28 de agosto de 2017
Textual description of firstImageUrl

Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês

O que fazer em Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês


O que fazer em Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês

Por Daniela Almeida

Cheio de significados, os jardins japoneses reproduzem e preservam um pouco da tradição nipônica fora do Japão. Suas técnicas de paisagismo levam em consideração os preceitos orientais que conduzem seus contempladores a um estado de meditação, de serenidade e de tranquilidade. Eles são repletos de simbologia e cada elemento tem um propósito.

Em casa ou em espaços públicos, esses jardins atraem adeptos do mundo inteiro. Até mesmo os ocidentais. É por isso que encontramos jardins japoneses em vários lugares no Brasil e fora dele. A maioria deles faz parte das atrações turísticas dos destinos.

Nós tivemos duas oportunidades de visitar um jardim japonês, durante nossas viagens pelo mundo afora. Primeiro em Caldas Novas, Goiás. Veja neste post sobre o que fazer em Caldas Novas, incluindo a visita ao Jardim Japonês goiano.

Jardim Japonês de Caldas Novas
Jardim Japonês de Caldas Novas, Goiás

E em 2016, conhecemos o Jardim Japonês de Buenos Aires. Localizado no Parque Três de Febrero, na região conhecida como Bosques de Palermo (área belíssima repleta de parques e muito verde), o Jardim Japonês portenho é considerado o maior fora do Japão

Além do Jardim Japonês, o Bosques Palermo ainda abriga o Planetário Galileo Galilei, o El Rosedal e o Jardim Botânico.






Ele é enorme e foi construído pela comunidade nipônica de Buenos Aires em 1967 para receber o imperador Akihito que, na época, era príncipe herdeiro do país. É administrado pela Fundación Cultural Argentino-japonês.

Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês
O que fazer em Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês

Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês
O que fazer em Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês

Mesmo para quem não entende nada da cultura japonesa, como é o nosso caso (kk), o lugar é ótimo para uma visita. Além de contemplar a natureza e apreciar a vista que é linda, dá para alimentar dezenas de carpas no lago Tokyo, fazer comprinhas na loja de artesanato ou provar da culinária japonesa. 

Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês
O que fazer em Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês

Tem até um espaço para a tradicional cerimônia do chá. Eu já tive a oportunidade de participar desta cerimônia quando ainda era repórter de um jornal japonês em São Paulo. É bem interessante, embora eu não tenha gostado do famoso bolinho de feijão que acompanhava a bebida kk.

O local ainda abriga uma biblioteca e um centro onde são realizados cursos (literatura, danças e outros) e exposições, como uma de origami. 

Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês
O que fazer em Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês

Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês
O que fazer em Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês

Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês
O que fazer em Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês


Mas o que mais se destaca na paisagem, com certeza, é a tradicional ponte vermelha sobre um lago. Na cultura japonesa, a ponte simboliza o ritual de passagem entre os mundos humano e divino. É a evolução do ser humano para um nível superior, de amadurecimento e de aprendizado.

Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês
O que fazer em Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês

Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês
O que fazer em Buenos Aires (Argentina) - Jardim Japonês

Jardim Japonês de Buenos Aires

Funciona: 10 às 18 horas
Endereço: Av. Casares, 2966 - Caba
Telefone: +54 11 4804-9141
Valor: 95 pesos



_________________________________________________________________________________
Onde ficar em Buenos Aires? Hotéis em Buenos Aires. Faça sua reserva aqui. No Booking, você sempre encontra os melhores hotéis com os melhores preços.




Nenhum comentário:
Postar um comentário

Topo da página