17 de dezembro de 2018
Textual description of firstImageUrl

Museu Britânico de Londres: o mundo no British Museum

British Museum: a história do mundo no Museu Britânico

British Museum: a história do mundo no Museu Britânico de Londres

Por Daniela Almeida

Se a gente não fosse persistente, não teria conhecido um dos museus mais importantes do mundo. Tudo estava conspirando contra nós (kk). Foram três tentativas até conseguirmos visitar o British Museum ou Museu Britânico, em Londres.

Receba nossas atualizações

(Não se esqueça que é preciso confirmar a inscrição para receber nossos e-mails)

Quer saber por quê demoramos tanto para visitar o museu? Já te conto.

Você já ouviu aquele expressão "pontualidade britânica"? Então, ela funciona mesmo. E nós tivemos a oportunidade de vivenciá-la. Fique atento. Se o museu fecha às 20:30 horas às sexta-feiras, não tente chegar às 20:15 horas como a gente fez. Os guardinhas não vão te deixar entrar. Nem que seja para usar o banheiro kkk.

Na nossa segunda tentativa, chegamos às 17:15 e nem ousamos nos aproximar da entrada como no dia anterior porque não iríamos entrar. Enfim, na terceira vez, chegamos bem antes do horário final e conseguimos ver um pouco - bem pouco - dos quase oito milhões de objetos que fazem parte do acervo.

Aproveite para ler também:

Mas será que tanto esforço valeu mesmo a pena? Será que não poderíamos ter deixado a visita de lado e ido até outros pontos turísticos de Londres?

Só para começar a responder a estas perguntas, te falo que o Museu Britânico é gigante com três andares, quase cem salas e conta, nada mais nada menos, a história da humanidade 😱😱😱. É isso mesmo.

Aberto ao público em 1759, ele é um dos museus mais importantes do mundo. É o primeiro museu nacional público do mundo. E o primeiro com entrada gratuita do planeta. 

Ou seja: o esforço valeu muito a pena e, não, a gente não poderia ter deixado essa visita de fora do nosso roteiro de maneira alguma.
British Museum: a história do mundo no Museu Britânico
British Museum: a história do mundo no Museu Britânico




O que ver no British Museum, em Londres

Como disse, o museu abriga cerca de oito milhões de peças em seu acervo. Nem todas estão em exposição. Mesmo assim, boa parte pode ser vista durante a visita. Os objetos, muitos datados de mais dois mil anos, estão divididos por continentes.

Internet ilimitada em mais de 140 países

Viaje para mais de 140 países com plano de dados ilimitados da EasySim4u. Com o chip, você já chega no destino conectado, mantém seu número de WhatsApp e pode acessar a internet e suas redes sociais tranquilamente durante o período de sua viagem.

British Museum: a história do mundo no Museu Britânico
British Museum: a história do mundo no Museu Britânico de Londres


Por isso, a melhor maneira de começar o tour lá dentro é pegar um mapinha e identificar os pontos e assuntos de interesse. Confira o mapinha on-line do site do Museu Britânico.

Mapa do British Museum: a história do mundo no Museu Britânico de Londres
Mapa do British Museum: a história do mundo no Museu Britânico de Londres


Seguro Viagem com 10% de desconto 

Vai viajar? Não importa se vai ficar no Brasil ou vai para o exterior. O Seguro Viagem é um item muito importante e até obrigatório, no caso da viagem ser para Europa. Faça sua cotação e escolha a seguradora que melhor se adéqua ao seu perfil. Na Seguros Promo, leitor do D&D tem 10% de desconto: 5% na contratação com o cupom DEDMUNDOAFORA5 + 5% pagando no boleto. Se preferir, ainda pode pagar em até 12x no cartão de crédito.

Nem se quiséssemos conseguiríamos ver tudo nas poucas horas reservadas, mesmo com o mapa em mãos. Então, tínhamos em mente o principal. E o principal para nós três era: a seção egípcia, minha paixão, em especial.

E estar ali foi impressionante, como bem diz minha tia Lourdes.

Como ainda não tínhamos visitado o Egito (o que aconteceu 15 dias depois - confira como foram nossos dois dias no Cairo), nosso primeiro contato com uma múmia de verdade arrepiou.

Múmia egípcia no Museu Britânico de Londres
Múmia egípcia no Museu Britânico de Londres


Até #mamis, que não gosta de visitar museus, está até hoje contando para os parentes e amigos que "a múmia era uma pessoa de verdade. Com dentes, cabelos e unhas" (😂😂😂).

Eu estava tão impressionada que devo ter parado em frente a cada vidro desta seção por umas dez vezes kk. E sempre de boca aberta, anestesiada e impressionada por estar diante de uma múmia de verdade.

Múmia egípcia no Museu Britânico de Londres
Múmia egípcia no Museu Britânico de Londres

Múmia egípcia no British Museum em Londres
Múmia egípcia no British Museum em Londres

As melhores hospedagens com os menores preços

Procurando por hotéis, hostels, pousadas ou resorts? Faça sua pesquisa no Booking e no Hotéis.com. Nos dois buscadores, você encontra as melhores opções, com os menores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.


E no museu tinha múmia de tudo quanto é jeito: enrolada em tecidos, dentro do sarcófago, pintada ou só o osso. E nós fotografamos a cada uma dela de todos os ângulos possíveis e imaginários ... #asloucasdasmumias.

Múmias egípcias no British Museum em Londres
Múmias egípcias no British Museum em Londres

Múmias egípcias no Museu Britânico em Londres
Múmias egípcias no British Museum em Londres

Múmias egípcias no Museu Britânico em Londres
Múmias egípcias no Museu Britânico em Londres

Múmias egípcias no Museu Britânico em Londres
Múmias egípcias no Museu Britânico em Londres

Múmias egípcias no Museu Britânico em Londres
Múmias egípcias no Museu Britânico em Londres

Alugue um carro e tenha liberdade 

Para ter liberdade nas viagens tanto no Brasil quanto no exterior, contar com um carro à disposição pode ajudar muito, principalmente se estiver viajando com idosos ou crianças. Na RentCars, você pode alugar um carro nas melhores locadoras do mundo, pagar em Real e ainda parcelar em até 12x sem juros no cartão.


Além dos exemplares das múmias, como a de Katebet, a mais importante da coleção datada de 1300 A.C., tinha sarcófagos e outras peças trazidas do Egito, como máscaras funerárias, pedaços de pirâmides, templos e tumbas, retratos, potes, vasilhas, vestuários, esculturas e ferramentas.

Aliás, a coleção egípcia (distribuída, na ocasião, em sete salas) é uma das maiores e melhores depois da exposta no Museu do Cairo.

Múmia Katebet no Museu Britânico em Londres
A múmia de Katebet. Ela cantava para Amun, rei dos deuses 
Múmias egípcias no Museu Britânico em Londres
Múmias egípcias no Museu Britânico em Londres

Busto de pedra do grande faraó Ramesses II
Busto de pedra do grande faraó Ramesses II
Seção Egípcia no British Museum em Londres
Seção Egípcia no British Museum em Londres

Sarcófago na Seção Egípcia no British Museum em Londres
Sarcófago na Seção Egípcia no British Museum em Londres

Sarcófago na Seção Egípcia no British Museum em Londres
Sarcófago na Seção Egípcia no British Museum em Londres
Seção Egípcia no British Museum em Londres
Seção Egípcia no British Museum em Londres

Seção Egípcia no Museu Britânico em Londres
Seção Egípcia no Museu Britânico em Londres

Nós ficamos a maior parte do tempo na seção egípcia, mas o museu ainda abriga dezenas de outros espaços com obras de artes de várias épocas e países da Ásia, África, Europa e América.

Seção da Ásia no Museu Britânico em Londres
Seção da Ásia no Museu Britânico em Londres

Seção da Ásia no Museu Britânico em Londres
Seção da Ásia no Museu Britânico em Londres

Seção da Ásia e a China no Museu Britânico em Londres
Seção da Ásia e China no Museu Britânico em Londres
Imperador Augusto na Seção romana no Museu Britânico em Londres
Imperador Augusto na Seção romana no Museu Britânico em Londres
Seção da Ásia e a China no Museu Britânico em Londres
Seção da Ásia e a China no Museu Britânico em Londres



Tem até objetos da Mesopotâmia, que ficava no Oriente Médio, como tábuas de argila da biblioteca do rei Assurbanipal em Nínive, escrita em cuneiforme, ou objetos encontrados no Cemitério Real de Ur. A região é berço da civilização, pois abrigou os primeiros povos da humanidade que viveram de forma sedentária por volta de 5 mil a. C.. É muito antigo.

Tem ainda porcelanas chinesas; parte do Pantheon grego; máscaras astecas; Moais da Ilha de Páscoa; esculturas como a "El Pensador", de Auguste Rodin; mais de cem objetos da coleção do Tesouro de Oxus, do Império Persa; joias; jarros, como o vaso de vidro de Portland, na seção do Império Romano; e tantos outros. É riqueza cultural que não acaba mais...

Parte do Pantheon na Seção grega do Museu Britânico em Londres
Parte do Pantheon na Seção grega do Museu Britânico em Londres

Amoai - Seção das Américas no Museu Britânico em Londres
Amoai - Seção das Américas no Museu Britânico em Londres

Seção egípcia no British Museum em Londres
Seção egípcia no British Museum em Londres

O Pensador, do francês Rodin no British Museum em Londres
O Pensador, do francês Rodin no British Museum em Londres

British Museum: a história do mundo no Museu Britânico
British Museum: a história do mundo no Museu Britânico

British Museum: a história do mundo no Museu Britânico
British Museum: a história do mundo no Museu Britânico


Depois do Egito, a Grécia era a que tinha o espaço mais completo no Museu. Além de um pedaço do Pantheon, vimos, por exemplo, os "Mármores de Elgin", que são esculturas em mármore dos Grandes do Pantheon.

Aliás, dizem que os gregos queriam abrir um museu nacional lá na Acrópole de Atenas e descobriram que quase todas as peças importantes estavam expostas no Museu Britânico. Decepcionados e não querendo pegar emprestado, eles desistiram da ideia. 

Então, se quiser saber mais sobre a história grega, a visita ao British Museum também é obrigatória.

Mármores de Elgin - seção grega do British Museum em Londres
Mármores de Elgin - seção grega do British Museum em Londres

Mármores de Elgin - seção grega do British Museum em Londres
Mármores de Elgin - seção grega do British Museum em Londres

Seção grega do British Museum
Seção grega do British Museum

Parte do Pantheon na Seção grega do British Museum
Parte do Pantheon na Seção grega do British Museum


Outra peça importantíssima no museu é a Rosetta Stone. Em exposição no local desde 1802, a Pedra da Rosetaé um fragmento original de uma estela (placa de pedra) de granodiorito do Egito Antigodescoberta em 1799 pelas tropas de Napoleão, cujo texto foi crucial para a compressão dos hieróglifos egípcios. 

Ela contém um decreto de 196 a.C. em três escritas: hieróglifos egípcios, demótico egípcio e grego antigo - nessa ordem. 


Pedra da Roseta no Museu Britânico de Londres
Pedra da Roseta no Museu Britânico de Londres


A Pedra é tão importante que está estampadas em vários souvenirs. E é claro que nós não poderíamos voltar para casa sem uma caneca linda com a estampa.

Arquitetura do Museu Britânico - Além de toda cultura e história presente no interior do Museu, o lado de fora também merece alguns minutos de contemplação e fotografias. O prédio foi inspirado nas construções gregas em estilo neoclássico. 

British Museum: a história do mundo no Museu Britânico
British Museum: a história do mundo no Museu Britânico

British Museum: a história do mundo no Museu Britânico
British Museum: a história do mundo no Museu Britânico
British Museum: a história do mundo no Museu Britânico
British Museum: a história do mundo no Museu Britânico

Museu Britânico de Londres para Idosos e pessoas com mobilidade reduzida

Mesmo gigante, os idosos e as pessoas com mobilidade reduzida podem aproveitar o museu sem problemas. Ele tem várias escadas, mas também conta com elevadores que facilitam o acesso.

British Museum: a história do mundo no Museu Britânico
British Museum: a história do mundo no Museu Britânico


O museu está adaptado para pessoas com deficiências e disponibiliza o serviço de empréstimo de cadeiras de rodas (pedido com 48 horas de antecedência), além de audioguias e guias na linguagem dos sinais, descritivos de áudio, melhoramento de som e lupas. Cães-guias também são permitidos.


Serviços disponíveis no British Museum

E para tonar a visita completa, o Museu Britânico também conta com área de alimentação com cafés, lanchonete, restaurante e pizzaria, lojas de souvenir, guarda-volume, centro de informações e vestiário.

Praça coberta dentro do British Museum
Praça coberta dentro do British Museum

Loja de souvenir do British Museum
Loja de souvenir do British Museum

Praça de alimentação do Museu Britânico
Praça de alimentação do Museu Britânico


Lá dentro tem ainda a praça Great Court, que é a maior praça coberta da Europa, e uma sala de leitura que fica neste espaço redondo da foto abaixo, onde antigamente funcionava a biblioteca britânica

Sala de leitura do Museu Britânico de Londres: local abrigada a antiga biblioteca britânica
Sala de leitura do Museu Britânico de Londres: local abrigada a antiga biblioteca britânica

Museu Britânico de Londres
Museu Britânico de Londres


Quem quiser saber um pouco mais sobre as peças e os espaços, o museu conta com três opções de tours (uma ou três horas de museu e passeio para crianças) e visitas guiadas.

Museu Britânico de Londres
Museu Britânico de Londres

Entrada do Museu Britânico de Londres
Entrada do Museu Britânico de Londres

Acervo do Museu Britânico

Confira mais algumas fotos de parte do acervo do Museu Britânico de Londres.

Parte do acervo do Museu Britânico de Londres
Parte do acervo do Museu Britânico de Londres

Parte do acervo do Museu Britânico de Londres
Parte do acervo do Museu Britânico de Londres

Parte do acervo do Museu Britânico de Londres
Parte do acervo do Museu Britânico de Londres

Parte do acervo do Museu Britânico de Londres
Parte do acervo do Museu Britânico de Londres

Parte do acervo do Museu Britânico de Londres
Parte do acervo do Museu Britânico de Londres

Parte do acervo do Museu Britânico de Londres
Parte do acervo do Museu Britânico de Londres

British Museum - Museu Britânico de Londres

Funciona: diariamente - das 10 às 17:30 horas | sexta - até às 20:30 horas
Endereço: Great Russel St. Bloomsbury, London WC1B 3DG
Telefone: +44 20 7323 8299
Valor: gratuita
Estações de metrô próximas: Tottenham Court Road e Holborn
Sitehttps://www.britishmuseum.org/

_________________________________________________________________________________
Encontre aqui seu hotel em Londres. No Booking você sempre tem os melhores hotéis com os melhores preços.





VAI VIAJAR? Confira os serviços que vão facilitar sua viagem
➤ Reserve sua hospedagem em todo o mundo no BOOKING.COM ou no HOTEIS.COM
Compre suas passagens na DECOLAR, VIAJANET, ou na KLM
Compre pacotes de viagem com os melhores preços na DECOLAR, VIAJANET ou na CVC
Compre ingressos sem filas para atrações, passeios e serviços em todo o mundo na GET YOUR GUIDE
Faça seu seguro viagem com até 10% de desconto com a SEGUROS PROMO
Compre seu chip de celular e internet para usar em 210 países com a EASYSIM4U
2 comentários:
  1. Que saudades desse lugar! Dá pra passar dias nesse museu e não vamos ver tudo né. Incrível a quantidade de itens e a importância de alguns como a Pedra Roseta. Coisas que estudamos na escola e lá podemos ver ao vivo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Isso de ver tudo que aprendemos na escola foi o que mais me impressionou no museu e em todos os ougares que visitamos nesta viagem. Muito bacana.Quero voltar com mais calma para ver mais coisas...

      Excluir

⏩ Curtiu as dicas deste post? Então aproveite e siga a gente nas redes sociais para acompanhar um pouco mais das nossas andanças pelo mundo afora:
Facebook Twitter Instagram Google Plus Youtube RSS Pinterest
Topo da página