12 de abril de 2017
Textual description of firstImageUrl

Buenos Aires (Argentina) - uma visita ao Caminito

Buenos Aires (Argentina) - uma visita ao Caminito
Buenos Aires (Argentina) - uma visita ao Caminito

Buenos Aires (Argentina) - uma visita ao Caminito

Por Daniela Almeida

Quer fazer um passeio bem turistão, mas também bem tradicional em Buenos Aires, na Argentina? Então, vá conhecer o Caminito. Não é um lugar lindo, já vou avisando. Aliás, é também considerado um lugar um tanto quanto perigoso (tomar cuidado redobrado com bolsas, celulares e câmeras fotográficas nunca é demais).

Mas, apesar de ser uma região degrada e pobre da capital portenha, uma visitinha à esta rua está incluída em nove de dez roteiros pela cidade. Ou seja: estando pela primeira vez em Buenos Aires, você, certamente, irá dar uma olhadinha no Caminito - nem que seja de dentro de um táxi.

Buenos Aires (Argentina) - uma visita ao Caminito
Buenos Aires (Argentina) - uma visita ao Caminito


Por isso, nós - que estávamos pela primeira vez em Buenos Aires - também tivemos que conhecer o lugar. Tá certo que foi uma passagem bem rápida e tumultuada, pois estava "chovendo horrores" e a gente não conseguia ver nada.

Veja o que já publicamos sobre a Argentina 


Mas o que é o famoso Caminito de Buenos Aires? 

É um parque ou uma praça (Buenos Aires está cheia delas)? Não. É um museu? De certa forma, sim. Mas então, o que é o Caminito?

Para começo de conversa, o Caminito é uma rua. Uma rua? Mas o que uma rua tem de tão importante para ser um atrativo turístico tão famoso? A principal atração desta rua (e de algumas outras em seu entorno que também acabam recebendo o nome de Caminito) é um conjunto de casas coloridas e vibrantes construídas com madeira e chapa de zinco

Ela está localizada bem no meio do bairro La Boca, onde fica o La Bombinera, o estádio do Boca Juniors. Era nesta área, lá nos anos de 1898, que passava uma linha de trem que foi, posteriormente, abandonada, deixando a região feia e perigosa.

Foi somente em 1950, por iniciativa do pintor boquense Benito Quintela Martin, que o bairro passou por um processo de revitalização, recebeu o nome de Caminito, inspirado no tango de mesmo nome (de autoria de Juan de Dios Filiberto), e ganhou em 1959 o status de rua-museu. Por isso eu disse que, de certa forma, era um museu - um museu ao ar livre.

Buenos Aires (Argentina) - uma visita ao Caminito
Buenos Aires (Argentina) - uma visita ao Caminito


As casas do Caminito são conhecidas como "Conventillos" e eram habitadas pelos imigrantes genoveses do século XIX. Já as cores são resquícios dos italianos, que utilizavam os restos das tintas utilizadas nas oficinas dos portos, onde a maioria trabalhava.

casinhas-coloridas-Caminito-de-Buenos-Aires-Argentina
Casas coloridas do Caminito, Buenos Aires - Imagem do Wikimedia Commons


O que fazer no Caminito, em Buenos Aires

Agora que você já sabe o que é o Caminito, resta saber o que fazer nesta rua de casas coloridas tão famosa. 

Além de apreciar a fachada das casas e fazer algumas comprinhas (se você for adepto a isso), não tem mais nada de interessante para se fazer lá. O que???? É isso mesmo.

Como falei lá no comecinho, visitamos o bairro em um dia de chuva. E é verdade que, com chuva, tudo fica bem mais difícil. Você não sabe se olha as coisas, se segura a sombrinha (no nosso caso, era uma sombrinha - emprestada pelo Jorge da Leva Eu Transfer - para três pessoas), se tira foto, se esconde a máquina da chuva e por aí vai. Mas, mesmo em um dia de sol, é um tipo de passeio que - apesar de tradicional - pode até ficar de fora de sua viagem. Só vale para o registro fotográfico das tão faladas casinhas coloridas do Caminito de Buenos Aires. Nada mais.

Tanto que, lá no bairro, nossa primeira e quase única intenção era providenciar capas de chuva. Mas estava chovendo tanto que não estava adiantando nada. kkk.

Além disso, aproveitamos que estávamos em uma galeria para comprar algumas lembrancinhas, como imãs de geladeira. E, enquanto mamis e Danubia ficaram olhando os souvenires, eu fui dar uma volta no entorno para ver "qual era a do lugar"!!

E, de forma bem objetiva, o que eu vi foi: as tais casinhas coloridas; alguns restaurantes com mesinhas espalhadas pela rua; galerias com centenas de lojinhas (tinha de tudo: caneca, chaveiro, imã, roupa, calçado, comida, entre outros itens); quadros e objetos expostos em cantinhos cobertos da rua; alguns "Maradonas" parados em frente às galerias e restaurantes se oferecendo (e cobrando) para tirar fotos; e casais vestidos com trajes de tango também abordando os turistas para fazer uma foto na pose tradicional da dança.

o-que-fazer-no-Caminito-de-Buenos-Aires
Buenos Aires (Argentina) - uma visita ao Caminito


Ah, além das casinhas coloridas, outro lugar que não pode ficar de fora de sua lente fotográfica é a loja Havana, exatamente no entrocamento das ruas Caminito e Magallanes. É ali que são feitas as fotos com os casais de tango e "o lugar" que mais representa a sua passagem pelo Caminito.

o-que-fazer-no-Caminito-de-Buenos-Aires
Olha só uma turista tirando foto com o dançarino de tango na rua Caminito, em Buenos Aires

Que mais? só!!!! Ou seja, uma paradinha rápida - entre um passeio e outro - é suficiente para conhecer e dizer: "Estive no Caminito de Buenos Aires".

Para quem for comprar algumas lembrancinhas nas galerias do Caminito, vai uma dica: os preços estão (estavam no dia do nosso passeio) melhores do que os cobrados lá na Feira de San Telmo. Tanto que a gente estava com vontade de voltar lá para comprar algumas coisas, embora não tenhamos voltado.

Onde fica e como chegar ao Caminito

O Caminito está localizado no bairro La Boca. Ele fica um pouco distante do centro e dos principais pontos turísticos e também não tem estação de metrô por perto.  


O melhor jeito de chegar lá é de táxi, em um city tour (como foi o nosso caso, já que estávamos com a Leva Eu Transfer), de ônibus ou a pé, dependendo de sua localização inicial.

Da Plaza de Mayo até lá são cerca de 20 minutos de carro; 35, de ônibus; ou para quem é atleta (kkkk), quase 1 hora a pé, passando pela região de San Telmo e de Puerto Madero.



ParceiroO passeio ao Caminito, incluído no city tour oferecido pela Leva Eu Transfer, foi uma cortesia ao D&D Mundo Afora, em novembro de 2016, durante nossa visita à Buenos Aires, na Argentina. Apesar disso, as informações, opiniões e avaliações relatadas em todos os posts sobre a viagem são inteiramente pessoais e refletem as reais experiências vivenciadas pelas integrantes do blog, sejam elas positivas ou negativas.


NOSSOS PARCEIROS NESTA VIAGEM
Nenhum comentário:
Postar um comentário

Topo da página

Receba nossas novidades em primeira mão

BAIXE GRÁTIS TAG's DE MALA PERSONALIZADAS