16 de maio de 2019
Textual description of firstImageUrl

O que fazer em Santiago: 50 atrativos

Post atualizado em 20 de agosto de 2019
O que fazer em Santiago: 48 atrativos

O que fazer em Santiago: 50 atrativos

Por Daniela Almeida

Fundada em 1541 por Pedro de Valdivia, hoje Santiago, capital do Chile, é uma supercidade com mais de cinco milhões de habitantes. A cidade é linda e um dos seus vários charmes, é estar envolta pelas gigantescas Cordilheira dos Andes. É impressionante ver de perto.

Receba nossas atualizações

(Não se esqueça que é preciso confirmar a inscrição para receber nossos e-mails)

Nós estivemos em Santiago, pela primeira vez, em abril de 2019. Na ocasião, fizemos um roteiro de oito dias.

Por isso, neste post, vamos fazer uma lista com 50 atrativos imperdíveis para você aproveitar tudo que a cidade pode oferecer.

Além destas atrações na capital, ainda existem vários outros passeios (que você tem que fazer) para regiões no entorno, como visitar Embalse el Yeso em Cajón del Maipo, Valparaíso, Viña del Mar, Valle Nevado e outros.

Confira ao final deste post mais informações sobre essas atividades.



O que preciso saber para visitar Santiago

Cidade: a região metropolitana de Santiago está dividida em 26 distritos. Desse total, 11 ficam fora da parte central. Todos eles possuem um prefeito.
Visto: Primeira coisa, NÃO PRECISA DE VISTO para viajar para o Chile e outros países da América do Sul. Basta apresentar a carteira de identidade que (ATENÇÃO) deve ter, no máximo, dez anos e estar em boas condições.
Moeda: a moeda local é o Peso Chileno. Em abril de 2019, a cotação era 1 real: 175 pesos. Na época da nossa viagem, a melhor opção foi levar Real e trocar pelo peso lá. Trocamos na  Calle Agustinas, que é onde tem um número maior de casas de câmbio com os melhores preços.

Aproveite para ler também:


Onde ficar em Santiago, no Chile

Antes de mostrar o que fazer em Santiago, selecionamos 10 opções de hospedagens na cidade. Elas estão avaliadas como muito boa/fabulosa/fantástica.

Hotel Magnolia: avaliação - 9,3 (fantástico) 
The Hip Santiago Hotel: avaliação - 9,1 (fantástico) 
Hotel Los Españoles Plus: avaliação - 9,1 (fantástico) 
The Ritz-Carlton, Santiago: avaliação - 9,1 (fantástico) 
Hyatt Centric Las Condes Santiago: avaliação -  9,0 (fantástico) 
LQ Hotel By La Quinta Santiago Aeropuerto: avaliação - 9,0 (fantástico) 
Park Plaza Bonaparte Boutique: avaliação 8,8 (fabuloso)
Hotel Luciano K: avaliação - 8,8 (fabuloso) 
Hotel Casa Zañartu: avaliação - 8,7 (fabuloso) 
Hotel Gran Palace: avaliação - 8,2 (Muito bom) 
| Confira as outras opções de hospedagem em Santiago.
| Nós ficamos no Hotel Gran Palace. Ele está muito bem localizado no centro em uma rua só para pedestres. Fica atrás da rua Agustinas e do Palácio de la Moneda. Ao lado da Calle Bandera, a rua colorida de Santiago. E pertinho da Plaza das Armas.
As melhores hospedagens com os menores preços

Procurando por hotéis, hostels, pousadas ou resorts? Faça sua pesquisa no Booking e no Hotéis.com. Nos dois buscadores, você encontra as melhores opções, com os menores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.

| Dica extra: confira outras dicas do que fazer no Chile no inverno no post do blog Foco no Mundo.

O que fazer em Santiago, no Chile

1 - Parque Metropolitano de Santiago - Parquemet
Maior parque público de Santiago com 720 hectares. Abriga trilhas, mirantes, o Cerro de San Cristóbal, o santuário Imaculada Conceição, o Zoológico nacional, jardim japonês, jardim botânico Mapulemu, outros jardins, viveiros, centro culturais, ciclovias, duas piscinas municipais (Tupahue e Antilén) e restaurantes.

Parque Metropolitano de Santiago - Parquemet - o que fazer em Santiago
Parque Metropolitano de Santiago - Parquemet - o que fazer em Santiago



Funciona: todos os dias
Endereço: Pio Nono, 450 - Bellavista
Valor: gratuito

2 - Piscinas municipais Tupahue e Antilén
Duas piscinas municipais localizadas dentro do Parque Metropolitano de Santiago, em uma pedreira abandonada. Elas só funcionam no verão.

A Tupahue foi inaugurada em 1966 e mede 82 metros de comprimento e 25, de largura. Ela é declarada Monumento nacional do Chile.

Piscina pública Tupahue - o que fazer em Santiago
Piscina pública Tupahue - o que fazer em Santiago


Já a Antilén foi aberta em 1976. Ela mede 92 metros de comprimento e 25, de largura. Além disso, acomoda cerca de 1500 pessoas.

Funciona: de terça a domingo - das 10 às 17:30 horas - somente no verão
Endereço: Parque Metropolitano
Valor: Tupahue (6 mil pesos) e Antilén (7500 pesos). Idosos e crianças pagam 3500 e 4000 pesos respectivamente. 

Internet ilimitada em 210 países

Viaje para 210 países com plano de dados ilimitados da EasySim4u. Com o chip, você já chega no destino conectado, mantém seu número de WhatsApp e pode acessar a internet e suas redes sociais tranquilamente durante o período de sua viagem. E você ainda pode escolher: frete grátis usando o cupom RBBVGRATIS ou ganhar 10% de desconto com o cupom DDMUNDOAFORA10.


3 - Jardim Japonês
Localizado dentro do Parque Metropolitano de Santiago, foi construído em 1978 e reaberto em 1997 com presença do príncipe japonês Hitachi. É decorado com cerejeiras, azaleias, flor de lótus, japonica acer, entre outras espécies.

Funciona: de terça a domingo - das 10 às 19 horas
Endereço: Parque Metropolitano
Valor: gratuito

4 - Cerro San Cristóbal
Montanha de 880 metros localizado dentro do Parque Metropolitano de Santiago. É o segundo ponto mais alto da cidade (o primeiro é o Cerro Renca).

No pico tem um santuário dedicado à Imaculada Conceição (com uma estátua da santa de 22 metros), anfiteatro e capela. Este é considerado o principal templo católico de Santiago.

Santuário Imaculada Conceição no Cerro San Cristóbal - o que fazer em Santiago
Santuário Imaculada Conceição no Cerro San Cristóbal - o que fazer em Santiago


O acesso ao Cerro pode ser feito a pé nas trilhas, de carro/bike, de funicular ou de teleférico. De funicular são dez minutos.

Funicular no Cerro San Cristóbal - o que fazer em Santiago
Funicular no Cerro San Cristóbal - o que fazer em Santiago


Funciona: Funicular: terça a domingo - das 10 às 18:45 (Inverno) e das 10 às 19:45 (verão) | Segunda - das 13 às 18:45 (inverno) e das 13 às 19:45 (verão)
Endereço: Pio Nono, 450 - Bellavista
Valor:
A pé ou bicicleta: gratuito
Funicular (ida e volta): segunda a sexta - 2.000 pesos | final de semana - 2.600 pesos
Funicular (ida e volta) - idosos: segunda  sexta - 1.500 pesos | final de semana: 1.950 pesos
Funicular (ida e volta) + teleférico (ida e volta): segunda a sexta - 4.700 pesos | final de semana - 5.850 pesos

Preços do Funicular no Cerro San Cristóbal - o que fazer em Santiago
Preços do Funicular no Cerro San Cristóbal - o que fazer em Santiago


5 - Teleférico
Fechado por mais de seis anos, desde o terremoto de 2010 em Santiago, o teleférico também é uma maneira de subir até o Cerro San Cristóbal, além de ser atrativo turístico da cidade.

Com 46 cabines (comporta até seis pessoas em cada uma), percorre 4,8 quilômetros e passa por três estações (Oasis, Tupahue e Cumbre).

O passeio e muito bacana e a vista lá de cima é linda. Vale muito a pena.

Teleférico no Cerro San Cristóbal - o que fazer em Santiago
Teleférico no Cerro San Cristóbal - o que fazer em Santiago
Passeando no Teleférico no Cerro San Cristóbal - o que fazer em Santiago
Passeando no Teleférico no Cerro San Cristóbal - o que fazer em Santiago


Atenção que a entrada do teleférico fica do lado contrário a do funicular.




Funciona: terça a domingo - das 10 às 18:45 (Inverno) e das 10 às 19:45 (verão) 
Endereço: avenida El Cerro
Valor: 
Teleférico (ida e volta): segunda a sexta - 2.700 pesos
Teleférico (ida e volta) - idosos: segunda  sexta - 1.760 pesos
Funicular (ida e volta) + teleférico (ida e volta): segunda a sexta - 4.700 pesos | final de semana - 5.850 pesos

Seguro Viagem com 10% de desconto 

Vai viajar? Não importa se vai ficar no Brasil ou vai para o exterior. O Seguro Viagem é um item muito importante e até obrigatório, no caso da viagem ser para Europa. Faça sua cotação e escolha a seguradora que melhor se adéqua ao seu perfil. Na Seguros Promo, leitor do D&D tem 10% de desconto: 5% na contratação com o cupom DEDMUNDOAFORA5 + 5% pagando no boleto. Se preferir, ainda pode pagar em até 12x no cartão de crédito.


6 - Zoológico Nacional
Localizado no Parque Metropolitano e criado em 1925, abriga mais de mil animais de quase 200 espécies. São flamingos, tigre branco, canguru, girafas, macacos e outros de várias partes do mundo. Para quem estiver subindo de funicular, é preciso descer na metade do caminho.

Funciona: de terça a domingo - das 10 às 17 hora (inverno) e das 10 às 18 horas (verão)
Endereço: Parque Metropolitano
Valor: 4 mil pesos (idosos e crianças pagam metade)

7 - Museu La Chascona (casa de Pablo Neruda)
Museu que funciona na casa onde o poeta e ganhador do Nobel de Literatura Pablo Neruda morou com sua terceira esposa. É uma das três casas museus em homenagem ao poeta chileno. As outras duas ficam em Valparaíso (nos visitamos) e em El Quisco.

Neruda começou a construir a casa em 1953 para abrigar sua então amante secreta Matilde Urrutia, conhecida como "La Chascona" por conta de seu cabelo em tom vermelho. Daí o porquê a casa ter esse nome. O poeta mudou-se para a casa em 1955 quando se separou de sua esposa.

Hoje, a casa abriga obras de artes, esculturas em madeira africana, móveis, louças e objetos pessoais de Neruda e La Chascona.

Funciona: de terça a domingo - das 10 às 18 horas
Endereço: Fernando Márquez de la Plata, 192 - Bellavista
Valor:  7 mil pesos

8 - Cerro Santa Lúcia
Localizado no centro de Santiago, é uma montanha de 69 metros de altura dentro de um parque urbano. A área conta com praças, fontes, lojas, lanchonete e mirante. Para conhecer o local, é preciso subir várias escadas assim que passa pelo portão de entrada.

Cerro Santa Lúcia - o que fazer em Santiago
Cerro Santa Lúcia - o que fazer em Santiago


Funciona: todos os dias - das 9 às 19 horas
Endereço: Avenida Libertador O'Higgins - perto da estação Santa Lúcia do metrô
Valor: gratuito

9 - Feira de Santa Lúcia
Feira de artesanato e produtos típicos, como roupas, couros, artigos de decoração, souvenirs, comidas, sucos (muito comuns em Santiago), entre outros. Está localizada em frente ao Cerro de Santa Lúcia e tem vários corredores.

Feira de Santa Lúcia - o que fazer em Santiago
Feira de Santa Lúcia - o que fazer em Santiago
Barraca de sucos na Feira de Santa Lúcia - o que fazer em Santiago
Barraca de sucos na Feira de Santa Lúcia - o que fazer em Santiago


Funciona: todos os dias - das 9 às 21 horas
Endereço: Avenida Libertador O'Higgins S/N
Valor: gratuito

10 - Palácio de la Moneda
Sede do governo chileno desde 1845. Foi projetado para abrigar inicialmente a Casa da Moeda que funcionou por 15 anos desde 1805. O prédio em estilo neoclássico italiano é datado de 1784, o mais importante da cidade.

Palácio de la Moneda - o que fazer em Santiago
Palácio de la Moneda - o que fazer em Santiago

Parte traseira do Palácio de la Moneda - o que fazer em Santiago
Parte traseira do Palácio de la Moneda - o que fazer em Santiago


É possível fazer um tour gratuito (em espanhol ou inglês) pelas salas e pátios do Palácio. Para isso, é necessário realizar agendamento por e-mail em um dos quatro tours diários. Basta preencher um formulário disponível no site do Palácio.

Além da parte interna, o Palácio abriga um centro cultural com galerias e sala de exposição, café, restaurante e loja de presentes. O centro fica na parte inferior.

Funciona: de segunda a sexta - tours em horários agendados
Endereço: Plaza de La Ciudadania - Avenida Libertador Bernardo O'Higgins - Modena, S/N
Valor: gratuito (visita guiada ao Palácio com agendamento prévio)

Alugue um carro e tenha liberdade 

Para ter liberdade nas viagens tanto no Brasil quanto no exterior, contar com um carro à disposição pode ajudar muito, principalmente se estiver viajando com idosos ou crianças. Na RentCars, você pode alugar um carro nas melhores locadoras do mundo, pagar em Real e ainda parcelar em até 12x sem juros no cartão.


11 - Troca da guarda
Em frente ao Palácio Là Moneda acontece a troca da guarda desde 1851. A cerimônia é realizada a cada dois dias às 10 horas e dura cerca de 30 minutos.

Troca da guarda em frente ao Palácio de la Moneda - o que fazer em Santiago
Troca da guarda em frente ao Palácio de la Moneda - o que fazer em Santiago


Para saber os dias da apresentação, o Governo tem uma regrinha bem fácil:
- Janeiro, abril, maio, agosto, novembro e dezembro - dias pares
- Fevereiro, março, junho, julho, setembro e outubro - dias impares

Nós visitamos em abril.

Funciona: a cada dois dias - de acordo com  regra dos dias pares e ímpares
Endereço: Plaza de La Ciudadania - Avenida Libertador Bernardo O'Higgins - Modena, S/N
Valor: gratuito 


12 - Centro Cultural La Moneda
Localizado no subsolo do Palácio de La Moneda, abriga salas para exposições permanentes e temporárias, laboratório digital para restauração de filmes, cinema, cafés, restaurante e lojas.

Oferece oficinas para crianças e visitas guiadas gratuitas. O Centro Cultural foi inaugurado em 2006 com 7.200 mil metros quadrados.

Centro Cultural La Moneda - o que fazer em Santiago
Centro Cultural La Moneda - o que fazer em Santiago

Entrada do Centro Cultural La Moneda - o que fazer em Santiago
Entrada do Centro Cultural La Moneda - o que fazer em Santiago


Funciona: de segunda a sexta - das 9 às 19 horas
Endereço: Plaza de La Ciudadania - Avenida Libertador Bernardo O'Higgins - Modena, S/N
Valor: 5 mil pesos (idosos e estudantes pagam metade).
Obs.: entrada gratuita até o meio-dia.

13 - Praça de la Constituicion
Praça onde está localizado o Palácio de la Moneda. Abriga as estátuas de alguns presidentes chilenos. É muito charmosa, arborizada e tem fonte e bancos ao redor. É onde também acontece a troca da guarda.

Plaza de la Constituicion - o que fazer em Santiago
Plaza de la Constituicion - o que fazer em Santiago

Fonte na Plaza de la Constituicion - o que fazer em Santiago
Fonte na Plaza de la Constituicion - o que fazer em Santiago

Plaza de la Constituicion - o que fazer em Santiago
Plaza de la Constituicion - o que fazer em Santiago

Funciona: todos os dias
Endereço: Plaza de la Constituicion
Valor: gratuita

14 - Plaza de Armas
A praça surgiu junto com o nascimento da cidade em 1541. Abriga importantes prédios históricos como a Catedral de Santiago, o Correio Central, o Palácio Real da Audiência (onde estão o Museu de História Nacional) e a Sede do Governo de Santiago.

Mas a praça também tem galerias com lojas para vendas de produtos típicos, restaurantes e cafés.

Plaza de Armas - o que fazer em Santiago
Plaza de Armas - o que fazer em Santiago


Ela é bem arborizada e abriga ainda o famoso letreiro da cidade, uma fonte, além de um mapa no chão, marcando o marco zero.

Catedral na Plaza de Armas - o que fazer em Santiago
Catedral na Plaza de Armas - o que fazer em Santiago
Marco zero de Santiago - o que fazer em Santiago
Marco zero de Santiago - o que fazer em Santiago

Letreiro de Santiago - o que fazer em Santiago
Letreiro de Santiago - o que fazer em Santiago


Funciona: todos os dias
Endereço: Plaza de Armas
Valor: gratuito

15 - Catedral Metropolitana de Santiago
Inaugurada em 1800 em estilo neoclássico, a catedral é o quinto templo erguido no local desde a fundação da cidade.

Catedral Metropolitana de Santiago - o que fazer em Santiago
Catedral Metropolitana de Santiago - o que fazer em Santiago

Interior da Catedral Metropolitana de Santiago - o que fazer em Santiago
Interior da Catedral Metropolitana de Santiago - o que fazer em Santiago

Catedral Metropolitana de Santiago - o que fazer em Santiago
Catedral Metropolitana de Santiago - o que fazer em Santiago


É uma igreja muito bonita e abriga ainda uma capela em seu interior.

Capela no interior da Catedral Metropolitana de Santiago - o que fazer em Santiago
Capela no interior da Catedral Metropolitana de Santiago - o que fazer em Santiago


Funciona: todos os dias - Segunda (abre às 11 horas), de terça a sábado (abre às 10 horas), domingo (abre às 9 horas)
Missas: Segunda a sábado (12:30 horas e 19 horas) | Domingo (9:45 horas, 11 horas, 12 horas e 19 horas)
Endereço: Plaza de Armas
Valor: gratuito

16 - Museu Histórico Nacional
Museu inaugurado em 1982 que conta a história do Chile desde o período pré-colombiano até a ditadura chilena. Está localizado em um prédio do início do século 19.

O museu tem um acervo com mais de 1600 peças distribuídas em 18 salas temáticas, como "os primeiros habitantes do Chile", "O colapso do Império", "a grande sala de crise", entre outras.

Porém, o museu está fechado de forma permanente.

Museu Histórico Nacional - o que fazer em Santiago
Museu Histórico Nacional - o que fazer em Santiago

Endereço: Plaza de Armas, 951


17 - Museu Postal e Telegráfico
Criado em 1949, está instalado no prédio dos Correios de Santiago. Possui cinco salas (quarto de Pedro Valdivia, Filatélica, Postal, telegráfica e coleção temporária da Galeria Filatélica), onde estão distribuídas as coleções de filatélia, carimbos postais, cartas, além de objetos como telégrafos antigos. Um deles é o transceptor de 1853.

Museu Postal e Telegráfico - o que fazer em Santiago
Museu Postal e Telegráfico - o que fazer em Santiago


Funciona:  de segunda a sexta - das 9 às 17:30 horas
Endereço: Plaza de Armas
Valor: gratuito

18 - Mercado central
Foi inaugurado em 1872 e declarado Monumento Histórico em 1984 por estar em um prédio histórico. Abriga centenas de barracas com diversos produtos entre frutas, verduras, legumes, artesanatos, carnes e outros produtos típicos. Também tem alguns restaurantes.

Mercado Central - o que fazer em Santiago
Mercado Central - o que fazer em Santiago


Funciona: de segunda a sexta - das das 6 às 17 horas | sexta - das 6 às 20 horas | sábado - das 6 às 18 horas | domingo - das 6 às 17 horas
Endereço: San Pablo, 967
Valor: gratuito

19 - Costanera Center
Centro comercial de Santiago com mais de 300 espaços distribuídos em quatro prédios, sendo um deles o Sky Costanera com 300 metros de altura e o mais alto da América latina.

Quem se interessar, vai encontrar lojas de departamentos, escritórios, supermercados, casa de câmbio, cinema, praça de alimentação, shopping (o maior da cidade e o segundo, da América Latina com seis andares) e até hotéis.

Costanera Center - o que fazer em Santiago
Costanera Center - o que fazer em Santiago


Funciona: todos os dias - das 8:30 às 00:30 (cada local possui um horário diferenciado)
Endereço: Avenida André Bello 2425 - Providencia
Valor: gratuito

20 - Sky Costanera
É o prédio mais alto da América Latina com 300 metros de altura (62 andares) e inaugurado em 2015. Localizado no topo do prédio Gran Torre Santiago (junto ao Costanera Center), possui um mirante 360 graus que dá para ver toda a cidade e a Cordilheira dos Andes.

Sky Costanera - o que fazer em Santiago
Sky Costanera - o que fazer em Santiago

Letreiro do Sky Costanera - o que fazer em Santiago
Letreiro do Sky Costanera - o que fazer em Santiago


A entrada do prédio fica dentro do shopping Costanera, no subsolo.

Entrada do Sky Costanera no subsolo do shopping - o que fazer em Santiago
Entrada do Sky Costanera no subsolo do shopping - o que fazer em Santiago


O Sky tem 62 andares. O elevador vai até o 61º e demora 50 segundos para chegar até lá. Depois, é preciso subir a escada rolante para ir até o mirante, onde o teto é aberto.

A dica é subir no final do dia para assistir ao pôr do sol. Às sextas-feiras, é servida taça de espumante ou vinho para os visitantes.

Pagando de rica no alto do Sky Costanera  - o que fazer em Santiago
Pagando de rica no alto do Sky Costanera  - o que fazer em Santiago

Pôr do Sol visto do alto do Sky Costanera  - o que fazer em Santiago
Pôr do Sol visto do alto do Sky Costanera  - o que fazer em Santiago


Funciona: todos os dias (inclusive feriado) - das 10 às 22 horas (última subida às 21 horas)
Endereço: Avenida Andrés Bello 2457 - Providência
Valor: 15 mil pesos

21 - Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana
Localizado em um prédio datado de 1800, abriga um acervo com mais de dois mil objetos do período pré-colombiano do Chile e de várias partes do mundo. Entre eles, roupas, cerâmicas e esculturas. Foi inaugurado em 1981 e tem três andares.

Museu Chileno de Arte-Colombiana - O que fazer em Santiago
Museu Chileno de Arte-Colombiana - O que fazer em Santiago

Exposição no Museu Chileno de Arte-Colombiana - O que fazer em Santiago
Exposição no Museu Chileno de Arte-Colombiana - O que fazer em Santiago


Funciona: de terça a domingo - das 10 às 18 horas
Endereço: Bandera, 361
Valor: 7 mil pesos (gratuito no primeiro domingo do mês)

22 - Praça Baquedano ou Praça Itália
É a praça onde os chilenos costumam realizar celebrações ou manifestações. Também simboliza a divisa entre os bairros mais ricos e os mais pobres.

Praça Baquedano - o que fazer em Santiago
Praça Baquedano - o que fazer em Santiago


Funciona: todos os dias
Endereço: Praça Baquedano - Providência
Valor: gratuita

23 - Parque Araucano
Parque de 22 hectares com várias atrações para toda família. Tem brinquedos para crianças, parquinho, pistas de skate, patinação e ciclismo, jardim, café, restaurante, quadras de futebol e basquete, academia, centro de eventos e o parque KidZania.

Funciona: todos os dia s- das 6 às 21 horas
Endereço: Avenida Pdte Riesco, 5877 - Las Condes
Valor: gratuito

24 - Parque Bicentenário
Com 27 hectares e uma homenagem ao bicentenário de Santiago, o parque conta com extensa área verde com mais de quatro mil árvores (1300 são nativa). Também tem espaços para ginástica, restaurante, lagoa e algumas aves como flamingo, cisne do pescoço preto e garças.

Dá até para comprar ração para alimentar peixes e pássaros.

Parque Bicentenário - o que fazer em Santiago
Parque Bicentenário - o que fazer em Santiago

Flamingos no Parque Bicentenário - o que fazer em Santiago
Flamingos no Parque Bicentenário - o que fazer em Santiago

É um parque muito charmoso. Tem até cadeiras para descansar com guarda-sol.

Parque Bicentenário - o que fazer em Santiago
Parque Bicentenário - o que fazer em Santiago


Funciona: todos os dias
Endereço: Avenida Bicentenário, 3800.
Valor: gratuito

25 - Parque Florestal
Mais um parque de Santiago criado no século 19 e bastante arborizado. É um dos preferidos dos chilenos. Abriga os museus Nacional de Belas Artes e de Arte Contemporânea. Além disso, conta com playground, fonte, jardins, restaurante e até casinhas para cães.

Funciona: Todos os dias
Endereço: Parque Florestal - centro
Valor: gratuito

26 - Museu de Arte Contemporânea de Santiago
Inaugurado em 1947 no Parque Quinta Normal, o museu abriga mais de dois mil objetos, entre fotografias, gravuras, documentos, esculturas e pinturas latino-americanas.

Na verdade, as obras estão divididas em dois prédios. Um que fica no Parque Quinta Normal, conhecido como Palácio de Versalhes ou El Partenón, e outro no Palácio de Belas Artes, no Parque Florestal, onde foi transferido em 1974.

Funciona: de terça a sábado - das 11 às 19 horas | Domingo - das 11 às 18 horas
Endereço: José Miguel de la Barra, 650 - Parque Florestal
Valor: gratuito

27 - Museu Nacional de Belas Artes
Um dos mais antigos museus de artes da América Latina, fundado em 1880. O Museu abriga um acervo com mais de cinco mil pelas, entre pinturas, esculturas, gravuras, desenhos, fotografais e outros itens do Chile e de outros países. Tem ainda biblioteca de artes visuais com mais de cem mil volumes.

O prédio onde está o museu foi declarado Monumento Nacional em 1976.

Funciona: de terça a domingo - das 10 às 18:45 horas
Endereço: José Miguel de la Barra, 650 - Parque Florestal
Valor: gratuito

28 - Centro Cultural Gabriela Mistral
Foi inaugurado em 2010 para abrigar manifestações artísticas, como música, teatro, fotografia e exposições. Está localizado em um edifício datado de 1972 para sediar a conferência das Nações Unidas. Ao todo, o prédio tem 22 mil metros quadrados com dez salas para dança, teatro, música, circo, artes visuais e conferências. Também tem biblioteca e estúdio de gravação.

Funciona: de segunda a sexta - das 10 às 18 horas | Sábado e domingo - das 13 às 17 horas
Endereço: Avenida Libertador Bernardo O'Higgins, 227
Valor: varia de acordo com o evento (biblioteca e as salas de Artes Visuais e Arte Popular Americana - gratuito)

29 - Centro Artesanal Los Dominicos
Espaço construído na década de 70 com mais de cem lojinhas com venda de diversos produtos típicos, artesanatos, roupas, joias, entre outros. O centro fica dentro de um parque com lago, viveiro, tanque de peixe e restaurante.

Funciona: terça a domingo - das 10:30 às 19 horas (inverno) e 20 horas (verão)
Endereço: Apoquindo 9085 - Las Condes
Valor: gratuito

30 - Igreja de São Francisco
Igreja franciscana instalada em um dos edifício mais antigos da era colonial de Santiago. Foi consagrada, pela primeira vez, em 1622. Partes da estrutura sofreram danos em terremotos.

Igreja de São Francisco - o que fazer em Santiago
Igreja de São Francisco - o que fazer em Santiago

Altar da Igreja de São Francisco - o que fazer em Santiago
Altar da Igreja de São Francisco - o que fazer em Santiago

Exterior da Igreja de São Francisco - o que fazer em Santiago
Exterior da Igreja de São Francisco - o que fazer em Santiago


É nesta igreja que fica a imagem da padroeira de Santiago, a Virgem de Socorro, trazida do Peru pelo fundador da cidade, Pedro Valdivia.

Funciona: de segunda a sexta - das 9 às 13 horas e das 16 às 20 horas
Missas: segunda (8 horas), terça a sábado (8 horas, 10 horas, 12 horas e 19:30 horas), domingo (9 horas, 10:30 horas, 12 horas, 13:15 horas e 19:30 horas
Endereço: Avenida LiIbertador Bernardo O'Higgins, 816
Valor: gratuito

31 - Museu Colonial São Francisco
Museu histórico, cultural e religioso localizado ao lado da igreja de São Francisco, nas instalações do convento. Abriga um acervo com pinturas, móveis, esculturas e objetos do período colonial chileno e sobre São Francisco.

Museu Colonial São Francisco - o que fazer em Santiago
Museu Colonial São Francisco - o que fazer em Santiago

Fachada do Museu Colonial São Francisco - o que fazer em Santiago
Fachada do Museu Colonial São Francisco - o que fazer em Santiago

Funciona de segunda  sexta - das 9:30 às 13:30 horas e das 15 às 18 horas | sábado e domingo - das 10 às 14 horas
Endereço: Avenida Libertador Bernardo O'Higgins, 816
Valor: 1000 pesos (idosos pagam metade)

32 - Museo Interactivo Mirador
Museu de ciências interativo inaugurado em 2000 dentro do Parque Brasil. Possui experiências voltadas para som, luz, mineração, robótica, física, química, entre outras. Lá dentro é possível saber como se formam terremotos e tsunamis. A sala do terremoto é a principal.

Funciona: de terça a domingo - das 9:30 às 18:30 horas
Endereço: Avenida Punta Arenas, 6711 - La Granja
Valor: 4 mil pesos

33 - Teatro Municipal de Santiago
Inaugurado em 1857, é o teatro de ópera mais importante de Santiago. Apesar de ter passado por terremoto e incêndio, foi reformado e preserva suas características originais.

Funciona (bilheteria): de segunda a sexta - das 10 às 19 horas | Sábado e domingo - das 10 às 14 horas
Endereço: Rua Agustinas, 794 - Santiago
Valor: varia conforme o espetáculo

34 - Parque Quinta Normal
Fundado em 1842 em estilo francês, é um parque com 36 hectares, 4200 árvores e muito verde. Ele tem ainda lago, pedalinho, fonte, brinquedos e quadras de esportes. Abriga ainda cinco museus: Museu Nacional de História Natural, Museu Ferroviário, Museu de Ciência e Tecnologia, Museu de Arte Contemporânea (uma das duas unidades) e  Museu da Memória e dos Direitos Humanos

Funciona: todos os dias
Endereço: Matucana, 520
Valor: gratuito

35 - Museu Nacional de História Natural do Chile
Fundado 1830 no Parque Quinta Normal, é um dos três museus nacionais do Chile (os outros dois são o de Belas Artes e o Histórico Nacional). Também é o museu mais antigo da América do Sul.

Sua coleção é formada por objetos ligados à botânica, mineração, arqueologia e outras áreas. Entre as peças em exposição, têm esqueleto de uma baleia azul de 17 metros, insetos, fósseis marinhos, réplicas de animais e as 15 múmias Chinchorro que são as mais antigas do mundo com 7400 anos de idade (mais velhas que as do Egito).

Funciona: de terça a sábado - das 10 às 17 horas | domingo - das 11 às 17:30 horas
Endereço: Parque Quinta Normal
Valor: gratuito

36 - Museu da Memória e dos Direitos Humanos
Museu inaugurado em 2010 que conta um pouco da história das ações contra os direitos humanos no Chile entre 1973 e 1990, período de ditadura. 

Tem documentos, fotos, matérias jornalísticas, depoimentos, entre outros itens que resgatam a memória daqueles que foram executados após o fatídico 11 de setembro de 1973. Naquela data, o Palácio de la Moneda foi bombardeado e  o então presidente Salvador Allende, assassinado.

Funciona: de terça domingo - das 10 às 18 horas 
Endereço: Matucana, 501 - Quinta Normal
Valor: gratuito

37 - Museu de Ciência e Tecnologia
Dentro do Parque Quinta Normal, o museu foi inaugurado em 1985. Reúne acervo interativo sobre telecomunicações, astronomia, mecânica e outros assuntos afins.

Funciona: de terça a sexta - das 10 às 17:30 horas | Sábado, domingo e feriado - das 11 às 17:30 horas
Endereço: Matucana, 536 - Parque Quinta Normal
Valor: 800 pesos (idosos pagam metade)

38 - Museu Ferroviário
Museu a céu aberto dentro do parque Quinta Normal. Seu acervo é composto por 16 locomotivas, entre elas uma inglesa (La Trasandina) construída em 1909. Ela fazia o trajeto entre o Chile e a Argentina, via Mendoza, atravessando a Cordilheira dos Andes entre 1911 e 1971. Durante o passeio é possível entrar em uma locomotiva e assistir a um documentário sobre a história da ferrovia.

Funciona: todos os dias - das 11 às 19 horas 
Endereço: Parque Quinta Normal
Valor: 800 pesos

39 - Museu de la Moda
Museu inaugurado em 2007 em uma mansão reformada. Seu acervo possui mais de oito mil peças que contam a história das roupas desde o século XVII. Algumas peças são raras e foram vestidas por artistas, como Marilyn Monroe.

Funciona: de segunda a sexta - das 10 às 18 horas | sábado e domingo - das 11 às 19 horas
Endereço: Avenida Vitacura, 4562 - Vitacura
Valor: 3 mil pesos (idosos e crianças até 12 anos: gratuito)

40 - Museu Violeta Parra
Inaugurado em 2015, é um museu em homenagem à artista chilena Violeta Parra. Tem pinturas, documentos, cartazes e outros itens que contam a sua história e a de suas obras e exposições pelo mundo. Uma delas é a do Louvre, onde ela foi a primeira latino-americana a ter uma exposição individual em 1964.

Funciona: de terça a sexta - das 9 às 18 horas |sábado e domingo - das 11 às 18 horas
Endereço: Vivuña Mackenna, 37
Valor: gratuito

41 - Kidzania
É uma minicidade construída para crianças de até 14 anos. Tem bancos, lojas, empresas, supermercados, avião, hospitais e outros estabelecimentos onde a criança aprende a trabalhar. Lá dentro tem espaços para os pais ficarem ou comerem enquanto estão observando os filhos. Mas eles não podem participar das atividades.

Funciona: de terça a domingo - das 9 às 14 horas e das 16 às 20 horas
Endereço: Avenida Presidente Riesco, 5330 - Las Condes - Parque Araucano
Valor: entre 7950  a 17950 pesos (dependendo da idade)

42 - Museu Artequim
Museu interativo com exposição de pinturas, esculturas e outros objetos da arte ocidental.

Funciona: de terça a sexta - das 9 às 17 horas | Sábado, domingo e feriado - das 11 às 18 horas
Endereço: Avenida Portales, 3530, Estación Central
Valor: 1500 pesos

43 - Fantasilandia
Parque de diversões inaugurado em 1978 dentro do Parque O'Higgins. Conta com dezenas de brinquedos dos mais leves aos mais radicais, como montanha russa, toboágua, kamikaze, cinema 4D, carrossel, entre outros.

Funciona: sábado e domingo - das 12 às 20 horas
Endereço: Beaucheff, Parque O'Higgins
Valor: 14.990 pesos (idosos e crianças: 7990 pesos)

44 - Museu Parque de Las Esculturas
Museu a céu aberto no bairro Providência com cerca de 40 obras permanentes de artistas chilenos. Também tem uma sala com exposições temporárias. O museu foi criado em 1986 em uma área muito arborizada.

Funciona: todos os dias - das 10 às 19 horas
Endereço: Avenida Santa Maria, 2205 - Providência
Valor: gratuito

45 - Museu do Colo-Colo
Museu inaugurado em 2009 dentro do estádio Monumental. Abriga troféus dos campeonatos chilenos que foram conquistados pelo time Colo-Colo, taças e camisas. Além de visitar o museu, o estádio conta com passeios guiados para conhecer um pouco da trajetória do time.

Funciona: 
Museu: de terça a sexta - das 13 às 16:30 horas | Sábado - das 13 às 15 horas
Caminhada Monumental: de terça a sexta - das 14 às 15:30 horas | Sábado - às 14 horas
Endereço: Marathon, 5300 - Macul
Valor:
Museu + caminhada Monumental: 4 mil pesos (idosos e crianças pagam metade)

46 - Torre Entel
Torre de TV de 127 metros de altura e inaugurada em 1974. Por muitos anos, foi o prédio mais alto do Chile. Possui plataforma aberta para os visitantes observarem a cidade.

Torre Entel - o que fazer em Santiago
Torre Entel - o que fazer em Santiago


Funciona: todos os dias
Endereço: Amunátegui, 20


47 - Mercado de Artesanato Pueblito Los Dominicos
Mercado de artesanato localizado no bairro Las Condes com mais de 200 lojinhas. Fica em uma área que se assemelha a um típico povoado chileno. No mercado é possível comprar souvenir, roupas, couro, produtos de lã, comida, cerâmica, entre outros. Dizem que é um dos melhores lugares para comprinhas.

Funciona: de terça a domingo - das 10:30 às 19 horas
Endereço: Avenida Apoquindo, 9085 - Las Condes
Valor: gratuito

48 - Jardim Mapulemu
O Mapulemu (Bosque da Terra) é um Jardim botânico localizado dentro do Parque Metropolitano de Santiago com 4,5 hectares. Criado em 1983, possui cerca de 70 espécies de flora nativa. Lá dentro tem ainda um jardim com plantas medicinais e cascata.

Jardim Botânico Mapulemu no Parque Metropolitano - o que fazer em Santiago
Jardim Botânico Mapulemu no Parque Metropolitano - o que fazer em Santiago

Mapa do Jardim Botânico Mapulemu no Parque Metropolitano - o que fazer em Santiago
Mapa do Jardim Botânico Mapulemu no Parque Metropolitano - o que fazer em Santiago


Funciona: de terça a domingo - das 10 às 19 horas
Endereço: Parque Metropolitano de Santiago
Valor: gratuito

49 - Parque Aventura
Parque de experiências ao ar livre, pertinho do Cerro San Cristobal. Conta vária atividades como ponte de desafio, parede de escalada, tirolesa, salto em plataforma com queda livre e outras.

Funciona: de quarta a domingo - das 10 às 19 horas
Endereço: avenida El Cerro, 610 - Providencia
Valor (compra apenas on-line): a partir de 3900 pesos (valor varia conforme o número de atrações e dias da semana)

50 - Templo Bahá'í
Templo de fé da religião Bahá'í, inaugurado em 2016. O local tem o formato de uma flor e nove portas (cada uma em direção a uma parte do planeta). O espaço é aberto aos visitantes, Esta religião foi fundada em 1844 no atual Irã.

Funciona: de terça a sábado - das 15 às 19 horas | domingo - das 10 às 19 horas
Endereço: Diagonal Las Torres, 2000
Valor: gratuito



| Leia mais sobre esta viagem ao Chile nestes posts:
Diário de Bordo Chile: 8 dias em Santiago.
Roteiro Chile: 8 dias em Santiago e arredores.
Destino Chile: empresa de passeios no Chile.
O que fazer em Santiago: 49 atrativos.
Valle Nevado no verão: vale a pena?
Embalse el Yeso em Cajon del Maipo com piquenique.
Curtindo Ternas de Colina em Cajon del Maipo, Chile.
O que fazer em Viña del Mar em um dia.
O que fazer em Valparaíso em algumas horas.
Vinícolas Chilenas: Valle Casablanca e Concha y Toro.
Sky Costanera: maior prédio da América Latina.
Museu Chileno de Arte Pré-colombiana em Santiago.
Trocar dinheiro em Santiago: onde fazer câmbio.



VAI VIAJAR? Confira os serviços que vão facilitar sua viagem
➤ Reserve sua hospedagem em todo o mundo no BOOKING.COM ou no HOTEIS.COM
Compre suas passagens na DECOLAR, VIAJANET, ou na KLM
Compre pacotes de viagem com os melhores preços na DECOLAR, VIAJANET ou na CVC
Compre ingressos sem filas para atrações, passeios e serviços em todo o mundo na GET YOUR GUIDE
Faça seu seguro viagem com até 10% de desconto com a SEGUROS PROMO
Compre seu chip de celular e internet para usar em 210 países com a EASYSIM4U
Nenhum comentário:
Postar um comentário

Topo da página