novembro.
    As dicas são ótimas, só tenho uma dúvida a AM turismo não tem site telefone nada, pesquisei muito na internet e não acho, o número de telefone que achei é particular.
    Quero muito já fechar os passeios.

    bju

    ResponderExcluir
  7. Olá. Que bacana que gostou da nossa viagem. Tenho o telefone deles aqui: (81) 9852-9122. espero que ajude. Você amar a cidade. Boa viagem.

    ResponderExcluir
  8. Olá, Dani! Tudo bem?
    Estou aqui lendo seus posts, pois dia 20 vou para Maragogi e queria fazer um bate-volta a Porto de Galinhas. Qual a sua sugestão para um dia em Porto? O que seria mais interessante para meu marido e eu fazermos, ou qual praia visitar? Muito obrigada e aguardo suas dicas. Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gabriela. Que bacana que vai para Maragogi. Lá é lindo.

      Temos um post sobre a viabilidade de um bate volta entre Porto de Galinhas e Maragogi. Lá, damos algumas dicas para você curtir cada uma das cidades em apenas um dia.

      O post esta neste link http://www.dedmundoafora.com.br/2015/11/porto-de-galinhas-e-maragogi-bate-volta.html

      Excluir

Topo da página

Receba nossas novidades em primeira mão

BAIXE GRÁTIS TAG's DE MALA PERSONALIZADAS