30 de maio de 2018
Textual description of firstImageUrl

Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam

Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam

Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam, Holanda

Por Daniela Almeida


Quem acompanha o D&D Mundo Afora sabe que estivemos na Europa, pela primeira vez, em abril de 2018. Durante 21 dias, visitamos cinco países e sete cidades: Londres, Amsterdam, Paris, Veneza, Florença, Roma e Cairo. 

Aproveite para ler os outros posts e veja como foi maravilhosa esta viagem:

Depois de passar cinco dias maravilhosos em Londres, chegamos a Amsterdam, onde ficamos por dois dias. E é esta experiência que vamos contar hoje neste diário de bordo.

Receba nossas atualizações

(Não se esqueça que é preciso confirmar a inscrição para receber nossos e-mails)
Importante ler também:

1º dia - 10 de abril - chegada - 2 dias em Amsterdam

Como contamos no primeiro Diário de Bordo desta série sobre nossa primeira vez na Europa, chegamos a Amsterdam (vindo de Londres) em uma combinação de trem (saindo da estação Liverpool) + navio (no porto de Harwich) + ônibus + trem até a Estação Centraal.

Essa foi a forma mais econômica (ficou mais barato do que avião e economizamos na diária) e mais gostosa de fazermos o trajeto entre esses dois países. Viajar de navio é uma delícia e mamis queria refazer isso há muito tempo. Pena que foi tão rápido. Só uma noite.

Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam -
Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam 

Estação Centraal - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Estação Centraal - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam


Chegamos na cidade holandesa pontualmente às 10:25h e, como estávamos com muitas malas, resolvemos pegar um Uber até o nosso hotel - Hotel Júpiter.

O hotel é simples, mas o quarto era muito confortável e espaçoso. Na verdade, iríamos nos hospedar em outro lugar, mas, dois dias antes, o Booking nos ligou para informar que a hospedagem tinha cancelado a reserva porque a reforma no prédio não havia sido concluída a tempo e para nos dar outra opção que, para a nossa sorte, era um pouco mais barata.

O Hotel Júpiter não estava tão bem localizado quanto o outro que tínhamos escolhido, mas também estava perto das principais atrações. Aliás, em Amsterdam tudo é bem perto e dá para fazer quase tudo a pé.

➤ Aproveite para reservar sua diária no Hotel Jupiter ou em outras acomodações em Amsterdam.

Hotel Jupiter - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Hotel Jupiter - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam

Assim que fizemos o check in, nos instalamos e já seguimos para nossa primeira atividade programada no dia: conhecer o famoso Jardim das Tulipas - Keukenhof, que fica aberto durante apenas dois meses na primavera. Em 2018, ele abriu em 22 de março e fechou em 13 de maio.

Keukenhof - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Keukenhof - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam


Seguro Viagem com 10% de desconto 

Vai viajar? Não importa se vai ficar no Brasil ou vai para o exterior. O Seguro Viagem é um item muito importante e até obrigatório, no caso da viagem ser para Europa. Faça sua cotação e escolha a seguradora que melhor se adéqua ao seu perfil. Na Seguros Promo, leitor do D&D tem 10% de desconto: 5% na contratação com o cupom DEDMUNDOAFORA5 + 5% pagando no boleto. Se preferir, ainda pode pagar em até 12x no cartão de crédito.


Antes, porém, entramos em uma lanchonete ao lado do Vondelpark para fazer um lanche rápido. Pedimos três sanduíches de presunto, refrigerante e dois chocolates quentes. Deu 30 Euros.

Lanche em Amsterdam - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Lanche em Amsterdam - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam

Lanche em Amsterdam - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Lanche em Amsterdam - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam

Lanche em Amsterdam - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam

A lanchonete fica dentro de uma lojinha. É muito bonita e o atendimento é ótimo.

Lanchonete em Amsterdam - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Lanchonete em Amsterdam - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam


Acabamos nosso lanche, fomos, enfim, para o Keukenhof. Para ir até lá de transporte público é muito fácil. Basta pegar o ônibus 397 até o aeroporto Schipol. Nós pegamos na Museumplain, a praça dos museus e onde fica o famoso letreiro "I Amsterdam". Os pontos contam com painéis que informam o número da linha e quanto tempo falta para o ônibus passar.

Mas fique esperto para não pegar a condução na direção errada.

Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam - ônibus para aeroporto
Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam - ônibus para aeroporto


Lá no aeroporto, tem um quiosque do ônibus oficial do Keukenhof, onde você compra os bilhetes de ida e volta do parque que, em abril de 2018, custava 10 Euros. O trajeto dura 30 minutos.

Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam - ônibus para Keukenhof
Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam - ônibus para Keukenhof


Nós chegamos no parque por volta das 15 horas e saímos às 17:20, tempo suficiente para vermos quase tudo com calma já que o parque fecha às 19:30 horas.

Keukenhof - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Keukenhof - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam


Troque sua moeda estrangeira e receba o dinheiro em casa 

Aproveite para trocar sua moeda estrangeira sem sair de casa. Na Cotação, você conta com diversas opções de moeda, compra on-line e ainda recebe o dinheiro em casa ou retira em uma das lojas espalhadas pelo Brasil.

O parque é gigante e muito lindo. Se você estiver na cidade nesta época, é um passeio imperdível. Mamis adorou e foi uma das coisas que ela mais gostou de fazer na viagem. Na verdade, todas nós ficamos encantadas com tantas flores. São mais de sete milhões de bulbos de 800 espécies diferentes de tulipas em uma área de 32 hectares.

E olha que o parque nem estava ainda no age de sua beleza, pois havia chovido muito nos dias anteriores e demorou mais para o florescimento ficar completo. Poucos dias depois, vimos fotos de outras pessoas por lá e estava infinitamente mais lindo, se é que isso é possível...

Keukenhof - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Keukenhof - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam

A volta para o centro de Amsterdam é feita do mesmo jeito. Com o ônibus do parque até o aeroporto e, de lá, até o destino final.

Assim que voltamos, resolvemos caminhar pelas ruas da cidade. Queríamos visitar o famoso bairro Red Litgh, onde as prostitutas ficam expostas nas vitrines de lingerie. Mas nós fomos para o lugar errado e não conseguimos ver. Então, procuramos na internet o endereço de um restaurante que já tínhamos escolhido antes e fomos até lá. Jantamos uma macarronada que estava muito boa no restaurante Monte Verde. 

Nosso jantar deu 27,80 Euros e incluiu três pratos de macarronada, dois sucos e um refrigerante. O restaurante é muito bom, mas o único inconveniente é que ele é muito escuro. O jantar foi à luz de velas kk.

Restaurante Monte Verde - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Restaurante Monte Verde - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam


Chegamos no hotel quase 9 horas da noite, encerrando esse primeiro dia em Amsterdam.

Nesse dia, aliás, ficamos assustadas com tantas bicicletas. Dizer que quase fomos atropeladas várias vezes pelas bikes holandesas é redundante. A cidade conta com ciclovias em todas as ruas, mas os ciclistas também usam as calçadas e outros espaços. É preciso ficar atento.

Algumas bicicletas de Amsterdam - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Algumas bicicletas de Amsterdam - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam

2º dia - 11 de abril - chegada - 2 dias em Amsterdam

O dia começou cedo para a família D&D Mundo Afora. Ops, para mim e para Danubia. Mamis, muito cansada, resolveu ficar no hotel, dormindo até a hora de fazermos check out às 12 horas. Tadinha, ela aguentou muito nesta viagem porque estava muito gripada. Tem hora que tem de ficar quietinha e descansar para dar conta de chegar até o final do passeio.

As melhores hospedagens com os menores preços

Procurando por hotéis, hostels, pousadas ou resorts em Amsterdam? Faça sua pesquisa no Booking e no Hotéis.com. Nos dois buscadores, você encontra as melhores opções, com os menores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.

Café-da manhã no hotel Júpiter- Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Café-da manhã no hotel Júpiter- Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam


Bom, logo após o café, mamis voltou para o quarto e Danubia e eu fomos passear e tirar algumas dezenas de fotos na famosa Museuplain, a praça onde estão concentrados os museus mais famosos da cidade.

No caminho, porém, fizemos uma paradinha no Vondelpark. O parque, aberto ao público em 1865, é bem grande, com 1,5 quilômetro, mas nós só visitamos um pedacinho dele.

Vondelpark - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Vondelpark - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam



Em seguida, fomos conhecer o famoso Museu do Van Goghonde está localizada a maior coleção do pintor em todo o mundo, com mais de 200 pinturas, além de documentos e mais de 500 ilustrações. Uma pena que, lá dentro, não é permitido filmar ou tirar fotos. Somente nos espaços que ficam do lado de fora das salas.

Museu Van Gogh - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Museu Van Gogh - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam


Depois do museu, fomos fazer nossa sessão fotográfica na Museumplain, que é linda e é onde fica o letreiro I Amsterdam.

Como já era de se esperar, a praça estava lotada perto do letreiro. É difícil fazer uma foto sem alguém aparecer no meio.

MuseumPlain - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
MuseumPlain - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam

MuseumPlain - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
MuseumPlain - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam


Depois da praça, apenas eu entrei no Rijksmuseum, onde está a famosa tela gigante Ronda Noturna, de Rembrandt. Este é um dos museus mais importantes de Amsterdam e conta um pouco da história da era de ouro dos Países Baixos desde o ano de 1100. 

Rijksuseum - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Rijksuseum - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam


De volta ao hotel, fizemos ckeck out, deixamos as malas e, a pé, fomos até um Mc Donald's para almoçar. Nosso lanche deu 21,55 euros, incluindo 3 sanduíches completos com refrigerante, batata e um café.

Como eu vim do Brasil muito gripada e passei a gripe para mamis (que filha boa kk), paramos na farmácia para comprar um xarope. Aliás, nesta viagem, experimentamos remédios de todos os países: Londres, Amsterdam, Paris, Roma e Egito. Nem assim a gripe foi embora!!!

Depois do almocinho básico, fomos para a porta da Casa de Anne Frank, um museu implantado no local onde a adolescente de 14 anos, seus pais, irmã e outras quatro pessoas judias viveram escondidas durante a Segunda Guerra por dois anos até serem descobertos e levados para os campos de concentração.

O esconderijo ficava nos fundos da empresa do pai de Anne, Otton Frank, com entrada escondida atrás de uma estante.

É uma visita muito emocionante, pois a gente fica imaginando o que aquelas pessoas passaram durante todo esse tempo. Foi muito sofrimento.

Casa de Anne Frank - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Casa de Anne Frank - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam


A entrada na Casa de Anne Frank é feita apenas com hora marcada e o ingresso deve ser comprado somente no site. Os bilhetes começam a ser vendidos dois meses antes da data e acabam bem rápido.

Lá dentro também é proibido fotografar e não é permitido entrar com bolsas muitos grandes, pois não tem lugar para guardar. 

Depois de visitar as dependências da Casa de Anne Frank, fomos, a pé, até a loja da Primark. Ela é gigante com sete andares repletos de roupas, sapatos, malas, bolsas, acessórios e outros itens. Se a intenção for ver tudo com calma, reserve, pelo menos, uma tarde inteira.

Loja Primark - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Loja Primark - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam

Nós aproveitamos e compramos outra mala - essa de tamanho grande (40 Euros) - para dar conta de carregar tanta coisa. Ai, minha Nossa Senhora do Cartão de Crédito kkkk.

Loja Primark - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam
Mala comprada na loja Primark - Diário de Bordo - 2 dias em Amsterdam


Como não tínhamos muito tempo, ficamos lá por apenas duas horas. Voltamos para o hotel de Uber para buscar as malas e, no mesmo carro, retornamos para a Estação Amsterdam Centraal, onde pegamos um trem para Paris, às 19:17 horas.

➥ Dica: Vale lembrar que os trens na Europa são pontualíssimos. Além disso, o número do portão só aparece no painel pouco tempo antes do horário de partida. Então, se chegar lá e não ver nada escrito, não se desespere. Aguarde um pouco e fique atento.


➥ Não perca o próximo post com nosso Diário de Bordo de 3 dias em Paris.

_________________________________________________________________________________
Encontre aqui seu hotel em Amsterdam. No Booking você sempre tem os melhores hotéis com os melhores preços.



Parceria
A viagem das integrantes do D&D Mundo Afora a Amsterdam em abril de 2018 contou com parceria do Keukenhof, que nos concedeu ingressos para entrada no parqueApesar disso, as informações, opiniões e avaliações relatadas em todos os posts sobre a viagem são inteiramente pessoais e refletem as reais experiências vivenciadas pelas integrantes do blog, sejam elas positivas ou negativas.

NOSSO PARCEIRO EM AMSTERDAM


Nenhum comentário:
Postar um comentário

VAI VIAJAR? Confira os serviços que vão facilitar sua viagem
➤ Reserve seu hotel em todo o mundo no BOOKING.COM ou no HOTEIS.COM
➤ Compre suas passagens na DECOLAR, AVIANCA, EMIRATES ou na KLM
➤ Compre suas passagens de trem para toda a Europa com a RAILEUROPE
➤ Compre seus pacotes de viagem na DECOLAR ou na CVC 
➤ Troque sua moeda estrangeira na COTAÇÃO
➤ Compre ingressos sem filas para atrações em todo o mundo na TicketBar e na Tiqets
➤ Faça seu seguro viagem com a SEGUROS PROMO
➤ Compre seu chip de celular e internet com a EASYSIM4U
Topo da página