18 de dezembro de 2015
Textual description of firstImageUrl

Panelas de barro - Associação das Paneleiras de Goiabeiras - ES

Post atualizado em 19 de agosto de 2016
Associação das Paneleiras de Goiabeiras - ES

Panelas de barro - Associação das Paneleiras de Goiabeiras - ES

Por Daniela Almeida


Um homem está amassando argila com os pés. Uma mulher está usando essa argila para moldar - com as mãos e sem ajuda de nenhuma máquina - algumas peças. Outra está lixando e polindo uma panela de barro ou uma travessa. E ainda tem outra mulher que está passando tinta nestas peças. Ao lado, em uma área fora do galpão, algumas pessoas - homens e mulheres - estão queimando panelas, bules e assadeiras em uma fogueira. O cheiro é forte - cheiro de queimado - e a fumaça é densa. 

Associação das Paneleiras de Goiabeiras - ES
Paneleira molda, manualmente, um tacho de barro
Associação das Paneleiras de Goiabeiras - ES
Do lado de fora, as panelas prontas são queimadas em fogueiras

Esse é apenas mais um dia de trabalho das pessoas que fabricam as tradicionais panelas de barro capixabas. Elas fazem parte da Associação das Paneleiras de Goiabeiras, formada, em sua maioria, por mulheres, no bairro Goiabeiras, em Vitória.

Cerca de 120 famílias vivem, atualmente, deste ofício, que utiliza técnicas centenárias passadas de geração em geração.

Patrimônio Imaterial

Ícone da cultura capixaba, as panelas de barro foram as primeiras a serem registradas como Patrimônio Imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 2002. 

No Espírito Santo, elas são feitas, artesanalmente, pelas Paneleiras da Goiabeira, que "cozinham" o molde de barro em fogueiras a lenha, sem auxílio do forno. Depois dos moldes prontos, feitos, manualmente, com argila da mesma procedência, eles são secos ao sol, polidos, queimados e, por fim, recebem tintura de tanino para serem impermeabilizados.

A coloração escura das panelas é decorrente da casca de uma árvore que é colocada de molho, por três dias, em água doce.

De acordo com dados do Iphan, todo esse processo de produção mantém todas as mesmas características empregadas há mais de 400 anos pelos índios Tupi-guarani e Una, antes deles sofrerem as influências europeia e africana.

Associação das Paneleiras de Goiabeiras - ES

Associação das Paneleiras de Goiabeiras - ES

Em Vitória, as artesãs - coordenadas pela Associação das Paneleiras, fundada em 1987 - trabalham em um galpão, onde elas podem fabricar e vender as peças.

Associação das Paneleiras de Goiabeiras - ES


Nós estivemos lá em abril de 2015 e acompanhamos de perto todo o processo e a tradição de fabricação das peças, que é, predominantemente, feminina e passada de geração em geração.

video


Durante essa visita, compramos duas panelinhas pequenas por R$ 10. Tem de vários tamanhos, formatos (travessas, potes, bules, assadeiras e, é claro, as panelas) e preços.

Associação das Paneleiras de Goiabeiras - ES


As panelas de barro são os souvenirs mais procurados no estado e dão um toque especial aos pratos típicos, como a famosa moqueca capixaba.

Associação das Paneleiras de Goiabeiras - ES
Moqueca capixaba e acompanhamentos servidos em legítimas panelas de barro

Associação das Paneleiras de Goiabeiras - ES
Essa "panelinha" fica logo na entrada do galpão

Associação das Paneleiras de Goiabeira 

Endereço: Rua das Paneleiras, 55 - Goiabeiras Velha - Vitória - Espírito Santo.
Telefone: +55 27 3327-0519



Parceria
O D&D Mundo Afora conheceu a Associação das Paneleiras de Goiabeiras através da parceria com a Deni Táxi, que não nos cobrou o transfer e até o local. Apesar disso, as informações, opiniões e avaliações aqui relatadas são inteiramente pessoais e refletem as reais experiências vivenciadas pelas integrantes do blog, sejam elas positivas ou negativas.


Nenhum comentário:
Postar um comentário

Topo da página

Receba nossas novidades em primeira mão

BAIXE GRÁTIS TAG's DE MALA PERSONALIZADAS