29 de agosto de 2016
Textual description of firstImageUrl

Foz do Iguaçu (PR) - Mesquita Muçulmana

Post atualizado em 24 de abril de 2017
Mesquita Muçulmana Foz do Iguaçu

O que fazer em Foz do Iguaçu (PR) - Mesquita Muçulmana

Por Daniela Almeida
Embora Foz do Iguaçu, no Paraná, seja lembrada, primeiramente, pelas famosas Cataratas do Iguaçu (e elas são, realmente, espetaculares), a cidade possui diversas outras atrações que merecem uma visitinha. Uma delas, é a mesquita muçulmana Omar Ibn Al-Khatab.


Veja tudo que já publicamos sobre Foz do Iguaçu


Mesquita Muçulmana Foz do Iguaçu
O que fazer em Foz do Iguaçu - Mesquita Muçulmana de Foz do Iguaçu, Paraná

A mesquita está localizada na região central de Foz, foi inaugurada em 1983 e é um atrativo que faz parte de todo city tour básico pela cidade, que abriga a segunda maior colônia islâmica do Brasil e, proporcionalmente, a primeira, uma vez que São Paulo (a maior colônia) tem um número muito maior de habitantes. A presença de tanta gente muçulmana justifica, por exemplo, a criação de um Dia Municipal do Povo Muçulmano, em 12 de maio. 

Mesquita Muçulmana Foz do Iguaçu
Mesquita Muçulmana de Foz do Iguaçu, Paraná

Nós estivemos lá em julho de 2016, mas o templo islâmico estava fechado para reforma e, por isso, só conseguimos vê-lo por fora.

Mesquita Muçulmana Foz do Iguaçu
Mesquita Muçulmana de Foz do Iguaçu, Paraná


Mesmo assim, deu para perceber a sua grandiosidade, já que ela tem 15 metros de altura e suas torres podem ser avistadas de longe. Internamente, é decorada com figuras abstratas e quadros com versículos do Corão, o livro sagrado do Islã.

Mesquita Muçulmana Foz do Iguaçu
O que fazer em Foz do Iguaçu - Mesquita Muçulmana de Foz do Iguaçu, Paraná

Mesquita Muçulmana Foz do Iguaçu
O que fazer em Foz do Iguaçu - Mesquita Muçulmana de Foz do Iguaçu, Paraná


Instalada em um terreno de 600 metros quadrados, sua arquitetura foi inspirada na mesquita de Al-Aqsa, em Jerusalém, que é o segundo maior centro sagrado do islamismo. No local, ainda funcionam o Centro Cultural Beneficente Islâmico e a escola Árabe Brasileira.

Em dias de visita, segundo o nosso guia Daniel da Combo Iguassu (que realizou o city tour), é preciso seguir algumas regras para não desrespeitar o templo. Entre elas, entrar na mesquita sem os sapatos e estar vestido de calça ou bermuda abaixo do joelho (homens) e calça ou saia comprida (mulheres). No caso das mulheres, ainda é preciso usar um véu islâmico, que é fornecido pelos responsáveis.

Curiosidade - Omar Ibn Al-Khattab, que dá nome à Mesquita de Foz do Iguaçu, foi o segundo califa muçulmano, o mais poderoso dos califas bem guiados e um dos mais poderosos governantes muçulmanos (Wikipédia).

Para quem vai visitar a Mesquita, ainda pode aproveitar a oportunidade para provar alguns doces árabes. É que, logo em frente, tem uma tradicional doceria árabe - Albayan - com várias opções de folhados com recheios de nozes, pistache, amêndoas, entre outros. Nós não provamos nenhum, infelizmente, pois a loja estava cheia e não queríamos nos atrasar. Mas, pareciam bem gostosos. Os doces são vendidos por quilo (R$ 80 - em julho de 2016).

Doceria Árabe de Foz do Iguaçu
Doceria em frente à Mesquita Muçulmana de Foz do Iguaçu, Paraná


Na blogosfera:
O blog Matraqueando tem um post bacana sobre o roteiro árabe em Foz do Iguaçu, que inclui uma visita à Mesquita.

Mesquita Muçulmana de Foz do Iguaçu

Funciona: segunda a sexta - das 9 às 11:30 horas e das 14 às 16 horas | Sábado - das 9:30 às 11:30 horas
Endereço: Rua Meca, 599 - Jardim Central
Telefone: +55 45 3573-1126
Valor: Gratuito (é necessário agendar)
Mais informaçõeshttp://www.ccbi.org.br/


Veja tudo que já publicamos sobre Foz do Iguaçu


Selo D&D Mundo Afora na Tríplice Fronteira


ParceiroAs integrantes do D&D Mundo Afora viajaram para Foz do Iguaçu, em julho de 2016, a convite do Hotel Best Western Tarobá e da Agência Combo Iguassu, que nos concederam cortesias nas diárias, nos transferes, nas entradas das atrações e no city tour que teve a Mesquita Muçulmana como um dos atrativos. Apesar disso, as informações, opiniões e avaliações relatadas em todos os posts sobre a viagem são inteiramente pessoais e refletem as reais experiências vivenciadas pelas integrantes do blog, sejam elas positivas ou negativas.


NOSSOS PARCEIROS NESTA VIAGEM

2 comentários:
  1. Putz. Estivemos lá em janeiro e não fomos conhecer. Tb ninguém nos alertou. Ficamos impressionados com o templo Budista Chen Tien. Teriamos gostado muito da mesquita. Obg pela dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando fomos, ela estava em reforma. Queria também ter tido a oportunidade de entrar e até de usar o véu islâmico....é uma cultura diferente.. mas fica para a próxima.

      Excluir

Topo da página