1 de agosto de 2016
Textual description of firstImageUrl

Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai

Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai

Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai

Por Daniela Almeida

Oi gente!!!!!! Hoje nós temos novidade. Estamos começando o primeiro post da nova série aqui no D&D Mundo Afora. Neste Diário de Bordo iremos contar "tim tim por tim tim" como foi a nossa viagem até Foz do Iguaçu (Paraná), Puerto Iguazú (Argentina) e Ciudad del Este (Paraguai). Como as três cidades estão localizadas na chamada Tríplice Fronteira, bem pertinho umas das outras, dá para curti-las, tranquilamente, na mesma viagem.

Foram poucos dias (de 15 a 18 de julho de 2016), mas deu para aproveitar muito e conhecer lugares incríveis. A partir de hoje, toda semana, você vai ler mais detalhes sobre cada um dos passeios que fizemos e lugares que conhecemos.

Veja tudo que já publicamos sobre esta viagem à Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai


1º dia - 15 de julho - Chegada a Foz do Iguaçu (Diário de Bordo)

Nós chegamos a Foz do Iguaçu no finalzinho da noite, por volta das 23 horas, e fomos direto para o hotel Best Western Tarobá, que fica no centro de Foz. Leia nossa avaliação sobre ele neste review completo. O Hotel é maravilhoso!!!! Muito bem localizado e superconfortável.


hotel Best Western Tarobá Foz do Iguaçu - Diário de Bordo
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai

2º dia - 16 de julho - Mesquita Muçulmana, Templo Budista, Marco das Três Fronteiras, Usina de Itaipu e passeio de Catamarã (Diário de Bordo)

Depois de uma noite tranquila, começamos o sábado bem cedinho. Por volta das 7 horas, eu já estava circulando pelo hotel, enquanto Danubia e mamis ainda estavam dormindo (kkk). Às 8 horas, fomos tomar um maravilhoso café da manhã. Tinha de tudo um pouco: pães, tortas, frios, café, sucos naturais, chá, frutas, bolos, iogurte, ovos mexidos, tapioca, linguiça, salsicha, pudim, entre outras opções. Nossa, deu até fome de novo!!!!!!

hotel Best Western Tarobá Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai


Abastecidas com tanta fartura, saímos às 10 horas para o primeiro passeio programado pela Combo Iguassu, uma excelente agência de turismo, instalada dentro do hotel Tarobá.

Combo Iguassu Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Agência Combo Iguassu


O primeiro passeio que realizamos foi um city tour pela cidade. E nossa primeira parada foi na mesquita muçulmana Omar Ibn Al-Khatab, já que Foz do Iguaçu abriga a segunda maior colonia islâmica do Brasil e, proporcionalmente, a primeira, uma vez que São Paulo (a maior colônia) tem um número muito maior de habitantes.

mesquita árabe Omar Ibn Al-Khatab Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Mesquita Muçulmana 


Apesar de ser aberta à visitação, no dia do nosso passeio, a mesquita, inaugurada em 1983, estava fechada, por estar passando por uma reforma. Mas, mesmo pelo lado de fora, deu para ver que é muito bonita.

Logo em frente à mesquita, tem uma tradicional loja de doces árabes (Almanara Doceria Árabe) com várias opções de folhados com recheios de nozes, pistache, amêndoas, entre outros. Nós não provamos nenhum, infelizmente, pois a loja estava cheia e não queríamos nos atrasar. Mas, pareciam bem gostosos. Os doces são vendidos por quilo (R$ 80 - em julho de 2016).

Almanara Doceria Árabe) Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Doceria árabe


Saindo da mesquita, fomos direto para o Templo Budista. Considerado o segundo maior templo budista da America Latina, o de Foz impressiona. Ao todo, são mais de 120 estátuas, algumas delas gigantes, como o Buda deitado (Siddartha Gautama), fundador do budismo, ou o buda sentado e sorridente (Mi La Pu-San), que com seus sete metros de altura nos recepciona logo na chegada.

Não conhecemos muita coisa sobre o budismo, mas dizem que este buda sorrindo traz riquezas para quem passa a mão em sua barriga. Será? Na dúvida, compramos uma réplica lá na lojinha de souvenirs.

Templo Budista - Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Templo Budista


Nossa próxima parada foi no Marco das Três Fronteiras. O marco é, na verdade, um obelisco que marca a divisão territorial entre o Brasil, a Argentina e o Paraguai.

Marco das Três Fronteiras Foz do Iguaçu
Ao fundo, do lado esquerdo está o marco argentino e, do lado direito, o do Paraguai - Marco das Três Fronteiras


Além do obelisco, o lado brasileiro, que foi o que visitamos no city tour, ainda conta com um mirante (que dá para observar o encontro dos rios Paraná e Iguaçu, e os outros dois obeliscos - do Paraguai e da Argentina), restaurante (Boteco Cabeza de Vaca) e uma loja de souvenirs.

Obs: o local foi totalmente reformado e a estrutura atual está bem diferente da que nós visitamos em 2016.

Marco das Três Fronteiras Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Marco das Três Fronteiras


Nós ficamos bem pouco no Marco, pois às 13:30 horas já estávamos com visita programada na Usina Hidrelétrica de Itaipu. Localizada na fronteira entre o Brasil e o Paraguai, foi construída pelos dois países entre 1975 e 1982. A Usina é, inclusive, a líder mundial em produção de energia limpa e renovável.

Nosso roteiro lá dentro foi, primeiro, uma visita panorâmica pela Usina, com direito a três paradas, e, em seguida, por volta das 17 horas, um passeio de catamarã no Lago de Itaipu, ao lado da Barragem. Gente, o passeio é maravilhoso e a gente ainda teve a oportunidade de apreciar um lindo pôr do sol!!!

Usina Hidrelétrica de Itaipu - Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Usina de Itaipu

passeio de catamarã Lago de Itaipu Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Passeio de Kattamarã


Nós até iríamos fechar a noite, assistindo a iluminação da barragem de Itaipu, mas, por problemas técnicos ocorridos no dia anterior, a atividade foi cancelada exatamente no dia de nossa visita. Uma pena!!!

De volta ao hotel, fomos procurar um lugar para jantar porque, para variar, não tivemos nem tempo de almoçar. Nosso "almoço" foi um sanduíche natural com chocolate quente que compramos antes de ir para Itaipu na padaria/restaurante perto do hotel. Aliás, ela é ótima. Pela falta de tempo, nós comemos o lanche dentro da van indo para a Usina. #vidadura.

Nosso jantar foi em uma churrascaria próxima ao hotel: Churrascaria do Gaúcho. Mas, logo de cara, adiantamos: é horrível. Embora tenha fila de espera (o que nos fez pensar ser um bom lugar), o churrasco era horrível, as carnes estavam cruas e sem variedades de opções e o buffet também não era variado. Pagamos R$ 35,90 por pessoa (valor até barato), mas foi um dinheiro jogado fora, pois quase não comemos. Por conta disso, nem iremos fazer review sobre ele!!!!

3º dia - 17 de julho - Parque das Aves, Cataratas do Iguaçu, Dreamland, Maravilhas do Mundo, Vale dos Dinossauros, Puerto Iguazú (Diário de Bordo)


Cataratas do Iguaçu Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Parque Nacional do Iguaçu

Como sempre, nosso dia começou bem cedinho. Após mais uma manhã de fartura no nosso breakfast, fomos até o Parque da Aves. Com mais de mil aves de 150 espécies diferentes, o Parque é bem interessante.

Parque das Aves Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Parque das Aves


Segundo informações, o parque é o maior viveiro de araras da América do Sul. E foi, exatamente, a oportunidade de tirar uma foto com uma arara no braço que mais gostamos de fazer. Mas, atenção, esta é a última atração do parque e é preciso esperar em uma fila bem grande para chegar perto das araras mansas.

Parque das Aves Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Parque das Aves


Saindo do Parque das Aves, depois de 1 hora de visita, atravessamos a rodovia e chegamos ao Parque Nacional das Cataratas. Gente, em outro post, contamos como é feita a visita ao parque, mas, antes disso, precisamos dizer que até agora estamos sem palavras para descrever a emoção de ver aquele conjunto de quedas d'águas que é Patrimônio Natural da Humanidade e uma das sete maravilhas naturais do mundo.

Eu até chorei de emoção e fiquei pensando como pode existir uma coisa tão maravilhosa no mundo!!! Só pode ser obra de Deus mesmo!!!!

Cataratas do Iguaçu - Foz do Iguaçu
Nós tiramos fotos das cataratas de todos os ângulos possíveis (kkkk) e está difícil escolher qual o mais bonito 

Foi só uma pena termos ficado por tão pouco tempo lá dentro. A fila para entrar e sair é muito grande. Nós chegamos lá ao meio-dia. Gastamos 1 hora para entrar, uns 20 minutos na fila para tirar uma foto oficial no primeiro mirante (não vale a pena perder tempo neste ponto, se você tiver pouco tempo), uns 10 minutos fazendo a trilha até chegar às Cataratas, uns 30 minutos para, realmente, contemplar as Cataratas, mais uns 10 minutos para entrar no elevador para chegar até o ônibus, mais uns 30 minutos na fila para entrar no ônibus e mais uns 20 minutos para chegar até a saída do Parque. Ou seja, três horas de passeio dentro do Parque Nacional das Cataratas para apenas 30 minutos do que realmente interessa.

Nossa correria aconteceu porque ainda tínhamos um outro passeio programado para às 15 horas (é claro que chegamos atrasadas). Por isso, teve que ser bem corrido. E, para variar, nem deu tempo de almoçar (de novo). Nós tínhamos reservado um almoço no restaurante Porto Canoas, dentro do Parque, com intenção de almoçar de frente para aquela maravilha. Mas nosso almoço foi mesmo outro lanche natural com outro chocolate quente dentro do ônibus que nos levava de volta à entrada do parque (kkkkk).

Depois das Cataratas, fomos visitar o Dreamland - Museu de Cera, o Parque Maravilhas do Mundo e o Vale dos Dinossauros.  A gente já tinha conhecido todas estas três atrações no Rio Grande do Sul, durante nossa viagem em janeiro de 2016. Conheça mais detalhes sobre o Dreamland de Gramado, o Vale dos Dinossauros de Canela, e o Parque Algum Lugar de Gramado.

Em Foz, as três atrações ficam no mesmo lugar, bem pertinho das Cataratas do Iguaçu. Então, o passeio é rápido, sem complicações e muito bacana.

Dreamland Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Parque Maravilhas do Mundo

_________________________________________________________________________________
Buscando hotéis em Foz do Iguaçu? Hotéis em FOZ DO IGUAÇU. Faça sua reserva aqui. No Booking, você sempre encontra os melhores hotéis com os melhores preços.




Para fechar este segundo dia, fomos às 17:30 para Puerto Iguazú, na Argentina. A entrada no país é feita pela Ponte Internacional Tancredo Neves, conhecida como Ponte da Fraternidade. Para entrar, é preciso passar pela aduana argentina e apresentar documento original com foto (Identidade ou Passaporte). Se sua opção for apresentar a Carteira de Identidade, saiba que ela precisa estar em bom estado de conservação e ter sido emitida há menos de 10 anos.

Ponte da Fraternidade Brasil Argentina
Ponte da Fraternidade - ligação entre Brasil e Argentina

A entrada no país foi bem tranquila. O motorista da van ficou com nossos documentos e preencheu uma folha com nossos dados. Ele mesmo levou tudo até a aduana argentina e, em menos de 10 minutos, já estava de volta. No retorno, foi a mesma coisa.

Icebar - Nossa primeira parada em solo argentino foi no Icebar, o bar gelado mais famoso da Argentina. Lá dentro, a temperatura é de 10 graus negativos e, mais uma vez, entramos em uma fria (no bom sentido, é claro kkk). Estivemos em um ambiente gelado com temperatura a menos 16 graus, lá no Mundo Gelado, em Canela, no Rio Grande do Sul. Veja como foi.

Ah, o Icebar ainda é open bar, ou seja, você pode beber muitos drinks ou refrigerantes, se for como a gente (kk), à vontade, em até 30 minutos, que é o tempo máximo de permanência lá dentro. E tudo servido em um estiloso (e gelado) copo de gelo. Isso mesmo!!!! É muito legal.

Icebar Puerto Iguazu Argentina
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Ice Bar


Depois do bar gelado, seguimos para o Marco das Três Fronteiras da Argentina para assistir a um show de luzes e águas dançantes que é apresentado todos os dias, a partir das 20 horas. O espetáculo dura menos de 20 minutos, é gratuito e maravilhoso.

Conforme a música, as fontes mudam de cores e se movimentam, dando a impressão de que, realmente, estão dançando. Teve tango argentino (com as fontes sendo iluminadas pelas cores da bandeira de nossos hermanos), samba brasileiro (com as fontes em verde e amarelo) e até a tradicional música paraguaia Galopeeeeiiiirraaaaaa!!!!

E, além das cores e movimentos, durante o show, ainda é possível ver imagens de pessoas dançando, projetadas nas luzes. É muito legal!


Marco das Três fronteiras de Puerto Iguazu Argentina
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Marco das Três Fronteiras


Depois do Marco, por volta das 21 horas, seguimos para um tradicional restaurante argentino, já que estávamos "varadas" de fome e sem almoço. A escolha do El Quicho del Tio Querido foi uma sugestão do nosso motorista e foi muito bacana.

Para jantar, nossa escolha foi um tradicional bife de chorizo (miolo do contrafilé) com arroz e batata frita para mamis e Danubia e um nhoque para mim. Só que, como o bife era muito grosso e muito gorduroso para o nosso paladar (#ôgentedificilparacomer), elas pediram para trocá-lo por nhoque (invejosas kkk). E nós ainda jantamos com direito a show argentino e tudo!!!

Restaurante de Puerto Iguazu Argentina
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Restaurante em Puerto Iguazú


Já com a "pança cheia", saímos para conhecer o comércio argentino. Por ser uma cidade que vive, basicamente, do turismo, grande parte das lojas fica aberta até tarde. Mas são apenas aquelas que vendem produtos turísticos, como imãs de geladeiras, canecas, algumas roupas típicas e outros souvenirs. Nós, é claro, compramos imãs, canecas e três caixas (tudo isso?) de alfajor argentino. Cada caixa vinha com 12 (seis com recheio de doce de leite e seis, de frutas) e custou muito barato: R$ 37,50 as três caixas. É muito gostoso.

Alfajor argentino
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Alfajor argentino


E nós não poderíamos ir embora sem tentar a sorte em um tradicional cassino argentino!!!!!!! Fomos até o Café Central Casino. Como não sabemos jogar nada, não entendemos nada de jogo e muito menos temos sorte na jogatina, compramos apenas R$ 2 de fichas e fomos até às tentadoras maquininhas. Resultado: apertamos tudo quanto é botão, chamamos o rapaz para nos orientar a entender a máquina e, ao final, não ganhamos nem um centavo.......(#vaiserpefrioassimlanachina). Mas valeu!!!!

Ah, lá dentro não é permitido filmar e nem tirar foto. Danubia entrou com a câmera ligada e o policial falou que não podia. E até, muito simpático, nos contou que caso alguém seja flagrado filmando ou fotografando, todo o equipamento é recolhido. Já pensou: perder todas as fotos da viagem!!!!! De jeito nenhum, né!

4º dia - 18 de julho - Compras no Paraguai, passeio Encontro das Águas e retorno para casa (Diário de Bordo)

Engana-se quem pensa que nosso último dia em Foz do Iguaçu foi mais light. Esse foi o dia que levantamos mais cedo. Às 6 da manhã, já estávamos de pé e de banho tomado para tomar café e seguir para o Paraguai (olha as sacoleiras aí gente, kk), mais precisamente, para Ciudad del Este. Este passeio começa bem cedo, às 7:30, embora a gente tenha saído do hotel somente às 8 horas.

A entrada no Paraguai foi ainda mais tranquila do que na Argentina. Nós mesmas preenchemos um papel e entregamos ao motorista. Mas ele nem parou na aduana: nem na ida e nem na volta. E também ninguém conferiu nada do que a gente comprou (por que não compramos mais, hein???!!!).

Compras no Paraguai
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Compras no Paraguai

Lá no Paraguai, a van ficou estacionada no Shopping del Este, que foi o nosso ponto de encontro para retorno ao meio-dia. Nós quase nem ficamos no shopping. Seguimos direto para a muvuca do comércio popular. O paraíso das bugigangas eletrônicas e das roupas. Gente, é de enlouquecer quem ama eletrônico. Tem de tudo e nós fizemos a festa.

Depois de circular pelas ladeiras margeadas de camelôs, retornamos ao shopping e fomos tomar um lanche. Para variar: chocolate quente, pão de queijo (sai de Minas Gerais para comer pão de queijo paraguaio #mygoodness) e pastel assado.

Mas, na verdade, jogamos dinheiro fora. O chocolate quente estava muito doce e grosso e nem conseguimos tomar tudo. E pior: quatro salgados + três chocolates quentes custaram: R$ 61 (What??????). Pois é. Um roubo!!!!!!!

Ciudad del Este Paraguai
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Paraguai


De volta ao hotel, terminamos de arrumar nossas malas e, às 13:30, fomos fazer o passeio Encontro das Águas, que começa no Iate Clube Cataratas. É claro que, nesta atividade, só fomos eu e Danubia. Mamis ficou nos esperando lá no Clube. Ainda bem, porque ela não ia aguentar o frio que estava fazendo naquele lugar e, muito menos, a velocidade do barco!!!!!

Nós fizemos o passeio de forma exclusiva: só tinha eu, Danubia, dois guias e o piloto do barco. Foi muito bom. A navegação dura em torno de 1 hora e 20 minutos e passa pelo Marco das Três Fronteiras, Ponte da Fraternidade (que liga Brasil e Argentina), Ponte da Amizade (ligando Brasil e Paraguai), Ilha Acaray (ou ilha das Cobras), Usina de Acaray e Usina de Itaipu.

Encontro das Águas de Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Passeio Encontro das Águas


Retornamos ao hotel às 16 horas. Antes de partimos para o aeroporto, ainda deu tempo de fazer, pela primeira vez, um almoço (um pouco tarde, é verdade) com tranquilidade. Lembra que falei que na mesma rua do hotel tinha uma padaria/restaurante, onde compramos lanches naturais? Então, nós almoçamos por lá e super-recomendamos.

Comida boa + preço bom: excelente opção para almoçar/jantar/lanchar em Foz do Iguaçu. Nós pedimos três pratos de picadinhos de filé ao molho madeira com arroz, salada e batata frita + dois sucos de abacaxi com hortelã + uma fatia de bolo de chocolate + uma mousse de maracujá + uma tortinha de morango e maçã: R$ 76,99. Só isso????? Pois é. Lembra dos R$ 61 do Paraguai por quatro salgados e três chocolates quentes? Então!!!!!

Padaria Foz do Iguaçu
Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Onde comer em Foz do Iguaçu


Enfim, depois de almoçar, pela primeira vez, em Foz do Iguaçu, e de ter conhecidos lugares incríveis, como as Cataratas do Iguaçu, chegou a hora de voltar a realidade. Oi??? Aaahhh, nãooooo!!!!!!! #felicidadedepobredurapouco.

Às 17:30, fomos para o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas. Nosso voo estava marcado para às 19:48, mas só partimos às 20 horas para o aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro (pena que estava tarde e nem deu para sair para dar uma espiadinha na cidade maravilhosa). Estávamos com receio de estar tumultuado pela intensificação nas revistas de bagagens (mesmo nos voos domésticos) por conta das Olimpíadas. Mas estava tudo vazio e muito tranquilo. Não teve nada de diferente. Nosso voo para Belo Horizonte saiu na hora prevista, às 23:05.

Aeroporto do Galeão Rio de Janeiro
Parada no Rio de Janeiro - Diário de Bordo de Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai - Agência Combo Iguassu

Chegamos a BH por volta da meia-noite e vinte e, às 3 horas da manhã, em casa!!!!!!!Ufa!!!!! Nessa hora a gente só quer tomar um banho relaxante e cair na nossa caminha quentinha. Mas já sonhando com a próxima viagem que já está marcada. Em breve, a gente conta para onde será!


Veja tudo que já publicamos sobre esta viagem à Foz do Iguaçu, Argentina e Paraguai


Selo D&D em Foz do Iguaçu Paraná


ParceiroAs integrantes do D&D Mundo Afora viajaram para Foz do Iguaçu, em julho de 2016, a convite do Hotel Best Western Tarobá e da Agência Combo Iguassu, que nos concederam cortesias nas diárias, nos transferes e nas entradas das atrações. Apesar disso, as informações, opiniões e avaliações relatadas em todos os posts sobre a viagem são inteiramente pessoais e refletem as reais experiências vivenciadas pelas integrantes do blog, sejam elas positivas ou negativas.


NOSSOS PARCEIROS NESTA VIAGEM

24 comentários:
  1. Que viagem hein! Quando fui a Foz do Iguaçu fiz um bate volta saindo de Curitiba ( loucura né? ) e também me impressionei com as cataratas. Encontrei uma senhora q já havia visitado 5x e em tds se emocionou.

    Belo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, é incrível. Chorei feito criança diante de tanta beleza... Foi uma pena ter sido tão rápido. Queria ter mais tempo para aproveitar melhor. Mas foi muito bom!!!!

      Excluir
  2. Dani, que viagem animada ! O roteiro esta bem detalhado e voces souberam aproveitar bem o tempo pra conhecer muitas atracoes em Foz.Diante das Cataratas e demais ! Voces foram bastante corajosas de fazer esse passeio de barco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Organizando bem o tempo, dá para curtir bastante coisas. Mas tem que abrir mão, por exemplo, de comer kkkk. Um lanchinho aqui e outra ali e só!!!!! O passeio de barco é tranquilo, apesar do frio.

      Excluir
  3. Vou para lá em outubro e fico mais ansiosa a cada post que leio, rs. Seus posts e dicas estão ajudando muito no meu planejamento, muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Débora. se precisar de mais alguma dica, estamos às ordens. Estamos postamos uma matéria por semana com mais detalhes de cada passeio realizado. abraços

      Excluir
  4. Demais, já estive por lá 4 vezes e seguramente voltarei mais algumas vezes! É o tipo de lugar que eu visitaria uma vez por mês se tivesse a possibilidade, rsrrr! Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, 4 vezes? É um lugar lindo mesmo. Queria ter tido mais tempo para apreciar melhor as cataratas!!! Fica para uma próxima vez....

      Excluir
  5. Mas vocês aproveitaram mesmo essa viagem, hein?
    Estive uma vez em Foz, mas não consegui visitar Itaipu e por isso tenho que voltar.
    Sem dúvida que é um lugar para ir mais de uma vez ;)
    Ótimo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POis é. Também quero voltar para ver a iluminação da Itaipu, que não estava funcionando no dia de nossa visita. Também queremos ir nas cataratas do lado argentino. Deve ser muito lindo também.

      Excluir
  6. Que saudades que me deu me minha viagem à Foz do Iguaçu. Fiz vários desses passeios e outros não consegui fazer, mas é uma viagem que recomendo demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POis é Gisele. Lugar lindo mesmo!!!! Nós amamos e queremos voltar para visitar outros lugares que faltaram!!!!

      Excluir
  7. Nossa, foram dias intensos, hein? Adoro demais Foz, um dos meus lugares preferidos do Sul.
    Também, pudera: com essas Cataratas...
    Ótimo post. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As cataratas são espetaculares. Muito emocionante......

      Excluir
  8. Post bem completo, com muitas dicas para aproveitar a tríplice fronteira. Mas não tenho esse pique pra fazer tudo tão rápido! rs Foram quatro dias que renderam bastante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é que toda vez que a gente viaja, é assim. Não conseguimos fazer pouca coisa kkkk.....Acabamos fazendo muito e quase não descansamos kkk. Mas tá bom....

      Excluir
  9. Perfeito, acabamos de voltar de Foz. Ficamos encantado e seu post está completo, muito bom!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline. Obrigada. A região é, realmente, encantadora mesmo....

      Excluir
  10. Adorei seu post, super completo e cheio de dica, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Deisy... Que bom que tenha gostado. Esperamos poder ajudar em uma possível viagem até a cidade. É um lugar maravilhoso e com muitas opções de passeios.

      Excluir
  11. Adorei as dicas, tô montando meu roteiro...obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. estamos à disposição, caso precise de alguma ajuda.....Boa viagem!!!

      Excluir
  12. Adorei teu post, parabéns tenho loucura por conhecer as cataratas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!! É um lugar espetacular, mesmo. Até hoje não acredito como pode ser algo tão lindo!!!!!

      Excluir

VAI VIAJAR? Confira os serviços que vão facilitar sua viagem
Reserve seu hotel em todo o mundo no BOOKING.COM ou no HOTEIS.COM
Compre suas passagens na DECOLAR, LATAM, AZUL, EMIRATES ou na KLM
Compre suas passagens de trem para toda a Europa com a RAILEUROPE
Compre seus pacotes de viagem na CVC ou no HOTEL URBANO
Troque sua moeda estrangeira na COTAÇÃO
Compre ingressos sem filas para atrações em todo o mundo na TicketBar
Faça seu seguro viagem com a SEGUROS PROMO, com a MONDIAL ASSISTANCE ou com a REAL SEGUROS VIAGEM
Alugue um carro na RENTALCARS
Compre seu chip de celular e internet com a EASYSIM4U
Reserve passeios em Buenos Aires com a BSAS4U
Compre passeios, tours e transfer na Serra Gaúcha com a BELA VIAGEM
Compre passeios, transfer, ingressos e gastronomia em vários destinos do Brasil com a TOURON
Topo da página