8 de abril de 2016
Textual description of firstImageUrl

Gramado (RS) - Lago Negro

Post atualizado em 26 de agosto de 2016
Lago Negro - Gramado RS

Gramado (RS) - Lago Negro

Por Daniela Almeida
RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES POR E-MAIL

Estivemos no Lago Negro, em Gramado, durante nossa viagem à Serra Gaúcha, em janeiro de 2016. Foi um paradinha rápida, de 20 minutos, quando estávamos fazendo o city tour da Fumacinha Turismo, que nós contamos neste post, mas já deu para ver como o lugar é lindo. Ele é todo rodeado de araucárias (algumas com mais de 70 anos), pinheiros, hortênsias azuis (no verão), azaleias (no inverno) e outras flores coloridas. Um espetáculo!!!!!


Lago Negro - Gramado RS


Tanta beleza faz do Lago Negro um passeio quase que obrigatório em Gramado. Primeiro, porque o parque fica próximo do centro. Estando na Rua Coberta, por exemplo, dá para ir a pé - entre 20 e 25 minutos, caminhando. 

O segundo motivo para incluir o Lago no roteiro é que a entrada é gratuita. Ou seja, você pode ir várias vezes, com toda a família, sem se preocupar com o orçamento (às vezes bem apertado, né!!!!).



Mas o que fazer no Lago Negro? 
Descansar!!! Sentar por algumas horas, relaxar, contemplar a natureza lindíssima ou organizar um delicioso piquenique são as melhores coisas para se fazer no Lago Negro. Para aqueles que não esquecem o esporte nem na hora do lazer, fazer caminhada ou corrida pela trilha de 740 metros (que contorna todo o parque) também são ótimas opções. 


Lago Negro - Gramado RS


Outra atividade muito concorrida é o passeio de pedalinho, que pode ser no formato tradicional de um cisne ou ainda de uma caravela para comportar mais do que duas pessoas. O passeio dura em torno de 20 minutos, mas é pago à parte (veja o valores ao final do post). 


Lago Negro - Gramado RS

Lago Negro - Gramado RS


Além do lago, trilha e pedalinho, o parque ainda conta com restaurante e uma feirinha do lado de fora, com lembrancinhas da cidade, artesanatos, roupas e outros.

Lago Negro - Gramado RS

Lago Negro - Gramado RS


História do Lago Negro

É estranho e até curioso como uma tragédia pode se transformar em uma coisa tão bela como o Lago Negro. Isso porque o Lago foi construído após um incêndio. Em 1942, quando o parque ainda se chamava Vale do Bom Retiro e pertencia à família Bier, um incêndio que durou oito dias tomou conta de toda a reserva. 

Para evitar que a tragédia se expandisse e atingisse mais lugares, o então administrador da área (o alemão Leopoldo Rosenfeldt) abriu, com ajuda dos moradores, uma grande fenda ao redor da mata, próxima à uma vertente. A água encheu a fenda e evitou que o fogo atingisse a mata nativa. Anos mais tarde, essa fenda deu origem ao lago, que, até então, não existia. 

Também foi Rosenfeldt quem ajudou a construir o parque e mandou trazer os pinheiros da Floresta Negra, na Alemanha. É daí que vem o nome do Lago. Aliás, a coloração escura das águas do lago se dá devido ao sombreamento feito pelos pinheiros que o contornam.

Dados - O parque tem quase 90 mil metros quadrados, sendo 17.470 mil metros apenas do Lago Negro. Sua profundidade é de 14 metros.


Lago Negro

Funciona: aberto todos os dias - 24 horas. Os pedalinhos funcionam das 8:30 às 18 horas.
Endereço: Rua A. J. Renner - Planalto
Valor: entrada no parque - gratuita
           pedalinhos - R$ 20 (cisne) e R$ 30 (caravela) - preços de janeiro de 2016
Telefone: +55 54 9975-7444
6 comentários:
  1. Dani Querida, passando para uma visitinha :) Não vou a Gramado há uns 25 anos e ver o pedalinho me lembrou de quando eu era criança. Adorava! Mas sofria pra pedalar porque nem alcançava direito o pedal! Adorei o post! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise.. obrigada pela visita!!!!! Foi a primeira vez que estive em Gramado e amei... cidade linda.. e o Lago Negro é maravilhoso mesmo... pena ter ficado pouco tempo por lá!!!!!

      Excluir
  2. Oi!!! Adoro passear pelo Lago Negro! Fico muito feliz que vocês tenham curtido muito a viagem para Gramado! Bj

    ResponderExcluir
  3. Gramado é espetacular, têm toda diversidade com muito glamour misturado com seus Parques e trilhas fantásticos, sempre estamos por lá e sempre têm muita coisa ainda pra conhecer, belo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Tem lugares maravilhoso e o Lago negro é um deles, né. E, sem contar, que é gratuito. Ou seja, todo mundo pode curtir sem problemas.

      Excluir

Topo da página