13 de novembro de 2017
Textual description of firstImageUrl

Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina

Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Fotos em grupo: Angela Castanhel - Blog: Viajando em 3, 2, 1

Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina reúne 11 blogs de viagem

Por Daniela Almeida

Eu sai de casa de madrugada, às 3 horas da manhã, e sozinha. Sabe pra quê? Para visitar o último estado que faltava da região sul do Brasil: Santa Catarina.

Já estivemos em algumas cidades do Rio Grande do Sul (Gramado, Canela, Garibaldi, Carlos Barbosa, Nova Petrópolis e Bento Gonçalves) e do Paraná (Foz do Iguaçu) e agora chegou a vez de pousarmos em terras catarinenses.

Quer saber como foi essa experiência? Continue lendo esse post até o final. Aconteceu muita coisa boa por lá e você não pode deixar de ler! Quem sabe o seu próximo destino seja o sul catarinense!

Então vamos lá!!!!

Receba nossas atualizações

(Não se esqueça que é preciso confirmar a inscrição para receber nossos e-mails)


O post de hoje é para contar para você como foi bacana o Encontro Rota Sul, que foi realizado em Criciúma, Santa Catarina. O D&D Mundo Afora e outros 11 blogs estavam presente e aproveitaram muito.

Durante quatro dias - de 2 a 5 de novembro de 2017 - tivemos a oportunidade de visitar, além de Criciúma, as cidades catarinenses de Nova Veneza, Orleans e a Serra do Rio do Rastro.

E além disso, como disse no outro post - D&D Mundo Afora participa do Encontro Rota Sul - esta foi a primeira vez que eu, Daniela, viajei sem a companhia das minhas inseparáveis irmã Danubia e de minha amada mamis. Foi uma experiência diferente, mas bem bacana, pois estive muito bem acompanhada de amigas e amigos virtuais que se "desvirtualizaram" neste encontro tão maravilhoso.

Ah, e teve ainda muuitos presentinhos dos organizadores e dos parceiros deste encontro lindo. Teve muita comida, muitas histórias e muita diversão.

Então, não saia daí que já vou contar tudinho. Aperte o cinto e viaje comigo. Ao final, não deixe de acessar os outros blogs para ver tudo que a gente aprontou por lá.


Veja tudo que já publicamos sobre Santa Catarina



1º dia - 02 de novembro de 2017 - Chegada a Santa Catarina e Nova Veneza
Essa viagem maravilhosa começou ainda de madrugada. Eu sai de casa por volta das 3 horas da manhã para chegar ao aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, a 100 quilômetros da cidade onde moramos.

Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Rumo a Santa Catarina - Diário de bordo - Encontro Rota Sul 


O voo para São Paulo, primeira conexão, estava marcado para às 6:20, horário em que o avião partiu rumo à minha cidade natal. O mais legal foi que, lá, encontrei as blogueiras Aline (Vem que eu te conto), Carol (Dicas e Roteiros de Viagem), Patricia (Bagagem de Memória), Vivi (Vivi na Viagem) e Rafaela (Viajando sem Medo). Nós seis seguimos juntas, às 9:50, até Jaguaruna, em Santa Catarina. Foram 1 hora e 20 minutos de viagem até pousar, pela primeira vez, em terras catarinenses.

Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina - Crédito: Carol, do Dicas e Roteiros de Viagem


Chegamos a Jaguaruna às 11:10 horas, quando nos encontramos com a Ester (Mapa na Mão) e a Ângela (Viajando em 3,2,1) para seguirmos até Criciúma, cidade base do encontro, a 52 quilômetros do aeroporto.

O dia foi tão intenso, que mal deu tempo de chegarmos e nos instalarmos no Ibis Hotel, que foi um dos grandes parceiros desta viagem (confira ao final, a lista com todos que colaboraram para que este encontro acontecesse).


Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Foto oficial - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina. Crédito: Angela Castanhel - Blog: Viajando em 3,2,1

Onde ficar em Criciúma - Ibis - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Onde ficar em Criciúma - Ibis - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Só deixamos as malas no quarto e seguimos até a cidade de Nova Veneza, a 17 quilômetros de distância, para um almoço saboroso no Ristorante Veneza. Gente, a comida estava ótima. Tinha Arroz, polenta (uma das comidas tradicionais da região), minestra de feijão (outro prato típico), nhoque, salada, maionese, batata frita e fortaia. De sobremesa: sagu, pudim, pêssego em calda e tortas doces.

Será que a gente comeu muito? Sim ou com certeza?

Ristorante Veneza - Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Ristorante Veneza - Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Ristorante Veneza - Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Ristorante Veneza - Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Sem contar a apresentação lindíssima que o grupo musical Eco di Venezia fez para a gente durante o almoço. Foi lindo!!!

Grupo musical Eco Di Venezia - Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Grupo musical Eco Di Venezia - Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Após o almoço, fizemos um tour pela cidade, que surgiu com a primeira colônia de italianos em 1891. Começamos nosso passeio na praça principal Humberto Bortoluzzi, onde está localizada uma gôndola original que veio lá de Veneza, na Itália, em 2006. Só existem quatro iguais a esta fora de Veneza. Elas foram doadas, oficialmente, pelo governo de Vêneto e a de Nova Veneza é a única da América Latina. Além dela, tem ainda uma em Las Vegas, nos Estados Unidos; uma em Toronto, no Canadá; e outra na Rússia.

Gôndola de Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Gôndola de Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina

O guia nos contou que para trazer a Gondola até Santa Catarina, ela teve de ser transportada em um navio. Chegando no porto, como não podia ser desmontada, precisou ser colocada em um caminhão com a maior parte dela para fora. Parece que foi um grande acontecimento que foi transmitido até pela televisão.

Gôndola de Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Gôndola de Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Também visitamos o portal de entrada da cidade, que foi inaugurado em 2007 em homenagem aos 130 anos de imigração veneta em Santa Catarina; o Museu do Imigrante, localizado em uma das edificações mais antigas da cidade, que conta a história dos primeiros italianos através de máquinas, ferramentas, documentos, vestimentos e outros objetos; a Matriz de São Marcos, com um relógio que veio de Turin, na Itália; o complexo das Casas de Pedra, que era propriedade da família Ângelo Bortolotto e fica a 2,6 quilômetros do centro da cidade. O conjunto composto por três casas - construído em pedras basalto trazidas da Itália - foi tombado como Patrimônio Histórico de Santa Catarina e restaurado em 2002; o Santuário Nossa Senhora do Caravaggio; a Barragem do Rio São Bento, localizada na cidade de Siderópolis e principal reservatório da região sul do estado; e a Vinícola Borgo, construída em um castelo, onde pudemos provar vinhos e sucos de uva.

Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Mesmo com tanta atividade, ao final do dia, ainda tivemos pique para mais um compromisso. Seguimos em direção ao restaurante Bodega do Zeca, onde fomos recepcionados com uma apresentação de dança do Grupo Folclórico Ítalo Brasileiro. Foi muito divertido e muitos de nós "caíram na dança" com as meninas tipicamente caracterizadas.

Bodega do Zeca - Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Bodega do Zeca - Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina

Grupo Folclórico Ítalo Brasileiro - Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Grupo Folclórico Ítalo Brasileiro - Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Além da dança, teve uma pequena demonstração da Corte do Carnavele de Venezia com seu baile de máscara, que é megafamoso na cidade e foi inspirado nos tradicionais carnavais da cidade italiana. A festa acontece todos os anos no primeiro sábado de junho.

Carnaval de Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Carnaval de Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Foi no restaurante que também aprendemos um pouquinho sobre o universo dos blogs, em um bate papo superdescontraído com a jornalista e blogueira de gastronomia Rubia Ramos. Ela nos deu muitas dicas e a conversa só parou por um bom motivo: era hora de saborearmos uma deliciosa comida tipicamente italiana. Tinha muita coisa boa por lá: costela de boi assada no fogo de chão, polenta frita, saladas e massas.

Rubia Ramos na Bodega do Zeca de Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Rubia Ramos na Bodega do Zeca de Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Aliás, aqui merece um parênteses: comer foi o que mais fizemos por lá. Muita fartura + sabor + blogueiros de viagem: resultado? Muita gente voltando para casa com uns quilinhos a mais na bagagem. Mas valeu a pena. Tudo estava divino!!!

Bodega do Zeca de Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Bodega do Zeca de Nova Veneza - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


E quando pensamos que o dia tinha terminado, tivemos mais uma surpresa: ganhamos dos organizadores uma mochila linda, recheada de presentinhos, como lenços umedecidos de vários tipos, cosméticos, tapa olho e capa para passaporte personalizados, copo, lixa de unha, pinça, entre outros mimos que fizeram a alegria dos blogueiros. Os parceiros capricharam!

Presentinhos do Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Presentinhos do Encontro Rota Sul em Santa Catarina


2º dia - 03 de novembro de 2017 - Serra do Rio do Rastro
Nosso dia começou cedinho. Às 8 horas, já estávamos a postos para conhecer a Serra do Rio do Rastro, em Bom Jardim da Serra, distante 64 quilômetros de Criciúma.

Serra do Rio do Rastro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Serra do Rio do Rastro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina

Mas, antes, nós nos esbaldamos em um café pra lá de farto no Ibis: bolos, pães, frios, frutas, sucos, leite, café, molho de salsicha, ovos mexidos, iogurte, torradas, geleias e outras gostosuras. É difícil manter a linha desse jeito. Quem ia "fazer a festa" neste café completo era mamis. Ela é, simplesmente, apaixonada por café de hotel. Esse, então, ela ia amar. Tenho que programar para levá-la para conhecer a região e ficar no Ibis (kk).

Onde ficar em Cricúma - Ibis - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Onde ficar em Cricúma - Ibis - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Mas, voltando ao nosso roteiro do dia, chegamos à Serra do Rio do Rastro por volta das 10 horas. Para chegar lá, foi preciso subir uma estrada de aproximadamente 25 quilômetros (que liga Lauro Müller a Bom Jardim) com quase 300 curvas bem sinuosas, que é o cartão postal do lugar. No caminho, é possível parar nos mirantes para fotografar a vista deslumbrante: um penhasco gigantesco com a Serra ao redor.

Serra do Rio do Rastro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Serra do Rio do Rastro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Serra do Rio do Rastro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Serra do Rio do Rastro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina

Depois desta aventura - sim, porque as curvas são bem fechadas e pertinho umas das outras e quase que só passa um carro por vez - chegamos ao mirante principal que está localizado a 1421 metros de altitude. Além da vista de tirar o fôlego, tem um restaurante e uma lojinha com produtos típicos, vinhos, imãs de geladeiras, roupas, entre outros souvenires.

Serra do Rio do Rastro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Serra do Rio do Rastro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina

Deixando o mirante, na companhia do receptivo Tribo da Serra Ecoturismo, fomos conhecer o Parque Eólico, o Pico do Cânion da Ronda e a Cascata da Barrinha.

Cascata da Barrinha na Serra do Rio do Rastro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Cascata da Barrinha na Serra do Rio do Rastro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina

Cânio da Ronda na Serra do Rio do Rastro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Cânio da Ronda na Serra do Rio do Rastro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina


E como não poderia deixar de ser, esse também foi um dia de muita comilança. Nosso almoço foi na Churrascaria Tropeiro que nos ofereceu um cardápio de "dar água na boca": costela, saladas, massas, churrasco, farofa, polenta, feijoada e outras iguarias deliciosas. Sem contar as sobremesas: sagu e manjar.

Churrascaria Tropeiro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Churrascaria Tropeiro - Diário de bordo do Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Durante o almoço, teve até sorteio de mais brindes, como mapas, bolsa organizadora e capa de mala. E adivinhem!!!! Por um milagre não sei de qual santo (kk), eu fui sorteada e ganhei a capa de mala que é um arraso.

Sorteio no Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Sorteio no Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Depois de quase explodir de tanto comer (kkkk), tivemos mais um tempinho no Mirante do Alto da Serra e encerramos o dia na casa de bolo Bolo de Mãe. Comer, de novo??? My Goodness!!! O que era aquilo tudo: bolos variados (chocolate, cenoura, milho), tortas salgadas, sucos, água aromatizada, pão de queijo, leite, café, pães recheados com calabresa e queijo, pão doce, doce de leite e requeijão cremoso. Eu comi demais!!!! 😱😱😱

Bolo de Mãe, em Criciúma - Diário de bordo Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Bolo de Mãe, em Criciúma - Diário de bordo Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Nem preciso dizer que Danubia ia "pirar" neste lugar. Ela é apaixonada por bolos. Em nossas viagens, faz a gente andar por horas para encontrar cafeterias ou lanchonetes. Mais um motivo para voltar a Criciúma com ela e mamis.

E você pensa que o dia acabou? Não. Quando chegamos no hotel, encontramos mais presentinhos - amostra de perfume e artigos de informática, como Mouse Pad e até Pendrive (muito útil para nós, blogueiros).

Mais presentinhos no Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Mais presentinhos no Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Aqueles que foram mais resistentes e guerreiros, ainda conseguiram sair para um barzinho. Eu e mais alguns não fizemos parte deste time (kk). Assim que chegamos, fomos direto para a cama descansar para o terceiro dia de Encontro que também seria bem intenso.


3º dia - 04 de novembro de 2017 - Orleans
E para começar bem o dia, nosso café da manhã aconteceu na cidade de Orleans (cidade que foi colonizada por italianos, portugueses, alemães e até letões), a quase 40 quilômetros de distância, no hotel Real Nob. Gente, como é bom começar o dia com tanta fartura. Tinha muita coisa boa: bolos variados, pães, sucos, leite, café, iogurte, frutas, pão recheado, frios e outras delícias.

Deu tempo até de conhecermos um pouco do hotel, que é uma graça. Uma ótima opção de hospedagem na cidade.


Onde ficar em Orleans - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Onde ficar em Orleans - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina

Depois desse café reforçado, seguimos até o Museu ao Ar Livre Princesa Isabel, em Orleans. O museu é muito bacana. Ele foi inaugurado em 1980 e é o primeiro do gênero na América Latina. Está localizado em uma área de 20 mil metros quadrados, onde estão espalhadas 15 construções típicas da região, como capela, estrebaria, casa do colono (com cozinhas e quartos), cantina, olaria, engenho, marcenaria, entre outros espaços.

O museu conta um pouco da história da colonização na região e é bem bacana de se visitar. A única coisa chata foi a chuva forte que caiu durante todo o período de nossa visita. Atrapalhou um pouco o registro do passeio, mas não tirou a beleza e a riqueza cultural do lugar. Vale a pena conhecer.

Museu ao ar livre, em Orleans - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Museu ao ar livre, em Orleans - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Do Museu, fomos direto para os paredões esculpidos pelo artista plástico da cidade, Zé Diabo. O escultor era famoso por esculpir cenas bíblicas no bloco rochoso que fica no acesso ao município.

Paredão do Zé Diabo, em Orleans - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Paredão do Zé Diabo, em Orleans - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Depois dos paredões, nossa próxima parada foi na premiada fábrica de cerveja Lohn Bier, na cidade de Lauro Müller. A cervejaria é muito bacana. Durante cerca de duas horas, pudemos ver de perto o processo de fabricação de alguns dos 25 tipos de cervejas fabricadas no local. A fábrica, que foi aberta em 2014, tem capacidade para produzir 300 mil litros da bebida por mês. São 1220 garrafas por hora. Uma garrafa a cada três segundos. É muita coisa.

Cervejaria Lohn Bier - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Cervejaria Lohn Bier - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Em um dos momentos dentro da cervejaria, pudemos beber (ops, os blogueiros puderam porque eu não bebo, kk) a cerveja Carvoeira (imperial stout) saída direto do tanque.

Cervejaria Lohn Bier - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Cervejaria Lohn Bier - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


E como ninguém é de ferro, o tão esperado almoço foi servido no espaço do restaurante dentro da cervejaria. Mais uma vez, a fartura reinou por ali. Dentre os pratos principais: macarrão, salada, arroz, batata frita, peixe frito e bife a parmegiana. De sobremesa: um delicioso sorvete de creme acompanhado de brigadeiro com redução da cerveja Carvoeira.

Cervejaria Lohn Bier - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Cervejaria Lohn Bier - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina

Cervejaria Lohn Bier - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Cervejaria Lohn Bier - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Para beber? É claro que muita cerveja da Lohn Bier. Além da carvoeira, foram servidas algumas outras opções, como a Catharina Sour feita de jabuticaba ou a de Uva Goethe, que é uma das mais premiadas em todo o mundo.

Cervejaria Lohn Bier - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Cervejaria Lohn Bier - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Depois do almoço, ainda passamos na lojinha da cervejaria. Os blogueiros "fizeram a festa" e levaram para casa garrafas de cerveja, canecas de chope, taças e outros souvenires.

Cervejaria Lohn Bier - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Cervejaria Lohn Bier - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Ah, deu também para fazer umas fotos da Matriz de Orleans (igreja Santa Otília) que é o cartão-postal da cidade.

Igreja de Orleans - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Igreja de Orleans - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


No final da tarde, foi a vez de fazermos um city tour pela cidade de Criciúma, passando por alguns pontos turísticos, como a Mina de Visitação Octavio Fontana. Aberta em 1950, é a única de extração de carvão que permite a visita na América Latina. Ela tem 22 metros, o equivalente a um prédio de sete andares. A visita do público ocorre desde 2011 apenas no subsolo, em uma área de 300 metros.

Mina de visitação, em Criciúma - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Mina de visitação, em Criciúma - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


E o Museu Augusto Casagrande, inaugurado em 1980, durante as comemorações do centenário de Criciúma. O Museu está localizado na antiga casa da família Casagrande que é a primeira casa da região a ter dois andares, construída em 1920. O local foi restaurado em 1978 e manteve todas as características originais, inclusive com as pinturas.

Museu Augusto Casagrande, em Criciúma - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Museu Augusto Casagrande, em Criciúma - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Além de objetos pessoais da família, o Casarão, como é chamado, guarda a história da cidade e a de seus primeiros colonos, como foi o caso de Augusto Casagrande, que construiu a própria casa.

Tem muita coisa bacana, como televisor, fotos, máquina de escrever, máquina fotográfica, móveis, piano, entre outros objetos. Algumas peças têm mais de cem anos.

Museu Augusto Casagrande, em Criciúma - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Museu Augusto Casagrande, em Criciúma - Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina



Saindo do museu, fomos para o hotel descansar um pouco. Mas a pausa foi bem rapidinha, pois, para fechar a noite, fomos recepcionados pela equipe do hotel Interclass de Criciúma para um jantar maravilhoso e para conhecer um pouco das instalações. Eu amei o hotel e é uma ótima dica de hospedagem na cidade.



Antes de comermos, porém, ainda fizemos uma roda de conversas sobre o universo dos blogs de viagem. Quem foi o anfitrião deste bate papo foi o Beneth do Tire a Bunda do Sofá. Ele contou sua experiência de deixar o emprego para se dedicar apenas ao blog. No final, todos nós também demos opiniões e trocamos figurinhas sobre essa atividade tão maravilhosa que é ser blogueiro de viagem.

Mas a hora tão esperada mesmo era comer (de novo!!!). O cardápio foi cuidadosamente preparado para nós e surpreendeu. Salada, massa ao molho branco, filé ao molho madeira e o frango ao molho brie, que estava, simplesmente, D I V I N O!!!! Para fechar, gelatina com creme de leite de sobremesa. Eu comi tanto que, na hora da gelatina, não aguentei e fui "obrigada" a deixar o restante para não passar mal (#gulosa).

Onde ficar em Criciúma - Hotel Interclass -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Onde ficar em Criciúma - Hotel Interclass -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Após o jantar, tivemos ainda um tempinho para conhecer um pouco das instalações do hotel, que é muito bonito e possui uma estrutura completa para receber o visitante na cidade.

Onde ficar em Criciúma - Hotel Interclass -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Onde ficar em Criciúma - Hotel Interclass -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina



E quem ainda teve força, foi para um barzinho para terminar esse dia intenso em terras catarinenses. Eu fui? Claro que não (kkkk). Mas várias outras blogueiras também desistiram deste passeio para arrumar as malas e descansar para o último dia de #EncontroRotaSul.


4º dia - 05 de novembro de 2017 - Tour em Criciúma e retorno para casa
Embora o domingo tivesse sido o nosso último dia em Santa Catarina, a programação do Encontro Rota Sul continuou intensa e, na parte da manhã, ainda tivemos um tempinho para conhecer mais alguns lugares bacanas de Criciúma.

Desta vez, passeamos pelo centro e conhecemos algumas praças, como a Nereu Ramos, onde fica a igreja Matriz de São José, que foi construída em 1917 e possui tijolos e telhas fabricados na olaria da família de Augusto Casagrande, aquele lá do museu que visitamos ontem.

Praça Nereu Ramos em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Praça Nereu Ramos em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina

Matriz de São José em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Matriz de São José em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


A Praça também abriga um monumento em homenagem aos mineiros que trabalhavam nas minas de carvão da cidade. Criciúma tem uma das maiores reservas de carvão mineral do Brasil.

Monumento em homenagem aos mineiros na Praça Nereu Ramos, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Monumento em homenagem aos mineiros na Praça Nereu Ramos, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


O segundo ponto visitado foi a Praça do Congresso, que tem esse nome por ter sediado um congresso católico há alguns anos. A praça é bem charmosa. Tem um lago, academia ao ar livre, playground para as crianças e muito verde.

Praça do Congresso, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Praça do Congresso, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina

Praça do Congresso, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Praça do Congresso, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Mesmo com tempo corrido, deu tempo ainda de dar uma paradinha no Morro Cechinel, conhecido como Morro da TV, de onde é possível ver um pedaço da cidade lá embaixo. O morro é o ponto mais alto de Criciúma com 260 metros de altura.

Morro Cechinel, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Morro Cechinel, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


Para fechar o passeio, uma passadinha no Parque das Nações Cincinato Naspolini que foi inaugurado em 2011. Ele tem pista de caminhada, ciclovia, muito verde, um espaço bacana para shows e outras apresentações culturais, quadras esportivas e ainda abriga uma miniferrovia - a Terezinha - que é uma homenagem a antiga Ferrovia Tereza Cristina, de Criciúma.

Parque das Nações, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Parque das Nações, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina

Parque das Nações, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Parque das Nações, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina. Foto de destaque: Ângela Castanhel - Blog: Viajando em 3,2,1
Parque das Nações, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Parque das Nações, em Criciúma -  Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina 


Depois desses momentos no parque, onde nos divertimos muito em frente a Terezinha, eu, a Vivi e a Rafa nos despedimos do grupo e, acompanhadas pela Ângela, seguimos até o aeroporto de Jaguaruna, onde nosso voo estava marcado para às 13:09, encerrando nossa participação no Encontro Rota Sul, em Santa Catarina.

Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina
Diário de bordo - Encontro Rota Sul em Santa Catarina


O restante dos blogueiros ainda teve tempo de almoçar no restaurante Famiglia Angelotti, que está localizado no Shopping das Nações, bem pertinho do parque de mesmo nome. O restaurante, tipicamente italiano, tem como carro-chefe as massas preparadas na hora. Que pena que perdemos mais esse momento comilança kk.

De Jaguaruna, nós partimos para São Paulo. A Vivi e a Rafa foram para o Rio de Janeiro e eu segui para Belo Horizonte por volta das 16 horas. E, como sempre, ainda rodei por mais quase três horas até chegar em casa, exausta, gripada (o vento lá na Serra do Rio do Rastro era fenomenal e eu gripei, kk), mas muito contente e satisfeita por ter participado de um encontro tão bacana, produtivo e com presença de tantos blogueiros maravilhosos. Valeu a pena!!!

E como eu havia prometido, abaixo tem uma lista com todos os blogueiros que participaram deste encontro em Santa Catarina. Acesse cada um deles e acompanhe tudo que nós aprontamos por lá mas, agora, sob os olhares de nossos amigos.

Veja tudo que já publicamos sobre Santa Catarina



Blogs participantes do Encontro Rota Sul

Parceiros do Encontro Rota Sul
Alem dos blogs maravilhosos que participaram deste encontro, o Rota Sul contou com inúmeros parceiros que apoiaram o evento concedendo hospedagens, almoços, jantares, chá da tarde, café da manhã, cities toures, descontos, entradas em atrações e diversos brindes.



Apoiadores do Encontro Rota Sul em Santa Catarina



_________________________________________________________________________________
Procurando hotéis em Criciúma, Santa Catarina? Encontre aqui seu hotel em Criciúma ou encontre outros hotéis no Booking. Aqui você sempre encontra os melhores hotéis com os melhores preços.

12 comentários:
  1. Eu adorei ter participado desse evento e conhecido um monte de lugares lindos que nem sabia da existência.
    Estou com uns 3kg a mais, mas tô feliz! A organização foi impecável!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi mesmo maravilhoso. Também engordei, mas valeu a pena. Quero voltar agora com mamis e Danubia para elas também curtirem a região.

      Excluir
  2. Que legal Daniii, fico muito feliz que você tenha gostado da nossa região. Foi um prazer ter você aqui, sem conta que eu adorei te conhecer melhor. Volte mais vezes tá?? Nosso sul estará sempre de braços abertos para você

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angela. Com certeza iremos voltar, agora com Mamis e Danubia. Elas vão amar. Principalmente a parte das comidas kkk. Também amei conhecer todas vocês. Beijos!!!!

      Excluir
  3. Ai Dani, amei o teu diário de bordo! Lindo demais ver nossas cidades do sul sob os olhos de uma mineira querida. Saudades das conversas que tivemos! Saudade do encontro. Obrigada por ter vindo e abrilhantado o evento. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi.Eu que tenho que agradecer por ter participado deste encontro lindo!!!. Amei os lugares e , principalmente, as companhias. Quero voltar em breve com mamis e Danubia!!! beijossss

      Excluir
  4. Dani seu post ficou incrível! O evento foi sucesso total! Foi muito bacana conhecer todos vocês. Parabéns especial para a organização, deu tudo muito certo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Beneth. Também adorei conhecer todos vocês. A região é linda e vale a pena a visita.

      Excluir
  5. Dani,
    Deu saudades do encontro ao ler o seu post. Foi um evento incrível demais!
    A gente se conheceu lá em BH, mas foi tão corrido que nem conta. Adorei te conhecer melhor.

    bjo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Verdade. Desta vez, deu para a gente conversar mais e se conhecer melhor. Foi um encontro maravilhoso. Eu amei. Os lugares são lindos. Já quero outro kkk. Bjsssss

      Excluir
  6. Foi tudo perfeito nesse encontro!

    Roteiro muito bem montado, lugares lindos e muuuita comida boa. haha
    Sem contar que fomos muito bem recebidos né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi ótimo mesmo. amei conhecer todos vcs.... Já quero voltar com mais tempo.

      Excluir

VAI VIAJAR? Confira os serviços que vão facilitar sua viagem
➤ Reserve seu hotel em todo o mundo no BOOKING.COM ou no HOTEIS.COM
➤ Compre suas passagens na DECOLAR, LATAM, EMIRATES ou na KLM
➤ Compre suas passagens de trem para toda a Europa com a RAILEUROPE
➤ Compre seus pacotes de viagem na DECOLAR ou na CVC 
➤ Troque sua moeda estrangeira na COTAÇÃO
➤ Compre ingressos sem filas para atrações em todo o mundo na TicketBar e na Tiqets
➤ Faça seu seguro viagem com a SEGUROS PROMO
➤ Compre seu chip de celular e internet com a EASYSIM4U
Topo da página